Analisando séries e filmes de super-heróis I

Introdução (a preliminar pode ser já com a introdução, né?)

Eu resolvi escrever esta série porque é um assunto que eu gosto e nunca escrevi a respeito, só brevemente e sem aprofundar muito. Gosto de histórias de super-heróis e não apenas os da DC e Marvel, mas desde os tempos dos filmes épicos como Jasão e os Argonautas, a série de filmes do Simbad (adoro o Simbad. Deveriam fazer mais filmes dele hoje e não aquele desenho tosco) e até mesmo os Dez Mandamentos (eu acho Moisés super-herói. Problema meu!)

Continuar lendo “Analisando séries e filmes de super-heróis I”

O caçador africano que humilhou o filósofo grego


Soninho…

As migrações dos pássaros provavelmente foram um dos primeiros fenômenos naturais a atrair a atenção e despertar a imaginação do homem. As observações registradas sobre o assunto datam de quase 3.000 anos, indo lá para os tempos de Hesíodo, Homero, Heródoto, Aristóteles e outros. Aristóteles foi um dos primeiros a discutir o assunto da migração de pássaros. Ele notou que grous (pássaros que abrangem catorze espécies distribuídas pela América do Norte, Europa e Ásia, África e o norte da Austrália) viajavam das estepes da Cítia aos pântanos nas cabeceiras do Nilo, bem como pelicanos, gansos, cisnes, trilhos, pombas e muitos outros pássaros também passavam para regiões mais quentes para passar o inverno. Continuar lendo “O caçador africano que humilhou o filósofo grego”

Artigos da semana 36

A semana está com novidade. Saiu um parasita no comando dos EUA e entrou outro parasita. mas como é o parasita que adoram, todos estão ovacionando, apesar do primeiro parasita ter perdido por pouco. Toda eleição é a mesma coisa, como se isso fosse mudar a vida de alguém aqui no Brasil. Provavelmente, não vai mudar nem lá, mas quem se importa?

Para vocês que acompanham meu site, mesmo estando nos EUA, aqui vai o listão de artigos publicados durante a semana. Continuar lendo “Artigos da semana 36”

Voz dos Alienados 102

Passou-se muito tempo, mas taqui de volta. O antigo site usava a plataforma Disqus para comentários, o que eliminava um monte de malucos comentando. Já o sistema bundalelê do WordPress não tem isso. O bando de retardados chegou chegando e para seu deleite está aqui, novinha em filha. A minha, a sua, a nossa a de todo mundo, o maior sucesso do Ceticismo.net

COM VOCÊS, VOZ DOS ALIENADOS!

A odiosa cultura do cancelamento assassinando pessoas

 

Existem coisas que as pessoas se negam a reconhecer. Uma delas é que as pessoas não prestam, não valem nada em sua maioria! Outro ponto que ninguém quer assumir como verdade: redes sociais não são sociais. São um nojo. Motivo? Leiam o parágrafo desde o início.

Ficou muito fácil bancar o machão de internet, só que isso tem um preço. Diferente de você sair e chamar o primeiro bombadão de academia de filho da puta, é mais fácil disseminar ódio, pois facilmente sairá ileso. É a cultura do cancelamento, que com a anuência desses malditos jovens, se tornou uma arma de destruição em massa. Uma arma devastadora e destruidora de vidas. Vou citar três exemplos, em que um deles acarretou numa punição.

Continuar lendo “A odiosa cultura do cancelamento assassinando pessoas”

Voz dos Alienados 101

Pessoal estava com saudades do Voz dos Alienados. Já faz quase 2 anos sem postar maluquices dos idiotas. Eu sei, mas não posso fazer nada se a moderação com Mão de Ferro, além do Disqus reduziu muito os insanos postando aqui. No máximo, alguns me chamando de “filho da puta”, mas isso é xingamento, nem merece resposta. Não é como aquela postagem retardada de várzea, aquela postagem retardada moleque, aquela postagem retardada arte que possamos debochar.

Por sorte, apareceu dois idiotas relinchando insanidades, e pelo menos dará para animar este fim de semana chuvoso. Só não garanto que aparecerá mais; mas que importa? Sejamos felizes com o que temos. Com vocês: VOZ DOS ALIENADOS!

Continuar lendo “Voz dos Alienados 101”

Tennessee alvo de ataque nuclear de camelinhos de Allah, dizem idiotas

Os Estados Unidos é uma espécie de Brasil com dinheiro. Alguns poucos lugares desenvolvidos (não muito) e um monte de caipiras. Um exemplo clássico é o Tennessee, que é tipo São Paulo, mas com whisky que presta e sem a mania de colocar purê em cachorro quente, além de saberem a diferença entre biscoito e tapa na cara. Sim, o Tennessee não é um fracasso total.

Continuar lendo “Tennessee alvo de ataque nuclear de camelinhos de Allah, dizem idiotas”

Austrália diz que pessoal de Humanas não serve nem para arrumar emprego

O governo da Austrália anunciou nesta sexta-feira que vai dobrar as taxas de cursos de Humanas. Isso causou um alvoroço e pessoal até largou o bong para reclamar. O motivo que o governo Canguru deu foi que, de repente, os alunos se interessem por coisa que preste e que seja mais útil e relevantes para o mercado de trabalho, como os cursos de STEM, sem o A. meter o “A” é coisa de pedagogo.

Claro, o pessoal de Humanas teve um chilique com isso. Até deixaram as lanchonetes onde trabalham para irem protestar.

Continuar lendo “Austrália diz que pessoal de Humanas não serve nem para arrumar emprego”

Mãe, esta estátua me ofendeu!

Com a morte de George Floyd por um policial, houve uma onda de protestos, quebra-quebra e o pior do ser humano sendo aflorada. Nisso tivemos atitudes idiotas, como os “protestadores” protestando ao destruir estabelecimentos de outros negros e ameaçando pessoas, com um monte de gente defendendo isso pois… por que não, né? Surge daí ideias absurdas como destruir patrimônio público, externando rancores contra a classe dominante de preconceituosos, destruindo monumentos que façam menção à escravatura, guerras e genocídio.

Chegaram a até mesmo pichar uma estátua do Gandhi e remover a estátua dele de Manchester, apagando de vez a História, o tipo de coisa que qualquer inglês da década de 50 concordaria totalmente. Isso leva a um pensamento geral: ”destruam todos os monumentos de quem eu não gosto”, só que isso nos dá uns probleminhas.

Continuar lendo “Mãe, esta estátua me ofendeu!”