Judeus usam galinhas para expiar pecados antes de Yom Kippur

Hoje é dia 27 de setembro. É dia de Cosme e Damião para os católicos, dia do Idoso e também dia de mostrarmos o quanto o mundo é realmente maluco, onde religiões tribais, toscamente atrasadas, ainda fazem oferendas a deuses, usando sangue de animais vivos para expiarem pecados e purgarem-se de impurezas espirituais.

Imagino que vocês estão pensando em Umbanda ou Candomblé, mas se enganaram. Estou falando do judaísmo ortodoxo, já que estamos em época do Yom Kipur e, segundo o ritual das Kaparot, galos, galinhas, peixes etc. são sacrificados, e seu sangue é usado para expiar os pecados de alguns judeus que acham que isso alegra o temível Senhor dos Anéis Bíblico. O tosco G-Ová!

Esse é um Domingo Insano, Erev (a véspera de) Yom Kipur. Com a cortesia do Robson, que teve a gentileza de me ceder a vez de defender animais, mostrando o quanto os animais que defendem rituais com morte e sangue são um câncer sociológico. Continuar lendo “Judeus usam galinhas para expiar pecados antes de Yom Kippur”