Moléculas orgânicas complexas são detectadas no Espaço Interestelar

Cientistas do Instituto de Radio Astronomia Max Plank, da Universidade de Cornell e da Universidade de Colônia detectaram duas das mais complexas moléculas já descobertas no espaço interestelar: metanoato de etila (também chamado de formiato de etila) e cianeto de n-propila.

Seus modelos computacionais de química interestelar também indicam que moléculas orgânicas maiores podem estar presentes, incluindo aminoácidos, os quais são essenciais para formas de vida. Os resultados foram apresentados na Semana Europeia de Ciência Astronômica e Espaço, na Universidade de Hertfordshire, ontem (21/04). Continuar lendo “Moléculas orgânicas complexas são detectadas no Espaço Interestelar”