Policial roda a paulista e invade sala-de-aula. Mas não era para se alfabetizar

No Rio de Janeiro costuma-se dizer que a diferença entre polícia e bandido é a farda. Longe de mim generalizar assim, mas eles bem que dão motivo às vezes. O caso de hoje não aconteceu hoje e sim na quarta-feira, 24/10, onde um PM resolveu que escola pública é a casa da mãe Joana (é, mas ninguém precisa saber disso) para dar esporro nos alunos, defecando e se locomovendo se tinha professor em sala.

Algemados frente ao péssimo serviço de (in)segurança pública, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Policial roda a paulista e invade sala-de-aula. Mas não era para se alfabetizar”