O caso da interrupção da transmissão de TV pela frota de Ashtar Sheran

A Frota Galáctica está em posição. Sua imensa quantidade de naves está à espera. Seu comandante, alto, com garbo e elegância, está posicionado na ponte, com as mãos para trás, os ombros retos e um olhar fixo, olhando para o horizonte de um pequeno mundo à sua frente, milhões de quilômetros adiante de sua nave, cujos sensores veem tudo o que o pequeno mundo possui, embora o pequeno mundo sequer imagine a sua presença.

O comandante vem de uma raça avançada, tecnológica, intelectual e socialmente. Ele sabe que era preciso voltar àquele planeta para fazê-los entender a necessidade de largar a sua selvageria e ascender espiritualmente. Assim, ele faz um sinal e uma mensagem foi enviada. Era o dia 26 de novembro de 1977, e o mundo não seria mais o mesmo.

O que eu mais gosto da história de Ashtar Sheran, o loirão altão que vai nos libertar da barbárie, é que ele mandou uma mensagem tipo O Dia Que a Terra Parou, mas só uma emissora bem pequena no sul da Inglaterra captou, e este caso foi conhecido como Southern Television Broadcast Interruption (Interrupção de Transmissão da Southern Television).

Andrew Gardner estava apresentando um resumo de notícias quando, às 17:10 Hora Local, a imagem da TV oscilou ligeiramente, seguida por um zumbido profundo. O áudio foi substituído por uma voz distorcida entregando uma mensagem por quase seis minutos.

Esta é a voz de Vrillon, representante do Comando Galáctico Ashtar, falando com vocês. Por muitos anos, vocês nos viram como luzes no céu. Nós falamos com vocês agora em paz e sabedoria como temos feito com seus irmãos e irmãs em todo este planeta Terra. Viemos avisá-lo do destino de sua raça e de seu mundo, para que possam comunicar aos seus semelhantes o curso que deve seguir para evitar o desastre que ameaça seu mundo e os seres em nossos mundos ao seu redor.

Isso é para que vocês possam participar do grande despertar, à medida que o planeta passa para a Nova Era de Aquário. A Nova Era pode ser uma época de grande paz e evolução para sua raça, mas apenas se seus governantes forem informados das forças do mal que podem ofuscar seus julgamentos. Fiquem quietos agora e ouçam, pois sua chance pode não voltar. Todas as suas armas do mal devem ser removidas. O tempo para o conflito já passou e a raça da qual vocês fazem parte pode prosseguir para os estágios superiores de sua evolução, se vocês se mostrarem dignos de fazer isso. Vocês têm pouco tempo para aprender a viver juntos em paz e boa vontade. Pequenos grupos em todo o planeta estão aprendendo isso e existem para transmitir a luz do amanhecer da Nova Era para todos vocês. Vocês são livres para aceitar ou rejeitar seus ensinamentos, mas apenas aqueles que aprenderem a viver em paz passarão para os reinos mais elevados da evolução espiritual.

Ouçam agora a voz de Vrillon, um representante do Comando Galáctico Ashtar, falando com vocês. Estejam cientes também de que existem muitos falsos profetas e guias atualmente operando em seu mundo. Eles sugarão sua energia – a energia que vocês chamam de dinheiro – e a colocarão em fins malignos e dar-lhe-ão impurezas inúteis em troca. Seus “eus” divinos interiores irão protegê-los disso. Vocês devem aprender a ser sensível à voz interior que pode lhes dizer o que é verdade e o que é confusão, caos e mentira. Aprendam a ouvir a voz da verdade que está dentro de vocês e vocês se conduzirão ao caminho da evolução. Esta é a nossa mensagem para nossos queridos amigos. Nós os observamos crescer por muitos anos, assim como vocês também observaram nossas luzes em seus céus.

Vocês sabem agora que estamos aqui e que há mais seres na Terra e ao redor dela do que seus cientistas admitem. Estamos profundamente preocupados com vocês e seu caminho em direção à luz e faremos tudo o que pudermos para ajudá-los. Não tenham medo, busquem apenas conhecer a si mesmos e viver em harmonia com os costumes de seu planeta Terra. Nós aqui do Comando Galáctico Ashtar agradecemos sua atenção. Agora estamos deixando os planos de sua existência. Que vocês sejam abençoados pelo amor supremo e verdade do cosmos.

Resumo da mensagem: Seja bom, busque conhecimento. Cuidado com a Luz Carol Ann.

Não, péra. Ele quer mesmo que a gente vá para a luz. Hummmm, será?

Recapitulando, o ET da transmissão afirmou se chamar Vrillon, e muitos acharam bem parecido com Claude Maurice Marcel Vorilhon, que se autodenominava Raël, e em 1973 fundou uma seita só sua: o Raelianismo. Vorilhon tinha um emprego muito importante na transmissão de mensagens elevadas e de autoconhecimento: era repórter esportivo. Com a fundação do Raelianismo, ele deu prosseguimento ao MADECH, Mouvement Pour L’accueil Des Extraterrestres, Créateurs De L’humanité ou Movimento para a Recepção de Extraterrestres, Criadores Da Humanidade, uma das muitas religiões ufológicas de gente que fuma cigarrinho de artista e bebe chazinho que passarinho não bebe.

Claude escreveu dois livros inicialmente. O primeiro foi “O livro que diz a verdade” (de 1974) e o segundo foi “Os extraterrestres levaram-me ao seu planeta” (de 1975). Sim, Vorilhon alegava que uns ET o pegaram e o levaram para dar um rolé no Espaço, pondo-o em contato com a Sabedoria Extraterrestre, ou seja lá o que foi aquilo, provavelmente temperada com alguma substância que o DEA não veria de bom grado. Por que ele e não todo mundo? Sei lá. Deve ter sido pelo mesmo motivo que Vrillon escolheu a Southern Television e não todas as emissoras do mundo. Talvez sejam tímidos, vai saber!

Isso tudo começou a angariar vários seguidores e até hoje ainda rola essas maluquices de Era de Aquário (Aquariuuuuuuuuuuus, Aquariuuuuuuuuus♫♪♫), entre muitas outras religiões doidas… e quando falo em “religião doida”, estou levando em conta que as “normais” veneram um judeu carpinteiro que foi pregado num pedaço de pau e posto pra secar, para depois voltar dos mortos que nem no clipe Thriller, do Michael Jackson ou que um cameleiro foi no segredinho para dentro de uma caverna, tomou um “güenta” de um anjo e saiu de lá recitando estrofes de um livro sagrado. Sacou o parâmetro? Pois, é.

Voltando à transmissão, até hoje ninguém sabe o que aconteceu, mas suspeita-se que foi alguma zueira entre os técnicos. Outros acham que tinha gente da seita raeliana infiltrada entre os operadores de sinal, mas na real ninguém sabe quem fez isso, mas com certeza não foi nenhuma transmissão extraterrestre, ou outros teriam captado.

Então, o tal de Vrillon fala que é representante de um certo “Comando Galáctico Ashtar”. Caso você não saiba, “Ashtar” é um nome associado à comunicação extraterrestre desde 1952, e o supremo comandante é Ashtar Sheran, a quem associam com Osíris (sim, aquele Osíris), mas também ao Arcanjo Miguel, o arcanjo que era chegado numas mocreias e montava em tudo que era dragão. Este “Comando Galáctico”, que parece nome saído de alguma série Tokusatsu – provavelmente inimigo do Esquadrão Relâmpago Changeman – possuía milhares a milhões de naves (o número varia mediante os relatos) e são como se fossem um “policiamento” estelar. Quase uma Tropa dos Lanternas Verdes, mas com menos criatividade.


Ashtar Sheran. Ele não me engana

Este suposto Comando Galáctico Ashtar estaria supervisionando todo sistema com o Códex Galáctico, garantindo que nenhum ser tenha violado seu livre arbítrio, e sim, eu sei que você está pensando em Star Trek, e não estaria errado. Mas, mais do que isso, eu sei muito bem o ue se esconde por trás de Ashtar Sheran. Seria ele, e não outro…

Pois, é. O Supremo Líder Dessler é quem está por detrás disso, ainda mais quando vemos que os raelianos até falam de uma certa Federação Galáctica. Certeza que é o Império Gamilon.

Se você acha que eu estou falando besteira, olha só no que os raelianos realmente acreditam! E não pára por aí. A maluquice escala para forças das trevas multidimensionais, seres espirituais malignos e toda sorte de bobagens de alguém que botou ficção científica de segundo escalão e bateu no liquidificador com os livros do Chico Xavier, temperado com Zacharias Sitchin.

Não se sabe quem fez a piadinha na transmissão de TV, porque aquela intromissão na transmissão não pode ter sido a sério. Seria estupidez demais (não que eu descarte também). A investigação apontou que de alguma forma alteraram a transmissão, mas não conseguiram culpar ninguém ou sequer provar como fizeram. Vrillon nunca mais deu as caras… ou a voz. A emissora pediu desculpas aos telespectadores e alegou problemas técnicos, ninguém mias deu pela coisa, exceto os ufólogos, os raelianos e gente que certos probleminhas.

Quem sabe eram membros da seita raeliana tentando causar? Eles bem que podem ter tentado, não? Ou terá sido apenas alguns idiotas com muito álcool e pouco bom senso na cabeça. Tudo é possível.

Mas vai que também fosse milhões de naves espaciais em rota traçada em direção á Terra, exigindo que nós melhorássemos? Bem, as armas nucleares ainda estão aí, os conflitos não cessaram e só a população está crescendo desenfreadamente. Ashtar Sheran não deu as caras, então, para ele, está tudo na santa paz seja lá do que acreditem.

Você tem todo direito de acreditar no que quiser. Só não reclamem quando lhe ridicularizarem.

4 comentários em “O caso da interrupção da transmissão de TV pela frota de Ashtar Sheran

  1. Como é que um ET saberia que a Terra estava entrando na Era de Aquário se essa é uma bobagem astrológica (com o perdão do pleonasmo) exclusiva deste planeta?

    O tal do fanático maluco não tinha muita noção de lógica, né…

    1. A Lógica desse pessoal sempre foi distorcida: Imagina você se pronunciar, falar que comanda milhares de naves e esperar que lhe ouçam sem mostrar nenhuma delas. Eles mandama a mensagem, mas nunca vem visitar pra mostrar que existem mesmo.

      1. Segundo os tontos dos espiritualistas, o ser humano só irá ter contato com extraterrestres, no dia em que o ”mestre” Jesus permitir. Afinal ainda segundo eles, a raça humana ainda ”não evoluiu o suficiente para ter contato com seres moral e espiritualmente” superiores.

  2. Coitado de quem leva a sério essas idiotices de ufólogos espiritualistas gratidão-namastê! E esse tipo de gente só fala de amor ao próximo da boca para fora, porque na realidade são pessoas egoístas que vivem fechadas nos seus respectivos nichos! E fora que são muito autoritários e malas, querem um mundo todo certinho aonde ninguém faça sexo casual, ninguém mais beba e nem fume cigarrinho do capeta. Em suma, ufologia combinada com espiritualismo é coisa para idiotas.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s