Grandes Nomes da CIência

Biografias de cientistas conhecidos ou não tão conhecidos assim. Curiosidades e fatos sobre suas pesquisas, inclusive gente anônima que fez ciência e não recebeu os devidos créditos. Mais »

Livro dos Porquês

A sabedoria e o conhecimento. Isso é Poder! Abra sua mente, aprenda mais sobre questões básicas (e complexas) e tire suas dúvidas, de forma mais didática possível, sem ser aquelas aulas chatas de colégio. Mais »

Grandes Mentiras Religiosas

O mundo não é tão bizarro quanto fazem parecer. Mentiras e enganações para ludibriar as pessoas, lindamente desmontados, de forma a trazer à luz a desonestidade para tentar lhe fazer parar de pensar e simplesmente aceitar o que querem que você pense. Mais »

Caderno dos Professores

Para quem quer ensinar e muitas vezes se pergunta como abordar um tema. Como deixar a aula interessante, como levar conhecimento aos seus alunos por meios que pedagogos lhe odiarão, mas serão amados pelos estudantes. Mais »

 

Por que não sou cristão

Por Bertrand Russel

Esta palestra foi proferida, a 6 de março de 1927, na
Prefeitura Municipal de
Battersea, sob os auspícios da
Seção do Sul de Londres da National Secular Society.

Como vosso presidente vos disse, o assunto sobre que vou falar-vos esta noite se intitula: “Porque não sou cristão”. Talvez fosse bom, antes de mais nada, procurássemos formular o que se entende pela palavra “cristão”. É ela usada, hoje em dia, por um grande número de pessoas, num sentido muito impreciso.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

  • Pingback: Obras literárias furadas « Pérolas Religiosas()

  • jaison

    li! muito interesante! quero resaltar que um motivo para não ser cristão, é que os que defendem esta tese, desconhecem o que a biblia fala a respeito de ser um cristão .Se esses que defendem a biblia a lesem,descobririam que não são nem projeto , e que o cristianismo morreu com cristo na cruz.

  • Claudia Vieira

    Eu teria tudo para ser cristã, estudei dez anos em um colégio religioso. Acho que exatemente por esse motivo não sou. O raciocínio cristão não entram na minha cabeça de jeito nenhum. Me recusei a fazer a primeira comunhão e fui respeitada pela minha família. Me considero uma agnóstica teísta, porém não acredito num Deus que nos julgue. Costumo brincar dizendo que” meu Deus sou eu”. Até entendo as pessoas que precisam dessas regras religiosas, por na verdade não saberem como se comportar corretamente em uma sociedade. Sabemos que a religião foi muitas vezes usada de desculpa pra guerras e preconceitos. De todas que conheci a que mais me identifiquei foi o Candomblé,por não existir pecado, preconceitos de raça, preconceito financeiro e preconceito quanto a condição sexual, embora eu não concorde com tudo, esses quatro itens me incomodam demais nas outras religiões Acho que na verdade é porque a pessoa que me orienta tem uma excelente formação, é francesa com tese na Sorbonne, ou seja não tem preguiça de usar o cérebro e é aberta ao debate. Deus para mim é o resultado de tudo, como o circulo prismático de Newton, que demonstra que o branco resulta de várias cores (laranja ,vermelho, verde, azul, amarelo e violeta). Então Deus é a soma de todos nós. Isso para os cristãos é heresia. O maior choque que tive quanto ao pensamento cristão foi quando minha cabeleireira que é cristã (evangélica) me disse que homossexuais são aberrações e que pessoas que nascem por exemplo com a síndrome da sereia (pés juntos, que necessitam de várias cirurgias) são resultado de sexo de humanos com animais, que podem ser dos pais ou de ancestrais, isso explicado por seu pastor de uma grande igreja conhecidíssima, bom troquei de profissional. A religião cristã está tomando esse rumo, se já não gostava antes agora então nem pensar. Ela não evolui, retrocede. E lógico, o motivo maior, a bíblia e os contos da Carochinha estão ali lado a lado.