Grandes Nomes da CIência

Biografias de cientistas conhecidos ou não tão conhecidos assim. Curiosidades e fatos sobre suas pesquisas, inclusive gente anônima que fez ciência e não recebeu os devidos créditos. Mais »

Livro dos Porquês

A sabedoria e o conhecimento. Isso é Poder! Abra sua mente, aprenda mais sobre questões básicas (e complexas) e tire suas dúvidas, de forma mais didática possível, sem ser aquelas aulas chatas de colégio. Mais »

Grandes Mentiras Religiosas

O mundo não é tão bizarro quanto fazem parecer. Mentiras e enganações para ludibriar as pessoas, lindamente desmontados, de forma a trazer à luz a desonestidade para tentar lhe fazer parar de pensar e simplesmente aceitar o que querem que você pense. Mais »

Caderno dos Professores

Para quem quer ensinar e muitas vezes se pergunta como abordar um tema. Como deixar a aula interessante, como levar conhecimento aos seus alunos por meios que pedagogos lhe odiarão, mas serão amados pelos estudantes. Mais »

 

Evolução vs Criacionismo Parte VI

Considerações finais

Eu poderia continuar falando seguidamente de todas as idiotices do DI que apregoam por aí, tentando refutar a Evolução. Para cada uma existe uma explicação simples, mas não simplista. Este artigo não foi escrito para os religiosos fundamentalistas desajuizados. Não foi escrito tentando fazer com que aceitem a Evolução; mesmo porque, aqui não é uma igreja. Os fatos estão aí. Por mim, podem acreditar que Noé pegou todos os animais da Terra e colocou num barco com formato de caixa de sapato e viveu 900 anos, eu não me importo.

O que me irrita é ver o motivo com que os religiosos fundamentalistas a atacam: medo! Sim, m-e-d-o de suas vidinhas ridículas saírem da fantasia que criaram entorno de si, afim de se sentirem menos miseráveis. O deus deles é tão limitado que, ao seu ver, ele poderia criar o mundo e os seres viventes como diz um livro cheio de erros históricos, científicos e geográficos. Um livro com contradições absurdas, escrito na Idade do Ferro por uma tribo de pastores ignorantes, que não sabiam nada sobre o mundo afora.

Enquanto eles estavam venerando um deus tribal, que ordenava matanças e extermínio, os Egípcios já tinham construído as Grandes Pirâmides, Eratóstenes tinha determinado a circunferência (e não círculo) da Terra, usando duas estacas, com um erro estupidamente ridículo, mesmo para os padrões de hoje. Enquanto os hebreus achavam que as estrelas eram apenas luzeiros, a Biblioteca de Alexandria abrigava os mais famosos cientistas da época, com um volume de trabalho monstruoso. Volume esse dilapidado, queimado e destruído por fanáticos religiosos que tinham medo do conhecimento e só conheciam a escuridão da crença.

Não sinto o menor apreço ou raiva de religiosos apedeutas. Eu sinto desprezo. A irritação vem de uma tentativa de fundamentalistas toscos que querem podar a Ciência, reconduzindo-nos à uma nova Idade das Trevas. Mas não conseguirão. A própria Ciência criou mecanismos de se auto-proteger de iletrados como vocês, fundamentalistas. Conseguiram condenar Scopes a uma multa, mas a lei do Tenessee caiu, perderam no Julgamento de Dover e continuarão perdendo cada vez mais, podem estar certos. Vocês mergulharam o mundo em 1000 anos de atraso cultural. É irônico que os árabes de outrora foram os responsáveis por guardarem, cultivarem e pesquisarem os velhos filósofos, desenvolverem a matemática, aritmética, geometria, alquimia (como antes a Química era conhecida, antes do termo “alquimia” virar coisa de charlatães) etc. O Renascimento acabou com seu domínio, o Iluminismo trouxe-nos a luz da Razão. Hoje, os árabes estão caindo em sua própria Idade das Trevas, mas em outros lugares, a Luz do Conhecimento se acende.

Aceitem: os fundamentalistas perderam! E continuarão perdendo, porque agora temos um veículo global de difusão do pensamento, de disseminação de informação e cultura. Antes, poucos tinham acesso a livros. O Dicionário Filosófico era deixado em bancos de praças para os interessados lerem. Hoje estamos num espaço onde os ávidos por conhecimento chegam em busca de respostas. Seu obscurantismo foi destroçado. Ainda dominam uma parcela ignorante, mas isso é o de menos. Não podem mais impor suas vontades. Podem continuar rezando pro Jesus, pro seu enviado de Alá, montado no camelo ou em um deus qualquer.

Muitos cientistas estão atentos e dentre eles tem muitos religiosos, como Francisco Ayala. Ele é cristão, defende sua fé, mas sabe diferenciar o real do imaginário e luta pra unificar os dois lados: Fé e Ciência. Mas, graças a fundamentalistas toscos, ele fracassará. Não importa, o tempo mostrou o que aconteceu com cada teocracia, e a atual teocracia dos fundamentalistas será a próxima.

Darwin foi e ainda é um dos maiores marcos da Ciência. Queiram vocês ou não, não me importo. O texto desta série foi para os que não querem aceitar como cordeirinhos qualquer besteira que lhe impuserem. São fatos históricos e científicos, embasados por periódicos científicos, livros, internet, documentários etc. Seu livro (seja ele qual for) não é páreo para as milhares de fontes informativas.

Sento-me agora e rio daqueles que tentaram, tentam e ainda tentarão obscurecer as mentes. Nós aqui fizemos a nossa parte, assim como muitos outros fizeram no passado, e muitos mais ainda farão no futuro. As trevas agora estão se dirigindo para os últimos dias sobre sua pobre crença, que os faz acreditar ainda que suas religiões vencerão o Conhecimento.


Agradecimentos

Deixo aqui meus agradecimentos aos meus amigos que me ajudaram a redigir este texto e o revisaram, bem como me deram idéias, sugestões e melhorias no texto, em termos de clareza e aprofundamento. Agradeço também ao pessoal da comunidade orkutiana Evo x Cria , Clube Cético, STR, ao site Evolucionismo x Criacionismo e até a vocês, criaBURRIcionistas, eu agradeço. Seus esforços de tentarem refutar o irrefutável nos faz estudar mais, procurar mais e, por fim, ANIQUILÁ-LOS, reduzindo seus pseudo-argumentos ao que realmente são: uma piada! A vocês, meus caros fundamentalistas, deixo uma mensagem do próprio Charles Darwin

Darwin Shhh

◄ Parte V De volta ao índice ►


Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας