Category Archives: Economia

A Volta dos Canudos Malvados

Um monte de imbecis ficou irritadinho porque eu falei mal daquele vídeo idiota com aquela tartaruga retardada, mas não tão retardada quanto os idiotas dos vereadores que se deixaram convencer por um monte de hipster metido a ambientalista, mas que joga lixo no chão. Como sempre, eu estava certo e agora ficou demonstrado que a lei proibindo os canudinhos levou ao aumento de uso de copos descartáveis, aumentando ainda mais a quantidade de plásticos no ambiente.

E ainda me xingaram, mas o que se espera de gente imbecil? Só ficou provado que, como sempre, eu estou certo.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

O último suspiro de Júlio Cesar e a fabulosa ruína onde ocorreu

Et tu, Brute?” Esta infame frase foi a última coisa que Caio Júlio César teria proferido a Marco Bruto, quando este lhe passou o rodo, digo, a faca. Mas não, César efetivamente não disse isso. Esta frase é famosa, mas quem pôs na boca de César (isso soou esquisito) foi Shakespeare, na peça Júlio César, ato III, cena 2. O mais provável que César deva ter dito é “AOUCH!!!” ou, o que eu mais gosto (se Shakespeare pode inventar, eu também posso) é “AI, PORRA!” <vira-se> “Brutus seu…” <outras facadas>. Ah, sim. O historiador Suetônio disse que testemunhas afirmaram que as últimas palavras de César, proferidas em grego, foram “Até você, criança?”,e foi daí que Shakespeare tirou a sua frase, mas o mesmo Suetônio não deu crédito a isso.

O local onde Júlio César recebeu a visita de Leto, a personificação da Morte, é um ponto turístico e, ironicamente, foi graças a Mussolini que mandou resgatar geral e desenterrar a Antiga Roma, afastando todas as modernidades para um canto. Não, o líder fascista não tinha amor pela História, nem venerava a cultura dos antepassados. Ele era apenas um pulha que queria amarrar o antigo Império Romano ao seu governo, praticamente se posando como César (lembrando que larga maioria deles não teve um final muito legal, o mesmo acontecendo com o Duce).

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Bolsonaro vai à Arábia Saudita estreitar relações mas ganha um kibe

Nesta segunda-feira, nosso Presidente Da Dit da República Jair Bolsonaro visitou a Arábia Saudita. É o principal passo em colocar paninhos quentes depois que o Hamas mandou uma real dizendo que se o Brasil reconhecesse Jerusalém como capital de Israel e mudasse a embaixada brasileira pra lá, o Brasil iria queimar num mar de sangue, fogo e desespero, praticamente virando uma imensa Baixada Fluminense. O presidente Já Foi chegou lá para estreitar laços com os países islâmicos, afinal, ninguém quer perder a franquia das Casas Pedro e nem correr o risco de não ter mais sapato da Vulcabrás

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

O Artigo 13 já acabou com a Internet?

Então que o artigo 13 foi aprovado. O item polêmico da Diretiva da União Europeia sobre Direitos Autorais no Mercado Único Digital (European Union Directive on Copyright in the Digital Single Market) deixou um monte de idiotas relinchando que este é o fim da Internet. Você está lendo este texto num tablete de argila? Então, ficou provado que essa palhaçada de “fim da internet” é só isso: uma palhaçada.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Os Melhores Artigos de 2018 parte 1

Chegou janeiro e estou de férias. Pode-se dizer que estou de férias do blog, também. são artigos diários (ou quase) e eu preciso ter um tempo de descanso, certo? bem, claro que o blog não ficará sem artigos, já tinha me preparado para isso. eles entrarão automaticamente e vocês continuarão tendo informação. Só que tem um detalhe: é minha tradição relembrar os melhores artigos do ano. Se vocês já leram, terão a oportunidade de lebrar. Se não leram, poderão ler. Com tantos artigos, fica difícil ler tudo, eu sei.

Por “melhores artigos” eu quero dizer que são os que eu mais gostei. Pode não ser a sua lista, mas não se preocupe. Esta é a parte 1. Tem outras que virão. Mais uma ou duas partes, eu ainda não sei (mentira, sei, pois preparei com antecedência, mas guardarei o mistério). Se o seu favorito não estiver nesta lista, que tal compartilhar o seu listão dos Dez Mais?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

YouTube, Artigo 13 e o fim da Internet (em VÍDEO!)

Veio a celeuma do Artigo 13, com um monte de babacas dizendo que seria o fim da internet, que o YouTube, coitadinho, ia fechar as portas, o Facebook iria acabar, voltaríamos ao tempo das cavernas, todo mundo comendo carne crua e grunhindo.

Bem, Youtubeiros são histéricos com qualquer ameacinha ridícula, mesmo com coisas que só serão válidas para a Europa, mas são burros o suficiente em cair na pilha do Tubo, que mandou cartinha fazendo-se de coitados. Daí, como o monte de retardado teria que pegar no batente, saíram vociferando pela internet afora. Eu tinha escrito sobre o artigo 13, mas videozinho é legal, também.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Artigo 13: O Fim da Internet com YouTubers desesperados e eu rindo muito

Está começando mais um festival de idiotice generalizada. Mais uma vez, youtubeiros estão com ataque de pelanca que o mundo ia acabar, que a Internet como conhecemos não ia mais existir, o leitinho com pêra foi cancelado pela vovó que resolveu sair de casa e puxar ferro na academia etc etc e, claro, etc. O motivo é as normas que a União Europeia meteu e resolveu catar no embalo redes sociais e o YouTube. Ninguém por lá gosta do Google, principalmente em questões envolvendo direitos autorais e violação de privacidade. Os pontos mais polêmicos são os artigos 11 e 13 que, segundo o pessoal chiliquento, vai destruir a Internet. Pessoal deu atenção quando um youtubeiro hipster de Portugal teve ataque de pelanca sem apresentar nenhum argumento e, claro, os indefectíveis palavrões (aqueles que o Google disse que não seriam permitidos no Tubo).

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Sci-Hub enfrenta os terríveis Ivans das editoras científicas

Eu já tinha escrito dois artigos (links no final) sobre a necessidade de acabar com o paywall das pesquisas científicas. Cobra-se um absurdo para ler um artigo, sendo que nadinha é revertido pro pesquisador. É apenas usura das editoras, e cientistas precisam ter seus trabalhos revisados e ter acesso a trabalhos revisados de outrem. Muitos lutaram contra isso, como Aaron Swartz, que derramou zilhões de artigos científicos para a posteridade, fazendo muitos ficarem MUITO irritados. Sua seguidora, a drª Alexandra Elbakyan, meteu o pé na porta e criou o Sci-Hub, uma espécie de fonte underground de periódicos. Você quer? Basta jogar o link que o Sci-Hub te libera o acesso. Isso deu pega-pra-capar e todo mundo saiu caçando o Sci-Hub, que vive trocando de domínio.

Agora, o Sci-Hub tem outro inimigo: a Rússia.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Ingênuos acham uma boa ideia dar uma compensação a quem doar rins. O que poderia dar errado?

Transplantes de órgãos são processos complicados em todas as partes do mundo. Por “processo” não estou falando da intervenção cirúrgica em si, que é complicada, mas de todo o processo de encontrar um doador, leva-lo até o hospital, fazer os exames necessários e carrega-lo em meio a louvores até o centro cirúrgico. Se não fazem louvores e recitam cânticos de agradecimentos a alguém que decide dar um dos seus órgãos a uma outra pessoa, não é comigo, ainda acho que eles merecem.

Conseguir doadores é, talvez, a parte mais difícil. Não basta querer doar, tem que ser compatível. Além disso, normalmente os mais pobres têm acesso, mesmo sem levar em conta que assim como nos EUA, no Brasil a venda de órgãos é proibida por lei (sim, eu sei). Aí, duas almas cândidas e idiotas acham que poderia haver algum tipo de “pagamento” aos doadores, desde que não seja por meio de dinheiro. O que poderia dar errado?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Pesquisa indica que quando há maior oferta, maiores as diferenças de escolha

Você pode pensar na sua cândida burrice que homens e mulheres são iguais. Bem, não são. Aceite o fato! Nem mesmo grupos masculinos são iguais entre si e – outro fato a ser aceito – gêneros acabam sendo diferentes e essa diferença é acentuada mediante o lugar em que as pessoas moram.

Uma pesquisa mostrou que as preferências de homens e mulheres diferem mais em países mais desenvolvidos e igualitários do que aqueles poaíses em que o máximo de liberdade que você tem é meter o galho dentro e ficar na sua. Isso vai de encontro à ideia que as diferenças surgem de papéis a serem desempenhados. Morar em países mais “difíceis”, digamos assim, força os dois sexos a se concentrarem nas necessidades; a liberdade permite que as diferenças sejam mais e melhor expressas.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας