Ratos dentuços por encomenda

Mitos que são verdade 2
Um cometa que nos visita, mesmo estando longe

Você, como todo humano (você é humano, né?) é um tosco em termos de dentição. No máximo, tem uns dentinhos de leite até chegar a dentição definitiva. Perdeu um da dentição definitiva? Ha! Ha! SE FERROU, IRMÃOZINHO! Em compensação, répteis e peixes em sua maioria não têm este problema. Vários deles têm múltiplos conjuntos de dentes durante a sua vida. Fica a pergunta: em que ponto a Seleção Natural agiu para haver esta disparidade de formas de dentição??

A drª Abigail Tucker é pesquisadora de Desenvolvimento e Evolução no King’s College de Londres, cuja a página tem o design que provavelmente foi criado por Henrique VIII. Ela e sua doutoranda Elena Popa fizeram uma análise molecular do desenvolvimento dos dentes de ratos, tendo identificado porque os roedores não têm dentes substitutos comparando como tubarões, por exemplo. Assim, elas começaram a estudar as vias de sinalização Wnt.

Via de sinalização da Wnt (ou Via de Wnt, Via de Transdução Wnt) é o processo que regula diversos fenômenos e eventos durante desenvolvimento embrionário. Essas vias são processos bioquímicos que só precisam ser ativados, já que a Seleção Natural não deleta o que foi herdado. No máximo, deixa lá quietinho, inativado, só esperando pelas condições certas, como um nucleotídeo codificando uma proteína que irá dar início a todo processo. Foi a partir daí que Abigail e Elena trabalharam.

Elas ativaram a sinalização de Wnt na lâmina dental de camundonguinhos, de forma a ativar o que há milênios criou a lâmina dental rudimentar. Resultado? Dentes adicionais começaram a ser formados, o que mostra que seria, em princípio, uma técnica interessante de rodução de novos dentes.

Imagine a situação. Suponha que agora, nesse carnaval, você veja o Anderson Silva com a mulher dele. Aí você, já meio encachaçado, resolve passar-lhe a mãozona boba na bunda. É uma ideia imbecil, mas você bebeu toda a pouca vergonha que tinha com tequila. Chegou perto e deu uma passada de mão no Anderson, com direito a uma apalpadinha e murmurando “Gostoso”. Aí a mulher do Anderson Silva te mete a porrada e quebra-lhe a fuça junto com uns dentes. Seria legal que você pudesse ter novos, né?

Claro, a pesquisa da drª Tucker está no início, então devagar com o andor. Espere que este tratamento chegue ao mercado primeiro para você ir dar umas apalpadas nas pessoas no carnaval. Aliás, tome vergonha nessa cara feia e não fique apalpando os outros sem perceber se a pessoa efetivamente quer ser apalpada e apalpada por você, seu loser banguela.

A pesquisa foi publicada no periódico Development

Mitos que são verdade 2
Um cometa que nos visita, mesmo estando longe

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας