Um cometa que nos visita, mesmo estando longe

Ratos dentuços por encomenda
YouTube desmonetizou canais anti-vacina. Sabem o que isso significa?

Eu adoro cometas. Aquele astro lá, dando altos rolês pela galáxia enquanto todo mundo fica nas suas órbitas elípticas. Não que cometas não tenham órbitas elípticas, mas é muito mais maneiro você passar por vários planetas, alguns sistemas solares, talvez galáxias? Não, aí já é querer demais. A trajetória do cometa C/2018Y1 foi descoberta em 20 de dezembro de 2018 pelo astrônomo amador japonês Masayuki Iwamoto, e, por isso, é chamado Cometa Iwamoto, mas segundo indícios, ele foi observado no ano 648 EC. Em 6 de fevereiro de 2019, o cometa Iwamoto cometa atingiu o seu ponto mais próximo do Sol, entre a Terra e Marte, e no dia 13 desse mês, chegou o mais próximo da Terra, passando bem na frente de uma galáxia espiral com aproximadamente o mesmo brilho: a galáxia NGC 2903.

O vídeo a seguir é um time lapse que condensa quase três horas em cerca de dez segundos, cujas imagens foram capturadas na Suíça, a uma distância de, aproximadamente, 10 minutos-luz (cerca de 1,799×108 km), enquanto a galáxia espiral NGC 2903 está a, aproximadamente, de 30 milhões de anos-luz de distância (cerca de 9,461×1019 km).

Cometas são sempre legais. Eu estava aqui escolhendo o que postar no blog. Entre notícias malucas (“se você tratar bem o seu cachorro, ele terá personalidade diferente daquele que é maltratado”) e outras em o menor sentido (como pegar vento solar e aproveitar o hidrogênio e sintetizar áqgua na Lua), vi este víeo e achei MUITO LEGAL! Poderia ter um artigo maior e melhor, mas de vez em quando é legal apenas olhar pro mundo lá fora, mesmo quando se é pela tela do computador ou celular, já que a poluição nem sempre colabora.

Ratos dentuços por encomenda
YouTube desmonetizou canais anti-vacina. Sabem o que isso significa?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας