Adolescentes psicopatas queriam matar crianças, beber o sangue e comer a carne delas

Charlatão promete curar autismo com urina
Sobre Experiências de Quase Morte

Muitas pessoas são notadamente ruins. Outras são loucas, mesmo. De minha parte, poderia arrastar ambos pro mesmo lugar, escuro, úmido e fétido, de preferência jogando a chave fora. Um bom exemplo disso foi o que aconteceu na Flórida, ou melhor, o que ia acontecer se não tivessem descobertos a tempo: duas garotas (loucas ou psicopatas) resolveram que seria uma boa ideia atrair colegas de colégio no banheiro e matar geral, para depois beber o sangue deles.

Halloweenizando a maluquice generalizada, esta é a sua SEXTA INSANA!

O caso aconteceu na Bartow Middle School, uma escola pública da Flórida, cuja missão é é garantir que TODOS os alunos tenham as habilidades necessárias para atingir altos níveis de desempenho acadêmico, respeito mútuo e tornarem-se aprendizes por toda a vida.

Bem, as duas gurias que surtaram resolveram que tinham as habilidades necessárias. Daí descolaram facas e outros utensílios afiados para passar o rodo nos colegas, cortar as gargantas deles, fatiar seus corpos, comer sua carne, lavando a carne crua com o sangue das vítimas, beber o sangue deles e cometer suicídio. Millenial é um bicho tão desgraçado que nunca deixa o mais importante vir em primeiro, deixando sempre pra ser a última coisa.

Essas góticas millenials do cacete queriam ser as “piores pecadoras”, de forma que fossem passar o resto da eternidade no Inferno, ao lado de Nosso Senhor Satã. A sorte é que aborrecente é imbecil. Como elas cabularam aula para ficar escondidas no banheiro, geral deu pela falta dela, daí começaram a vistoriar o colégio de alto a baixo, até que deram com elas prontinhas pro seu ritual macabro, com quatro facas, um cortador de pizza e um afiador de facas.

Os coraçõezinhos puros estão divididos, pois cabular aula não é crime. Ter instrumentos cortantes prontos para serem usados deve ser algo comum na Flórida (não que eu duvide). Aí, a porra do colégio tem que ficar de sobreaviso, pois pode ter outros alunos idiotas achando que isso seria uma ideia maneiríssima e tentar repetir. Ainda bem que enquanto professor estadual do Rio de Janeiro, eu nunca passei por isso. No máximo, alunos com uma pistola na cintura. Bem mais civilizado!

Mas estamos falando da Flórida, que é um Rio de Janeiro com crocodilos gigantes. E sim, tem reportagem:

Algumas pessoas são doentes. Outras são ruins, mesmo. Psicopatas existem e são psicopatas desde pequenos. Difícil dizer se é o caso destas duas imbecis. Agora, vão alegar que foi a cultura de armas que as fez assim ou será que ler o Crepúsculo faz crianças normais virarem maníacas? Não se sabe. Mas eu sugiro que essazinhas aí sejam atiradas na cela mais profunda, só pra garantir.

Charlatão promete curar autismo com urina
Sobre Experiências de Quase Morte

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!