nov 04

Ainda existem juízes em Berlim. No Rio de Janeiro, existem deuses, seres divinos que se vangloriam do seu poder para fazer valer suas imposições e passar sobre a Justiça quais rolos compressores. Se você ousar a tratá-los como cidadãos, audácia!, receberão a ira e o ranger de dentes, como sofreu na pele uma agente de trânsito que ousou fazer valer a Lei. Lei essa que é ignorada por quem (na teoria, onde tudo é lindo) existe para fazer com que seja comprida. Então, essa agente de trânsito se negou a aceitar uma carteirada como argumento.

E o sertão virou mar, o mar virou sertão e o réu tornou-se vítima. Porque na Reversal Carioca, o Réu pune VOCÊ!

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

set 05

Esse tipo de notícia é corriqueira, infelizmente, mas volta e meia temos que falar sobre ela, ou será mais trivial ainda. Um aluno surtado resolveu que sua professora era apenas um pedaço de carne. E como ela não deve ter dado nota boa pra ele na prova, o vagabundinho foi lá e esfaqueou a professora… 16 vezes!

E, obviamente, ele não foi preso. É menor, o coitadinho…

Ralando, fatiando e picotando, esta é a sua SEXTA INSANA!

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

jun 06

O mundo moderno trouxe muitas coisas, e para cada coisa, trouxe vários problemas. Celular em colégio é um problema. Se por um lado pais precisam falar com os filhos (os colégios podem ter telefones, mas quando a última vez que você viu um orelhão na rua?), pelo outro esta DESGRAÇA faz de qualquer aula um inferno, com alunos enchendo o saco com estas porcarias enfiadas no ouvido, quando poderiam muito bem enfiar em outro orifício. Eu mesmo já cheguei a tomar uns 10 aparelhos, formando uma pilha na mesa e ameaçando vender numa banquinha de camelô.

Um professor de Recife, Pernambuco, teve a mesma atitude. O molecão teve ataque de piti, chamou mamãezinha e ela processou o professor. O resultado foi um pouquinho diferente do esperado.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

mai 17

Juízes brasileiros não sofrem de Síndrome de Deus. Eles não são tão humildes assim. A capacidade de fazerem besteira é algo tão ridiculamente idiota que eles não se fazem de rogados quando lavram as mais tolas decisões. Enquanto alguns se acham mais entendedores de Ciência do que cientistas, há aqueles que acham que podem versar sobre conceitos religiosos, mitologias e temas afins, como o que disse que Umbanda não é Religião de verdade.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

mai 17

Bom dia. Eu sou o Juiz e julgarei o que deve ser julgado. Para os devidos fins, declaro que o réu não tem o direito de se pronunciar. Nós sabemos bem quais são os seus crimes, algo tão hediondo que jamais lhe falaremos. A partir de agora, vocês, da Fundação Oswaldo Cruz, terão que parar de fazer experimentos com animais e… Por quê? Como ousa perguntar o por quê? Porque sim! Afinal, os chefes para quem trabalhamos, antes de darem uma ordem como esta, devem estar devidamente informados das razões que a motivam. Não pode assim haver qualquer engano.

Eu imagino que o julgamento foi assim, posto que só algum lunático kafkiano teria a ideia estúpida do juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública, proibindo a FIOCRUZ de fazer experimentos em animais. Poderiam fazer em juízes…  Clique aqui para ler o restante deste artigo »

mar 22

É um erro comum achar que o Brasil é um país laico. Ele não é laico, nem é teocrático. O Brasil carece de uma classificação própria. O Brasil é o Brasil. A prova disso é a total falta de noção em todos os 3 Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário. Os dois primeiros é por culpa da população burra que os elege, mas e o Judiciário? Nós não elegemos juízes (não que se o fizermos será algo melhor).

Resultado? Mais uma vez (frise-se) uma carta psicografada foi usada durante um processo de homicídio e foi o bastante para livrar a cara do réu.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

ago 21

Uma das historinhas mais divertidas da Bíblia é quando Salomão apartou briga de lavadeiras que estavam indo nas vias de fato para saber de quem era o filho. O rei jogou um migué que ia cortar a criança ao meio e dar a metade para cada uma. Uma disse "tamos aí", enquanto que a outra (de cabelo cheio de laquê e com a cara cheia de maquiagem) diz que Jacó Caldero de Almeida Santiado devia ser entregue à outra. Salomão estufou o peito que nem pombo, afiou os bigodes e ajustou seu pince-nez dizendo "minha filha, o filho és teu". É uma história babaca, pois se fosse verdade, as duas continuariam a disputa e mãe de verdade lutaria até à morte. Assim são as mitologias.

Uma história jurídica tão retardada quanto essa é a que promotores na Inglaterra investigam o caso do estupro de uma adolescente. Exames de DNA apontaram o culpado; infelizmente, o distinto tem a mesma carga genética que seu irmão gêmeo. Assim, a decisão salomônica foi de… Indiciar os dois.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

mai 28

Eu sempre disse que Ciência e Educação no Brasil nunca foram prioridade. Isso ficou bem claro quando a Justiça Federal proibiu o uso de animais em aulas práticas do curso de medicina da Universidade Federal de Santa Catarina por causa do pedido de um "instituto" abolicionista Animal. Sério, só o nome já me faz rir à beça! Então, a formação dos médicos será como? O juiz não se preocupou muito com isso, claro.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

jan 17

O mundo só não é mais louco que as loucas leis à solta por aí. Leis são algo mais do que necessário para colocar os toscos na linha, já que cidadão consciente sabe que arrancar com o carro enquanto pessoas estão atravessando a rua não é algo muito legal. Entretanto, algumas leis são meio malucas e mais loucas ainda são as interpretações daquelas insanidades. Foi por isso que, por causa de uma interpretação feita nas coxas, que nem telhas antigas, poderá dar 20 anos de xilindró para uma cientista, só porque ela filmou uma orca se banqueteando na santa paz dos cetáceos éticos.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

out 31

Hoje é Halloween. Samhain soltou as suas hostes, banshees começam a chorar, leprechauns pegaram seus podes e ralaram peito, as sluagh sídhes soam sua malévola gargalhada e os Tuatha de Danann desembainhamos nossas espadas. A Matrix deu uma rabeada mas os os jedis deram um jeito. O Arcebispo de Porto Alegre, Dom Dadeus Grings (piada pronta não tem graça!) foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a pagar, junto com a Arquidiocese de São João da Boa Vista, R$ 940 mil por causa de uma ação por dano moral. A choradeira começou!

Clique aqui para ler o restante deste artigo »