set 04

Eu fico felicíssimo quando vagabundos entram pelo cano. Podem acreditar, só tem uma coisa que me dá mais prazer (tá, muitas outras coisas me dão mais prazer, mas é um recurso poético): uma desclassificada tomar pela cara uma punição para deixar de ser metida a experta e arrumar dinheiro às custas dos outros. E quando fica patente que a dita cuja não passa de uma enganadora, o Céu é o Limite! Esta é a história de uma vidente que previa muitas coisas, só não previu que a prefeitura de Sampa iria radicalizar e meteu-lhe uma multa de 70 mil lulinhas pela goela adentro. Será que a “distinta” não previra isso? Senhoras, senhores e outros! Com vocês, SEXTA INSANA! Clique aqui para ler o restante deste artigo »