dez 09

Há um texto clássico do Widson Porto Reis, dono do finado blog Dragão da Garagem em que ele questiona como era endêmica a presença da Pseudociência nas universidades. A princípio, particulares, mas isso é um show à parte e eu sei como é que funciona lá, já que fui professor de uma (não me orgulho disso, por isso que ralei peito). E como estão nas universidades públicas? Sim, porque o bando de manés adora encher a boca para falar que estuda(ou) numa federal. Isso significa algo? Como anda a ciência no Brasil?

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

jan 20

Este é o primeiro Voz dos Alienados do ano. Eu já estava pensando se eu não teria mais… cahan… contribuições sinceras, mas pelo visto, o pessoal gosta tanto da coluna que sempre procura não destruir minha fé em Nossa Senhora da Esquisitice, padroeira da estupidez alheia. A maluquice ainda é meia ralinha, já que o pessoal deve estar num retiro espiritual, pegando na Chave dos Céus ou usando o Apito de Chamar Anjo. Bem, bem, melhor deixar de papo e ir pro que interessa. Por onde começamos? Ah, sim pelo começo! Com vocês, VOZ DOS ALIENADOS!

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

nov 23

Ai, Hades, quosque tandem? Bem, pelo visto tais insanidades continuarão aparecendo por aqui. Não que isso seja de todo o mal, mas o sentimento pio da moral e candura cristã não deixam de darem o ar de suas graças, a ponto da bizarra sanha da tosqueira humana não parar com suas toscas loucuras. Quanto a mim? Eu quero mais que eles continuem escrevendo este monte de besteiras, pois isso ajuda a trazer deleite aos meus leitores quando bebem leite em seus leitos.

Avisem seus vizinhos, chamem as crianças, ajeitem seus velhos. Está na hora da sua, VOZ DOS ALIENADOS!

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

mai 13

O que acontece quando se junta políticos e pedagogos? Bem, de início sai o MEC, mas sempre há coisa pior, apesar de nossas preces endereçadas a Minerva. A mania eco-chata diz que tudo tem que ser verde: grama, gafanhoto, o Hulk e, por último, uma escola no Rio de Janeiro, que é pioneira em idiotice ecológica (eu ia falar só "idiotice", mas isso já é mais do que corriqueiro no sistema educacional brasileiro). Lá, os alunos sequer usarão cadernos e sim pendrives. Chics, pero non molto.

Esta é a sua SEXTA INSANA!

Clique aqui para ler o restante deste artigo »