SOS tem uma torta solta no Espaço

A missão Osiris-REx
Vulcão Etna ajuda a vida a dar um jeitinho

Existe um mote que diz que Ciência se baseia em “Por quê?” e Engenharia se pergunta “Por que não?”. Junte os dois e dá as maravilhas como a desse caso. Uns malucos da Inglaterra tiveram uma brilhante ideia. Algo na linha (leia com uma batata na boca) “Angus! O que aconteceria se lançássemos uma torta em direção ao Espaço?”. “Eu não sei, Perkin. Isso e, deveras interessante. O que você acha, Melvin?”. “Perfeitamente exequível, senhores. Empenhemo-lo agora!”

E assim mandaram uma torta pro Espaço! (ou quase)

A experiência aconteceu em Wigan, um lugarzinho na Inglaterra que você nunca ouviu falar. Não se impressione, nem eu sabia que existia um lugar com este nome. Claro, que nem sempre grandes ideias vêm por motivo nobres em busca do saber científico. No caso, era para comemorar o Campeonato Mundial de Comer Torta.

De acordo com os idealizadores, o objetivo era ver se uma torta de carne e batata (coisa de ingleses) conseguia fazer sua viagem tranquilamente, chegando a até 30 km de altitude, e se isso alteraria a estrutura molecular torta, afetando suas propriedades física e química.

Sim, obviamente os caras não estavam com todas essas ideias científicas na cabeça, mas quem se importa? Até eu gostaria de fazer isso!

Claro, como lá fora essas coisas não são bagunça, pediram autorização à Autoridade de Aviação Civil, e… conseguiram! Assim, prenderam uma bela torta num balão meteorológico e soltaram o conjunto. O resultado foi este:

Torta chegou e depois de uma análise criteriosa, perceberam que ela tinha se partido em duas, mas o sabor não estava alterado, continuando a ter o mesmo sabor caraterístico das comidas inglesas (bleargh!).

Vai revolucionar a Ciência? Não. Alguma perspectiva de ganhar o Nobel de Química? Também não. Então por que fazer isso?

A resposta não pode ser outra senão “Ué, por que não?”


Fonte: RT

A missão Osiris-REx
Vulcão Etna ajuda a vida a dar um jeitinho

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!

  • Bruno L.

    Poxa, vi o vídeo inteirinho me perguntando se a torta só estava em cima da forma ou se estava colada nela. Ao final não consegui identificar nada.