Um dia na Igreja Fosfetanolaminiana do 7° Dia

Vênus como você nunca viu
Deficiência vitamínica causa enxaquecas em crianças e adolescentes

Eu falei que isso ia acontecer, mas quem se importa com o que eu falo? Bem, o Sindicato dos farmacêuticos de São Paulo (o sindicato de gente que entende tanto de laboratório que têm que ser chefiados por um químico, para impedi-los de fazer besteira) convidou os sumo-sacerdotes da Igreja da Nossa Senhora Fosfetanolamina, Gilberto Chierice e convidados, para participar do Seminário Fosfoetanolamina em Debate. Adivinhem quantas pessoas de fora foram convidadas para o debate?

Pois é.

Os relatos estão excelentes. Tinha gente no auditório ouvindo aquele monte de merda, semelhante ao que os seguidores deles tentam vociferar aqui, mas que esbarram quando se faz pergunta simples como “qual a diferença da fosfoetanolamina sintetizada naquela imundície da USP pro que é vendido pela Sigma-Aldrich?” Vejam os artigos do Café na Bancada e do Carlos Orsi.

Tem versão TL;DR?

Temos.


Então, irmãos e irmãs, na paz de nosso irmão Chierice temos a grande fosfoetanolamina. ALELUIA, IRMÃOS!

ALELUIA!

Ele nos trouxe a paz e a Revelação, enquanto enfermos sofrem. Ele que nos viu em estado de penúria e resolveu interceder.

Senhor, tende piedade de nós

Os planos do inimigo: a Big Pharma, veio para nos tirar este remédio milagroso, que a ciência não provou que funciona, mas temos depoimentos, muitos depoimentos. Temos aqui uma senhora que nos diz que depois de 3 dias seu câncer tinha sumido. ALELUIA, IRMÃOS!

ALELUIA!

Eu disse AMÉM, IRMÃOS. DIGAM AMÉM, IRMÃOS!

AMÉM!

Oremos.

Oh, senhor Chierice, que nos trouxe a fosfoetanolamina, que viu nosso sofrimento, que foi apontado como errado, que sofreu e padeceu, que caiu em de graça e teve que abandonar o seu local ermo, que surgiu em glória para nos salvar.

Tende piedade de nós

Senhor Deus, nosso pai, que com uma mistura que a Ciência provou não ter atuação nenhuma, não escute esses clamores, pois vós sois o fiel consolador, o magnífico companheiro, o pai-protetor, o bom samaritano, que anda por entre os endemoniados, os cancerosos e entre gente que o faz aparecer na mídia, que são os piore doentes.

Deem uma viva para Nosso Senhor Chierice

VIVAAAAAA!!!!!! VIVAAAAAAA!!!!!!


Porque, no final das contas, é isso que essa bosta é: uma seita. Um monte de enganadores no imenso culto ao ego, e ninguém questiona, já que religião não se discute. No artigo do Carlos Orsi ele mostra algumas contradições e o Café da Bancada ficou estupefato com o fervor religioso em volta de alguém que usava as dependências da USP clandestinamente para produzir algo sem o mínimo de higiene. Quando meus estagiários não lavavam um béquer direito, eu enchia de esporro. Química é limpeza, para resguardar a pureza do material e confiabilidade das análises. Isso o Chierice não parece ter aprendido e o pessoal da Farmácia ignora solenemente.

Vejam essa parte do Café na Bancada:

Já na entrada, gente sorridente e empolgada. “Ele é tão fofinho, né? A gente logo vê que é gente do bem, um iluminado”, diz a moça à minha frente, que veio de Santo Amaro, se referindo ao pajé. O rapaz a seu lado, também de Santo Amaro, concorda. “Vamos ter um verdadeiro seminário científico de alto nível hoje”. Na sala, onde também era oferecido café da manhã, identifico logo a figura da musa fosfocrente Bernardette Cioffi, que afirma ter se curado de um câncer de mama metastático que a deixou numa cadeira de rodas, com apenas um mês de uso da fosfocoisa. Ela é a mesma que em depoimento a uma comissão do Senado declarou que a morfina a deixava num estado tão deplorável que “nem conseguia orar”, caindo em seguida aos pés do deputado Marcos Feliciano, em cena dramática e inesquecível para fosfocrentes e fosfoateus. Sorridente e solícita, Bernardette cumprimenta a todos, enquanto vai de um lado para outro, conferindo posicionamento de câmeras, dando ordens às mocinhas que fazem o apoio ao evento. Entre os fosfocrentes, é voz corrente que ela se associou ao Instituto Doutor Gilberto Chierice de Desenvolvimento e Pesquisa, cujo objetivo não é fazer pesquisa, mas defender as pesquisas já feitas… Bernardette passou de paciente a “palestrante científica”, dedicada a apontar as falhas das pesquisas do MCTI, especialmente as produzidas pela Unicamp, que mostram que a fosfo não é fosfo, mas um amontoado de subprodutos, com baixo nível de pureza, e que o processo de síntese, obtido por Otaviano Ribeiro (e não por Chierice), tem baixíssimo rendimento (por isso a fosfo sintética tupiniquim custará 5 vezes mais que a norte-americana).

Os fosfopesquisadores são recebidos e tratados como celebridades: todos querem fazer selfies a seu lado. Durvanei Maria, que é quem realmente faz as pesquisas do grupo atualmente (Kleber Ferreira, do ICB da USP, abandonou o grupo há alguns anos, alegando ter novos interesses em sua pesquisa), assume o posto de celebridade enquanto a plateia aguarda ansiosamente a chegada do pajé. Salvador Claro Neto, braço direito de Chierice, entra no recinto sem ser reconhecido pela maioria do público, mas a movimentação e agitação em torno do químico aumenta a expectativa em torno da chegada da grande estrela do evento.

Ainda tem a parte:

A parte “científica” caberá a Salvador Claro Neto. O químico brinda a plateia embevecida com uma inacreditável sucessão de absurdos químicos e biológicos, que o público percebe como uma “iluminação”. Fiat lux! “O câncer é uma doença lipídica que provoca a diferenciação da célula”, diz a criatura.

Aí eu e os divulgadores científicos com responsabilidade, que ficamos desmentindo estas baboseiras, somos desacreditados, porque queremos ver pessoas morrerem ou que somos financiados pela Big Pharma. A mesma Big Pharma que produz remédios genéricos bem mais baratos, enquanto indústrias de remédios homeopáticos cobram os olhos da cara por um punhado de água com açúcar. Oi?

Claro, notícias como a do Correio Brasiliense, que traz reportagem sobre contratos de direitos de propriedade intelectual da pílulinha mágica reserva 3,33% dos lucros da venda da pílula do câncer para o operador do bicheiro Carlinhos Cachoeira em negócio com o ex-senador Gim Argello (PTB-DF), que ficaria com 30%. Tutto buona gente!

Sobre a fosfoetanolamina, nada mais preciso dizer. As ações de suas estrelas só confirmam o que eu falo até hoje. Curiosamente, depois do laboratório clandestino ter sido fechado, Chierice não trabalhou mais nela, e, claro, não apresentou nenhum paper com os testes clínicos.

Mas temos depoimentos. ô, se temos…

Vênus como você nunca viu
Deficiência vitamínica causa enxaquecas em crianças e adolescentes

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!

  • Fernando Rüeckl

    Mais uma vez, ótimo post André. E muito obrigado por citar um blog que eu não conhecia e que acabei gostando, mesmo tendo lido muito pouco dele até agora.

    Pryderi respondeu:

    Carlos Orsi merece tranquilamente um lugar no RSS. Um dos mais antigos divulgadores científicos, ainda que pouco mencionado (não é uma das “estrelas”)

  • Antonio Esteves

    Essa porra já virou uma palhaçada que dá câncer em qualquer um com mínimo de apreço por ciência.

    Mas, num país onde o povo elege o charlatão Chico Xavier como “maior brasileiro de todos os tempos”, não chega a surpreender, infelizmente…

  • cloverfield

    Virou mesmo uma igreja…
    Por isso ficam tão revoltadinhos e até ameaçam como os mais fanáticos crentes que aparecem por aqui.

  • ??????

  • Learner Ezequiel

    Eu confesso que não sei muito sobre o assunto, mais eu só acho que , entre outras coisas, um remédio que cura o câncer com tal eficiência seria altamente lucrativo, teriam empresas do mundo todo se de-gladiando para ter acesso a isso, seria mais fácil alguém da indústria farmacêutica matar o criador para poder ficar os direitos de venda, eu mesmo ficaria muito rico caso eu tivesse algo desse tipo.
    Quero dizer, isto há meu ver seria uma revolução na ciência médica, um marco de época , e nada, ninguém replicando, sem alarde na mídia mundial, com alguém não ficou muito rico com isso, já que o criador não está morto, é duvidoso.

    Pryderi respondeu:

    Nunca li tanta bobagem junta.

    Lucho respondeu:

    Ainda mais quando se está mal escrito.

    Rodrigo Pessolato respondeu:

    Amigo não sei se mora aqui no Planeta Terra ou outro, mas pesquise sobre tratamentos para curar câncer, verá muitos métodos que são aplicados hoje no século XXI, pessoas são salvas todos os dias, caso tenha interesse em pesquisar pela ferramenta google fique a vontade.

    Marlon respondeu:

    Deixa eu tomar uma Fosfo aqui, que esse teu domínio do idioma me deu um câncer…

  • Esses insistentes com a fosfetanolamina são um câncer em metástase! Hehe.

  • Antonio Esteves

    André já deve ter visto isso, mas postarei aqui, porque tem relação com o assunto; e para que as pessoas tenham uma noção do tamanho da insanidade: http://m.saude.estadao.com.br/noticias/geral,defensoria-quer-anular-teste-da-pilula-do-cancer,10000056833

    Coisa de moleque malcriado que não aceita que o mundo não se curve aos seus caprichos pessoais. E um baita analfabeto científico também.

    Pryderi respondeu:

    As agendas políticas estão on fire

  • Antonio Esteves

    Eu disse que o defensoreco aí era um analfabeto científico. Não podem reclamar de falta de aviso… 😛

  • Watashinomori

    Acho que nessa situação, falar termos científicos é o mesmo que falar em línguas… u.u