mai 12

Neil deGrasse Tyson acha que Filosofia é motivo de piada. E não é?

80 Comentários
Escrito por .
Astronomia, Ceticismo, Ciência, Comportamento, Cultura, Filosofia, Idiocracia, Mídia, Mitos Desmascarados, Pseudociência
Tags: , , , ,

Há muitas classes de pessoas que eu curto de montão. Uma delas é a casta dos filósofos, aquelas criaturinhas formadas nas faculdades de Filosofia, cuja formação só serve para dar aula de Filosofia. Analisando o histórico da Filosofia, em que ela ajuda, mesmo? Em um podcast, Neil diz que a mui importante Filosofia serve apenas para fazer perguntas ridículas e rasas feito um pires. Ele está errado?

Para o filósofo Pigliucci, que produz o pocast Rationally Speaking isso quase soou como ofensa pessoal. Pigliucci (prometo não fazer piadinha com o nome dele. Os pais fizeram coisa muito pior DANDO este nome) subiu nas tamancas com a entrevista que Neil Tyson deu para o podcast Nerdist, um podcast que é legalzinho, mas não tem o charme do Scicast, o único podcast que tem convidados participando regados a gin tônica, mas com convidados coxinhas que ficam na base do café com leite (se você não sabe do que estou falando, ouça o último Scicast sobre Pseudociências, mas não acredite em nada do que aqueles malucos estavam falando).

Pigliucci ficou de "mimimi, ele é um comunicador de ciência altamente visível". Tá, filhão. Ok, mas você não rebateu a crítica de Tyson: "minha preocupação aqui é que os filósofos acreditam que eles estão realmente fazendo perguntas profundas sobre a natureza. E, para o cientista é ‘O que você está fazendo? Por que você se preocupar com com o significado do significado?’.

Em outras palavras, Tyson critica que felózofos ficam tendo chiliques para com cientistas. Sei lá, deve ser por causa que estes últimos fazem a diferença, quando ficar com masturbações mentais não ajuda em nada. podia funcionar na época de Platão, o preguiçoso que ficava sentado com a bunda, com um dedo na boca "pensando". Aristóteles, tudo como precursor do Método Científico foi incapaz de olhar pra cara de suas duas mulheres, ou jamais teria dito que mulheres têm menos dentes que homens.

Já os filhotes da Marilena Chauí, vez por outra, chegam aqui vociferando que Filosofia é muito importante. Eu só faço uma perguntinha: EM QUÊ? Tomemos como exemplo, sei lá, vamos do embate Pirulla x Olavo de Carvalho. O Pirulla não respondeu ao velhote…. ou quase. Tome, vejam o vídeo. É velhinho, mas vale MUITO a pena.


Eu tenhooo!!!
Você não te-em!!!

Porque, se você depende de algum felózofo para pensar, então, você é um acéfalo. Curiosamente, outro filósofo, Voltaire, era o primeiro a dizer "pense por si mesmo", mas se fosse assim, estas pragas não existiriam (e o mundo seria melhor).

Agora, eu sou um cara legal e deixo uma pergunta que deve ser respondida de maneira simples? Para que serve Filosofia? Vamos ver quem será capaz de responder. No final das contas, pelo que eu posso entender, a diferença é clara:


Fonte: io9, via Cardoso


80 respostas para "Neil deGrasse Tyson acha que Filosofia é motivo de piada. E não é?"

  1. 1. Monique Paula disse:

    Filosofia é o que você fez neste texto, é questionar sobre algo, é refletir e saber o porquê, a importância e seu significado. Filosofia ajuda a compreender as coisas, não cientificamente, porque as questões filosóficas não são passíveis, muitas vezes, de serem observadas, testadas para saber se é real ou não, mas indaga sobre questões existenciais, morais, religiosas etc. e tal. Você questionou o conhecimento dos filósofos e qual sua importância, se isso não é filosofar, seria o que? ;-)

    Administrador André respondeu:

    Filosofia é o que você fez neste texto, é questionar sobre algo, é refletir e saber o porquê, a importância e seu significado

    Não, filhota. O que eu fiz foram perguntas retóricas, e, no final, eu dei a resposta do pra que serve a Filosofia.

    Filosofia ajuda a compreender as coisas, não cientificamente, porque as questões filosóficas não são passíveis, muitas vezes, de serem observadas

    Você compreende as coisas sem método científico? Eu chamo isso de achismo.

    testadas para saber se é real ou não, mas indaga sobre questões existenciais, morais, religiosas etc. e tal.

    Moral é subjetiva. Filosofia, portanto, não serve de nada.

    Você questionou o conhecimento dos filósofos e qual sua importância, se isso não é filosofar, seria o que? ;-)

    Exigir uma resposta. Para seguidores de felozofias, isso é filosofar, mas é simples pergunta: pra que serve esta merda? Estou esperando a resposta.

    AndreiDecker respondeu:

    @André,

    “Você compreende as coisas sem método científico? Eu chamo isso de achismo.”

    Então o trabalho de historiadores não é válido por não seguir o mesmo método usado, por exemplo, em ciências biológicas ou em química? Não estou trollando, só quero saber o que você acha sobre esse ponto.

    Administrador André respondeu:

    Historiadores se baseiam em documentos, obras de arte, vestígios antropológicos, evidências fósseis etc.

    Tá muito longe de ficar sentado, olhando pra cima, pensando na morte da bezerra.

    Monique Paula respondeu:

    @André, Sim, André, eu consigo compreender as coisas sem usar o método científico, através da minha subjetividade, alias todos nós temos, e é através dela que começamos a fazer ciência, e não o contrário. Estudar o que é subjetivo também ajuda a compreender as coisas. Como você poderia afirmar que moral é subjetiva? Estando em um laboratório estudando química? Veja que não estou colocando a Filosofia em um pedestal, ou que ela é a melhor forma de conhecimento, mas acredito que, muitas vezes, é através dela que se consegue obter o que é real, e aqui eu incluo a ciência.
    Você fez perguntas retóricas? Ok, aqui a filosofia mando-lhe lembranças. ;-)
    Até mais.

    Administrador André respondeu:

    Sim, André, eu consigo compreender as coisas sem usar o método científico

    Pelo monte de besteiras que vc falou, eupercebi.

    através da minha subjetividade,

    Pela qual foi dito que o cérebro refrigera o sangue, o Sol é feito de fogo, o coração é a morada da alma, existe um continente perdido em um lugar que não se pôs os pés etc. Taí o que essa subjetividade vagabunda traz.

    alias todos nós temos, e é através dela que começamos a fazer ciência

    Só alguém bem ignorante em ciência fala uma atrocidade dessas. Pesquise o vírus da AIDS com subjetividade que eu quero ver. Pegue os resultados obtidos com um esctrômetro e faça uma reflexão subjetiva nela. Pegue um pouco de água de privada e fique refletindo para saber o que tem lá.

    Estudar o que é subjetivo também ajuda a compreender as coisas.

    Er… não.

    Como você poderia afirmar que moral é subjetiva? Estando em um laboratório estudando química?

    Analisando evolução histórica de uma sociedade, ou por meio de experimentos comportamentais, como Stanley Milgram (que vc não sabe quem é, pois estava perdendo tempo lendo a opinião dos outros que não tinham comprovação). Vc fala de amor parental? Eu falo das pesquisas de Harry Harlow (er… que vc tb não deve saber quem foi).

    Veja que não estou colocando a Filosofia em um pedestal, ou que ela é a melhor forma de conhecimento, mas acredito que, muitas vezes, é através dela que se consegue obter o que é real, e aqui eu incluo a ciência.

    Filosofia é isso: depende de gente acreditando nela para que ela “funcione”. Algo como aparições místicas, sabe?

    Você fez perguntas retóricas? Ok, aqui a filosofia mando-lhe lembranças. ;-)

    re·tó·ri·ca |rèt|
    (latim rhetorica, -ae, do grego rhetoriké)
    substantivo feminino
    1. Arte de bem falar.
    2. Conjunto de regras relativas à eloquência.
    3. Livro que contém essas regras.
    4. Estilo empolado e guindado (chama-se também: flores de retórica).
    5. [Informal] Mulher que tem pretensões a bem-falante e sentenciosa.

    figura de retórica
    • Artifício de linguagem que modifica a expressão do pensamento, para a tornar mais viva, mais enérgica ou mais compreensível.

    http://www.priberam.pt/DLPO/ret%25C3%25B3rica

    Além de saber nada sobre ciência, também não saca nada de linguística ou do significado das palavras. Jogue fora seus livrecos de felozofia e compre um dicionário, pelo menos.

    Até mais.

    Vai pela sombra. Se quiser apanhar mais, basta continuar escrevendo.

    Monique Paula respondeu:

    @André, Para que serve filosofia? Serve para ter um pensamento crítico sobre as coisas, aceitar um conceito depois de ter o analisado por completo. Filosofia serve para pensar, pensar em que? Sobre tudo, questionar se aquilo é verdade, compreender se aquele conceito proposto pelo Beltrano é viável ou não. Acredito que filosofia ajuda sim a humanidade. Veja que com ela a humanidade evoluiu intelectualmente. Como? Muitos dos conceitos sobre justiça, moralidade foram e é um motivo de discussão para que as pessoas possam viver melhores. A filosofia serve para aceitar e compreender a diversidade. Muitas das catástrofes da humanidade serviram para se refletir: “será que este conceito é realmente adequado?”. Querendo ou não, sua postagem serve para filosofar sobre este assunto, não é? (apesar de você ser teimoso feito uma mula, poderia refletir sobre o assunto, a não ser que, já tenha filosofado sobre).
    Agora sobre subjetividade, sim, fui infeliz em não explicar meu pensamento na minha ultima resposta. Usamos a nossa subjetividade pra fazer ciência. (sim, eu sei que no campo da ciência o subjetivo é descartado, pois ela é objetiva e imparcial, eu sei) Mas antes disso o que se tem é o subjetivo, os cientistas (humanos, e não máquinas) retiram da subjetividade e extraem do senso comum as perguntas a serem feitas e se é passível de teste, observação para saber se é real ou não. Se eu estiver errada, explique-me, ao invés de me ridicularizar, afinal, sua formação é professor, e acredito que ensinar e indagar sejam “um dos seus” objetivos. Bom, talvez não.
    Outra coisa, sim sou ignorante, em muitos aspectos, em muitos conceitos, mas isso pode ser remediado. Mesmo sabendo que sempre serei ignorante em alguma coisa.
    Não sou “PhD” em nenhuma área, mas posso ter o privilégio de expor o que penso, e argumentar sobre algo, mesmo não conhecendo ou sabendo quem seja Harry Harlow ou Stanley Milgram. Afinal, apelar a “autoridade” não é muito legal.

    “Vai pela sombra. Se quiser apanhar mais, basta continuar escrevendo.” (isso foi desnecessário, e nada gentil, acredite!)

    Administrador André respondeu:

    Para que serve filosofia? Serve para ter um pensamento crítico sobre as coisas, aceitar um conceito depois de ter o analisado por completo.

    Não é o que o pessoal da filosofia faz. Só sabem dizer “Heidegger disse isso, Kant falou aquilo e Platão ficou com a bunda sentada só no mundo das ideias. Graças a essa gente, ainda estaríamos em cavernas, sem termos dominado o fogo.

    Filosofia serve para pensar, pensar em que?

    Bobagens, na maioria das vezes. Não preciso de nenhum filósofo para pensar. Posso ter minhas próprias ideias. Se vc entrou numa faculdade de filoofia para poder pensar, tenho más notícias para você.

    Sobre tudo, questionar se aquilo é verdade

    Eu questiono se filosofia serve pra algo e o pessoal da filosofia perde a cabeça. Interessante.

    compreender se aquele conceito proposto pelo Beltrano é viável ou não.

    Cite um exemplo prático.

    Acredito que filosofia ajuda sim a humanidade.

    Bem, é um direito seu. Tem gente que acredita em cobras falantes e que pratos de pipoca têm poderes mágicos.

    Veja que com ela a humanidade evoluiu intelectualmente. Como? Muitos dos conceitos sobre justiça, moralidade foram e é um motivo de discussão para que as pessoas possam viver melhores.

    Er… não. Animais não filosofam e protegem-se mutuamente. Por que? Sobrevivência. Estuprar é errado? Sim, ainda mais porque dificulta passar os genes adiante. Vc nunc estudou psicologia evolutiva, né? Tipo, vc sabe o porque do amor parental? Harlow sabia. Filosofia? Não, experimentção. Vc sabe quem foi Harlow, né?

    A filosofia serve para aceitar e compreender a diversidade.

    Mentira. Se fosse assim, felózofos comentando aqui não estariam me xingando porque eu falei que filosofia não serve pra nada.

    Muitas das catástrofes da humanidade serviram para se refletir: “será que este conceito é realmente adequado?”.

    É preciso estudar muita filosofia para achar que matar milhares de pessoas em massacres étnicos não é certo. Sei. Curiosamente, o que não falta são textos preconceituosos, racistas, xenófobos e totalmente virulentos dos filósofos que os intelectualoides amam de paixão. Aristóteles escreveu sobre Ética e defendia escravatura, misoginia, xenofobia etc. Voltaire e Descartes, idem. Hume só falou esteira com seus dilemas indutivos e Popper achava que Evolução não era científica.

    Querendo ou não, sua postagem serve para filosofar sobre este assunto, não é?

    Claro, pois filosofia é isso: ficar divagando, enrolando quando se faz um questionamento direto. Veja comentários anteriores.

    (apesar de você ser teimoso feito uma mula, poderia refletir sobre o assunto, a não ser que, já tenha filosofado sobre).

    Não perco meu tempo com masturbações mentais. E dizer que eu sou teimoso como uma mula mostra desrespeito pelo meu modo de pensar, em trer refutado uma única linha.

    Agora sobre subjetividade, sim, fui infeliz em não explicar meu pensamento na minha ultima resposta. Usamos a nossa subjetividade pra fazer ciência. (sim, eu sei que no campo da ciência o subjetivo é descartado, pois ela é objetiva e imparcial, eu sei)

    Que bom que reconheceu que escreveu besteira.

    Mas antes disso o que se tem é o subjetivo, os cientistas (humanos, e não máquinas) retiram da subjetividade e extraem do senso comum as perguntas a serem feitas e se é passível de teste, observação para saber se é real ou não.

    Eu pego uma rocha e quero saber se é calcário. Coloco HCL e se sair CO2, está comprovdo. Mostre a subjetividade.

    Se eu estiver errada, explique-me, ao invés de me ridicularizar, afinal, sua formação é professor, e acredito que ensinar e indagar sejam “um dos seus” objetivos.

    Há uma porrada de textos onde explico tim-tim por tim-tim os passos de análise e levantamento de questões a serem respondidas. Nenhum cientista fica com subjetividade. Ele trabalha para provbar sua hipótese, que não é subjetiva.

    Bom, talvez não.

    Talvez.

    Outra coisa, sim sou ignorante, em muitos aspectos, em muitos conceitos, mas isso pode ser remediado. Mesmo sabendo que sempre serei ignorante em alguma coisa.

    Então, não fale sobre o que não sabe. Você nunca me viu aqui falando sobre maquiagem ou moda feminina, né?

    Não sou “PhD” em nenhuma área, mas posso ter o privilégio de expor o que penso, e argumentar sobre algo, mesmo não conhecendo ou sabendo quem seja Harry Harlow ou Stanley Milgram.

    Antes de falar isso, deveria ter ido na internet (ou aqui neste site, mesmo) e lido a respeito, para entender o que eu quis dizer.

    Afinal, apelar a “autoridade” não é muito legal.

    Não é apelar para autoridade. Citar os trabalhos de Kepler para fundamentar conceitos de astronomia não é apelo de autoridade. Apelo à autoridade é dizer “Kant falou isso, então deve ser isso mesmo”

    “Vai pela sombra. Se quiser apanhar mais, basta continuar escrevendo.” (isso foi desnecessário, e nada gentil, acredite!)

    Eu nunca disse que era gentil, amoroso ou bonzinho.

  2. 2. GusC disse:

    Filosofia não fede como teologia, mas não cheira bem como ciência. O famoso “não fede e nem cheira”, digamos.

    Márcio respondeu:

    HAHAHAHAHA!!

  3. 3. ramofits disse:

    Pois é, perguntas são importantes, mas quando não se importa muito em conseguir as respostas(certas) fica meio… como dizer…inútil? É engraçado como alguns filósofos enchem a boca pra filosofar, que Platão já dizia isso, que Sócrates aquilo, e tudo mais. Hoje em dia, com tudo o que aprendemos, não precisamos disso. Algumas escolas do ensino médio lecionam aulas de filosofia. Por que não astronomia, que é muito mais interessante? Eu sei porque. Pra onde eles mandariam os filósofos recém formados? Minha opinião.

  4. 4. Almeida disse:

    A bem da verdade, filosofia só foi importante no passado onde começaram a tomar gosto pelo saber. Mas hoje, com o advento da ciência moderna, pra quê?

    Os livros de filosofia em suas apresentações, tentam responder à essa pergunta. Veja uma:

    Todos nós sempre colocamos questões de caráter filosófico(…). Essas indagações poderão ser mais bem discutidas se nos familiarizarmos com o pensamento dos filósofos, não para nos guiarmos por eles, mss para entrarmos em contato com as polêmicas que eles desencadearam, para assim possamos ampliar nossa capacidade de reflexão crítica, bem como desenvolver as competências típicas da reflexão filosófica e para uma intervenção crítica e responsável na sociedade atual. [1]

    [1]Aranha, Maria lúcia de Arruda
    Filosofando: introdução à filosofia
    São Paulo: moderna, 2009.

  5. 5. 1k2rp disse:

    Não dá para descartar a filosofia assim, do nada.
    Em política, teologia (mais para o ateísmo) e relações humanas é o que ajuda a discutir temas espinhosos sem partir para sensos comuns e dogmas ideológicos e religiosos (o conceito de “moral”de filosofia é diferente, da mesma forma que “teoria” é diferente no uso leigo e científico).
    Outro problema da filosofia e o que a tornou tão inútil é o seu encastelamento acadêmico, um perigo que vocês cientistas também correm um sério risco. Aliás, é um dos motivos porque brasileiro médio odeia ciência…

    Administrador André respondeu:

    Não dá para descartar a filosofia assim, do nada.

    Me obrigue.

    Em política

    Já começou mal…

    teologia (mais para o ateísmo)

    Não há o que filosofar. Existe um deus? Prove! O que tem de complicado? Ah, sim… as masturbações mentais…

    e relações humanas é o que ajuda a discutir temas espinhosos sem partir para sensos comuns e dogmas ideológicos e religiosos

    Ateu de fim-de-semana não pode falar um “A” sem colocar religião no meio.

    (o conceito de “moral”de filosofia é diferente, da mesma forma que “teoria” é diferente no uso leigo e científico).

    Não existe moral, assim como não existe ética. Existe psicologia evolutiva. Não faço mal ao meu vizinho, pois ele ajuda a cuidar de mim e de minha família, o que garante a sobrevivência da espécie. Ou vc acha que um tubarão fica sentado cogitando os vieses de ajudar o restante do cardume?

    Outro problema da filosofia e o que a tornou tão inútil é o seu encastelamento acadêmico, um perigo que vocês cientistas também correm um sério risco.

    Não, porque temos publicações científicas, com revisão e reprodutibilidade. Ninguém fica encastelado. Se ficar, não faz ciência, não produzirá nada. Como os felózofos, por sinal.

    e Aliás, é um dos motivos porque brasileiro médio odeia ciência…

    O que brasileiro não odeia que não seja futebol, novela e tomar conta da vida dos outros?

  6. 6. Maycon Cruz disse:

    A finalidade das perguntas é de justamente obter as respostas. A partir do momento que a busca por uma resposta é deixada de lado para se “admirar” a pergunta, ela perde sua utilidade, ou seja, serve pra nada!

    Vendo por este ângulo, filósofos parecem aqueles colecionadores ultra aficionados que compram tudo de algum tipo, pra deixar embaladinho num plástico, não pra manter o exemplar, mas sim só pra ficar olhando.

    Quem diria, a Filosofia é uma vitrine para colecionar perguntas!

    Administrador André respondeu:

    “Olha como sou foda! Perguntei qual a função moral de jogar uma casca de banana no asfalto. Sou muito profundo. Me amem!”

  7. 7. christian disse:

    caro andré

    até então tenho sido um ávido fã deste site e seus posts bem humorados e informativos;admito que admiro sua inteligencia e sagacidade…eu ja havia reparado que vc nutre certo desprezo e ou completa aversão à filosofia…

    apos ler este post me senti obrigado a replicar estas insinuaçoes caluniosas direcionadas a filosofia por homens “supostamente” cultos e nobres na sua busca pela Verdade…

    ora,e nem sabem reconhecer o valor da mais “primeva ciencia” do homem??

    eu tenho especial apreço,para não dizer paixão, pela Filosofia desde que me entendo por gente,como se diz;hoje tenho 20 anos;;;;na verdade sempre me dei bem em filosofia no colegio e admirado por isso;;;

    por certo lado é compreensivel que se faça uma imagem negativa e inutil da filosofia e sabe por quê,justamente eh para pouquissimos a disposição e sagacidade de que dispõem um “verdadeiro” filosofo,eu disse verdadeiros,não meros “professadores”(professores) da “historia da filosofia do mundo e dos outros”;;;te digo que eu tenho a mesma paixão pela filosofia n mesma intensidade que vc tem pela ciencia empirica;;;

    vc bem deve reconhcer que ciencia empirica e filosofia são mais aparentadas do que a maioria imagina…enfim,isso me renderia muitas linhas lhe traçando um panorama entre as duas disciplinas o que torna este texto precipitadamente fragmentado em seu conteudo;;nada sistematico!!;;;

    na boa andré…vc despreza a filosofia sem saber que vc mesmo eh um deles ou utiliza-se de seu conteudo..aquele seu livro (muito bom por sinal;eu li o prefacio gratuito e queria compra-lo) o vazio da maquina eh de cunho filosofico;;;soh o titulo eh filosoficamente arquetipico e me faz lembra de nieztche(acho que eh assim que se escreve!!),”Ecce Hommo” ou como se refletisse muito,escrevesse o livro e jogasse na cara da humanidade “hipocrita e ignorante” (que vivem no tosco mundo de hades?):está aqui!!”Eis o Homem”!eu mostro a vcs!!!

    vc tem predileção por refutar deuses e religioes,não eh??vc deve concoradr comigo que nesta sua cruzada prevalece tanto a ciencia empirica quanto às profundas arqueologias do espirito humano visadas pela filosofia…eu acompanho os ateus.net atambem,e eh espelendia toda a coleção e ou acervo de artigos e textos de cunho filosofico,senão de filosofoa mesmo lá mordaz-racionalmente “combatendo” deuses e demais fantasmagorias e ilusoes humanas;;;

    sim,meu caro,a filosofia contribui sim na tarefa de compreender o mundo…há verdades latentes no espito humano de cunho puramente abstrato-metafico…ora,a filosofia trata do espirito humano e sua intima relação com o universo;”poesia”,tua dirias??não,não!!!”ciencia do espirito” meu caro;;;

    eh lastimavel perceber que vc se apega a conceitos e preconceitos ridiculos para desacreditar a filosofia…qualquer pessoa atualmente de minima posse de razão sabera reconhecer o quão simplorias,para nao dizer infantis,o são o conceitos da filosofia mais antiga;;;como vc bem sabe o progresso cientifico eh baseado num lento processo de “evolução”(sei que vc melhor do que ninguem compreende o significado deste termo);;;

    e por acaso a ciencia empirica concebeu a moderna teoria atomica,o microscopio,a teoria da relatividade o heliocentrismo etc numa osbscura caverna em tempos remotos por neanderthais ou qualquer prototipo de homem do passado??…a sua ciencia tambem tem um passado um tanto quanto constrangedor:os alquimistas medievais tenatando produzir magico-cientificamente ouro puro através de metais simples nos dias atuais soa igualmente risivel e ridiculo tanto qunato às teorias assumidamente estapafurdias de platão e os demais “filosofos da natureza” que vc deve saber quem são;;;

    a ciencia pratica empirica evoluiu,pois te digo que a filosofia tambem evoluiu;;;o teu idolo dawkins compartilha muitas caracteristicas dos filosofos pelo que pude notar assisntindo seus documentarios no youtube;;;

    enfim eu poderia discorrer longamente sobre o valor e contribuiçoes da filosofia para expansão do conhecimento humano,mas por ora findo este deste texto..

    acho curiosa a neurociencia que podemos dizer ser o ramo “empirico da filosofia”…chega a ser comico os honrosos neurocientistas tentando “estudar e explicar os pensamentos humanos” e tudo o que conseguem são meras pulsaçoes cerebrais com maior ou menor intensidade aqui ou acolá no cerebro sob determinada ideia ou estimulo sensorial-cognitivo;o que muitas coisas filosofos explicam muito bem com o puro pensamento racional…eu realmente não compreendo qual o proposito da neurociencia;;;

    para finalizar deixo uma frase bastante interessante do filosofo da ciencia carl popper numa sagaz tentativa de conceituar a ciencia em sua essencia;tem um fundo de verdade;se não eh correta,então eh instiga qualquer filosofo de espirito nobre:”a ciencia eh “senso comum” melhorado…

    Administrador André respondeu:

    até então tenho sido um ávido fã deste site e seus posts bem humorados e informativos;admito que admiro sua inteligencia e sagacidade…eu ja havia reparado que vc nutre certo desprezo e ou completa aversão à filosofia…

    Bondade sua falar isso. Eu só acho que quem defende filosofia como algo que preste deveria ser chicoteado em praça pública.

    apos ler este post me senti obrigado a replicar estas insinuaçoes caluniosas direcionadas a filosofia por homens “supostamente” cultos e nobres na sua busca pela Verdade…

    Ih, a mona levou pro lado pessoal!

    ora,e nem sabem reconhecer o valor da mais “primeva ciencia” do homem??

    Filosofia nunca foi ciência, filho. Estude etimologia e verá o porque. O tempo passou e vcs viraram faladores de pouco conteúdo e muita prolixidade. Basta ver este seu lixo de comentário, que não pode ser reduzido, pois vcs só sabem enrolar.

    eu tenho especial apreço,para não dizer paixão, pela Filosofia desde que me entendo por gente,como se diz;

    Conheço muita gente que tem taras mais esquisitas. Não se acanhe.

    hoje tenho 20 anos;;;;

    E não aprendeu pontuação.

    na verdade sempre me dei bem em filosofia no colegio e admirado por isso;;;

    Deveria ter estudado português e aprendido a acentuar (não, teclado não cola. USA-International acentua muito bem.

    por certo lado é compreensivel que se faça uma imagem negativa e inutil da filosofia e sabe por quê

    Porque vocês não sabem nem colocar ponto de interrogação e quer dar lição intelectualoide.

    justamente eh para pouquissimos a disposição e sagacidade de que dispõem um “verdadeiro” filosofo

    Esse pessoal se acha! :mrgreen:

    Merdinha de 20 anos, mal saído dos cueiros, estudando pseudo faculdade, tirando onda.

    eu disse verdadeiros,não meros “professadores”(professores) da “historia da filosofia do mundo e dos outros”;;;

    Dá raiva seu analfabetismo. Aprenda pontuação porra!

    te digo que eu tenho a mesma paixão pela filosofia n mesma intensidade que vc tem pela ciencia empirica;;;

    Tem gente que como eu ama ferraris. Outros, como você, andam de carros de bois… sem rodas e sem os bois.

    vc bem deve reconhcer que ciencia empirica e filosofia são mais aparentadas do que a maioria imagina…

    Você é mais ignorante que eu pensava.

    enfim,isso me renderia muitas linhas lhe traçando um panorama entre as duas disciplinas o que torna este texto precipitadamente fragmentado em seu conteudo;;nada sistematico!!;;;

    Ainda estou esperando dizer para que filosofia serve. Pra que serve? Só “blábláblá, filosofia é importante”.

    na boa andré…vc despreza a filosofia sem saber que vc mesmo eh um deles ou utiliza-se de seu conteudo.

    Não, obrigado. Sou uma pessoa inteligente, culta e — por que não dizer? — normal.

    aquele seu livro (muito bom por sinal;eu li o prefacio gratuito e queria compra-lo) o vazio da maquina eh de cunho filosofico;;;

    Cof… Cof… Cof…

    soh o titulo eh filosoficamente arquetipico

    Analfabetinhos querendo escrever difícil é hilário.

    e me faz lembra de nieztche(acho que eh assim que se escreve!!)

    Ama tanto filosofia que nem sabe escrever o nome dos autores direito. Sua faculdadezinha é pior do que eu pensava! Se bem que admitiu que não sabe pontuar ou acentuar corretamente. Só podia dar nisso, mesmo.

    “Ecce Hommo” ou como se refletisse muito,escrevesse o livro e jogasse na cara da humanidade “hipocrita e ignorante” (que vivem no tosco mundo de hades?):está aqui!!”Eis o Homem”!eu mostro a vcs!!!

    [Bocejo]

    vc tem predileção por refutar deuses e religioes,não eh??

    Não. Nunca disse isso. Mas, claro, quem não sabe escrever não pode saber interpretar textos

    vc deve concoradr comigo que nesta sua cruzada prevalece tanto a ciencia empirica quanto às profundas arqueologias do espirito humano visadas pela filosofia…

    Er… não.

    eu acompanho os ateus.net atambem,e eh espelendia toda a coleção e ou acervo de artigos e textos de cunho filosofico

    Pra mim, é um site merda, mas não é problema meu.

    senão de filosofoa mesmo lá mordaz-racionalmente “combatendo” deuses e demais fantasmagorias e ilusoes humanas;;;

    Por isso é um site merda. Não sabe o que são ou pra que servem as religiões. Mas, claro, quem fica perdendo tempo com Nietzsche não pode saber disso.

    sim,meu caro,a filosofia contribui sim na tarefa de compreender o mundo…há verdades latentes no espito humano de cunho puramente abstrato-metafico…

    Gerador de lero-lero.

    ora,a filosofia trata do espirito humano e sua intima relação com o universo;

    Virou cientologia!

    ”poesia”,tua dirias??não,não!!!”ciencia do espirito” meu caro;;;

    Não existem espíritos. Só se você provar. Mas, ops, filosofia não prova nada. É masturbação mental.

    eh lastimavel perceber que vc se apega a conceitos e preconceitos ridiculos para desacreditar a filosofia…

    Estou esperando a refutação. Só ficou “mimimi, num fala assim da filosofia que eu amo tanto. Ela é importante pra mim.Buááááááá”

    qualquer pessoa atualmente de minima posse de razão sabera reconhecer o quão simplorias,para nao dizer infantis,o são o conceitos da filosofia mais antiga;;;

    E a ralé da qual você ama não para de citá-los. Vou citar Wittgensten que ameaçava pessoas com um atiçador quando discordavam dele. Popper que o diga. O mesmo Popper que disse que Evolução não poderia ser considerada teoria científica. Por quê? Quem se importa? Retardados assim não sabem nada de ciência, mesmo. O que se podia esperar?

    como vc bem sabe o progresso cientifico eh baseado num lento processo de “evolução”(sei que vc melhor do que ninguem compreende o significado deste termo);;;

    Tá falando merda.

    e por acaso a ciencia empirica concebeu a moderna teoria atomica,o microscopio,a teoria da relatividade o heliocentrismo etc numa osbscura caverna em tempos remotos por neanderthais ou qualquer prototipo de homem do passado??

    Não, foi desenvolvida por pessoas que não ficavam com o cu sentado que nem seu Aristóteles, que disse que mulheres tinham menos dentes que homens.

    …a sua ciencia tambem tem um passado um tanto quanto constrangedor:os alquimistas medievais tenatando produzir magico-cientificamente ouro puro através de metais simples nos dias atuais soa igualmente risivel e ridiculo tanto qunato às teorias assumidamente estapafurdias de platão e os demais

    Por isso, SEU IMBECIL, que Alquimia é ponto risível para cientístas. Químicos de verdade não perderam tempo com esta merda. Nós aprendemos, mas a ralezinha filosófica ainda fica defendendo merda até hoje, mas alguém burro, ignorante,m iletrado e analfabeto funcional como você jamais entenderá isso.

    “filosofos da natureza” que vc deve saber quem são;;;

    Sim: inúteis. Lavoisier, Kepler, Al-Hazen, Al-Tusi etc fizeram a diferença. Me diga o que foi que os seus felózofo fizeram? Defenderam escravidão, misoginia, xenofobia, racismo, eugenia etc.

    a ciencia pratica empirica evoluiu

    Filosofia continua a mesma merda.

    pois te digo que a filosofia tambem evoluiu;;;

    Só que não.

    o teu idolo dawkins compartilha muitas caracteristicas dos filosofos pelo que pude notar assisntindo seus documentarios no youtube;;;

    1) Dawkins nunca foi meu ídolo.
    2) Ficar fazendo experimentações, provando que pseudocientistas eram charlatões está longe de ser filosófico.
    3) Richard Feynman e Carl Sagan desdenharam da Filosofia.

    enfim eu poderia discorrer longamente sobre o valor e contribuiçoes da filosofia para expansão do conhecimento humano,mas por ora findo este deste texto..

    Poderia, mas não vai. Não vai porque não pode,. Então — como direi da forma mais educada? — ou me mostra uma utilidade real da filosofia ou abstenha-se de comentar.

    acho curiosa a neurociencia que podemos dizer ser o ramo “empirico da filosofia”…

    Cara, chega! Você passou do nível da buyrrice, ultrapassou a estupiudez galopante e está bem longe da ignorância. Seu caso é de anencefalia!

    chega a ser comico os honrosos neurocientistas tentando “estudar e explicar os pensamentos humanos” e tudo o que conseguem são meras pulsaçoes cerebrais com maior ou menor intensidade aqui ou acolá no cerebro sob determinada ideia ou estimulo sensorial-cognitivo;

    Pulsação? Deixa de ser estúpido, seu energúmeno!

    o que muitas coisas filosofos explicam muito bem com o puro pensamento racional…

    Como o cérebro ser o lugar onde se refrigera o sangue e uma bola lançada em ângulo descreve uma trajetória com ângulo reto. Nem pr jogar uma merda de pedra pra cima vocês prestam!

    eu realmente não compreendo qual o proposito da neurociencia;;;

    No seu caso, não serve pra nada. Neurociência só estuda tecidos nervosos. No seu caso, ela chega e vira as costas, pois não há material para ser estudado.

    para finalizar deixo uma frase bastante interessante do filosofo da ciencia carl popper

    É KARL, ignorante.

    numa sagaz tentativa de conceituar a ciencia em sua essencia;tem um fundo de verdade;se não eh correta,então eh instiga qualquer filosofo de espirito nobre:”a ciencia eh “senso comum” melhorado…

    Por isso, Khun o fez passar vergonha. Quem era Khun? Filósofo? Não, tinha doutorado em Física. E antes de voltar aqui para comentar, poverito, aprenda a escrever. Detesto gente analfabeta que escreve mal e porcamente. Aprenda a acentuar e a pontuar e só então volte aqui.

    Se não quiser voltar mais, também não ficarei triste. Volta lá pra sua facurdadezinha, volta.

    1k2rp respondeu:

    @André,
    É…
    Parece que ninguém mais poderá citar Karl Popper…
    Eu duvido que o André leia isso, mas…
    http://lihs.org.br/artigos/Haack_Negativismo_Logico_LiHS_2014.pdf

    christian respondeu:

    @André,

    ora,ora!!!o “cientista” badboy;;;

    energumeno??não me increvi neste site para ser ofendido,muito menos rebaterei suas imprecaçoes num mesmo tom…na boa,soh acho que vc poderia ter respondido de uma maneira menos grossa.

    eu realmente não consigo entender os motivos de sua implicancia desmedida quanto à filosofia..

    vc criticou minha ortografia.e olha que eu adverti sobre o texto estar fragmentado,espontaneo e informal,assim como esta replica.esta eh soh uma maneira informal de escrever.eu trabalho o dia todo.por enquanto não tenho muito tempo para elaborar textos e teses formalmente e sistematico…não se preocupe,eu sei escrever.

    eu “falo dificil”??na verdade eu tenho uma gramatica apurada,isto é,também sou inteligente…

    na verdade eu já previa uma reação hostil da sua parte,afinal sua arrogancia eh de praxe e cômoda ao estilo do blog….xingamentos e disputas dialeticas em tom tom rispido e exaltado dão um aspecto “punk” ao site;isso dá ipobe não é?por esse lado eu te compreendo…soh não consigo saber se vc eh assim mesmo ou eh porque o “oficio” exige….

    por meio deste paragrafo me retrato devido às minhas observações improprias sobre a neurociencia e seus respectivos profissionais.na verdade houve um equivoco da minha parte.levo a serio a virtude do conhecimento,quando a busca da Verdade deve sobrepor-se a vaidades pessoais;;;

    vc gosta de citar a curiosidade historica de wittgenstein,provavelmente por que vcs compartilham a mesma arrogancia intelectual.receio que seu objetivo não seja combater a ignorancia propriamente,mas sim “os ignorantes” e todos que não concordam contigo;;;sua atitude neste site beira ao “fundamentalismo cientifico”(dogmatismo)

    os filosofos são “pragas”?olha que isso eh grave.

    na verdade o que ocorre entre nós eh algo fútil;parecemos duas crianças discutindo “o meu pai eh melhor do que o seu”.isso porque se trata de predileçoes pessoais.temos afinidade por coisas diferentes.eu não posso empurrar a filosofia pra vc e nem vc pode empurrar a ciencia para mim….mas eu pelo menos pareço mais compreensivo com a ciencia ao passo que seu desdém a filosofia eh descabido…

    mas o mundo eh assim mesmo.o legal é que as pessoas tem personalidades diferentes,e é reconhecido que suas tensoes e conflitos de interesse entre si e o universo eh que produzem uma vasta e diversificada bagagem cultural e o tornam o mundo um lugar mais excitante.querer que todos sejam cientistas e ateus é pirraça irracional.lamento eu não possuir predisposiçao para a ciencia pratica e entrar para seu “clubinho”.ora essa,parece que o mundo não da maneira como queremos!vivemos no mundo tosco de hades,não eh??droga de pessoas fúteis e estúpidas!!acham mais interessante ir lá no youtube ver o que acontece com a coca-cola colocando-se “mentos” para ver a reação de explosão e dar um “laique” do que estudar seriamente as propriedades quimicas do refrigerante!!!(risos)…ora,o mundo é frustrante,não acha?!na boa,muito patetico da sua parte!!!não adianta dizer que é so no brasil por que não eh,eu sei que não eh;isso procede em todo o genero humano…não adianta,o conhecimento e é para poucos privilegiados, e ou interessados,mesmo.

    quer vc queira ou não a filosofia continuará existindo.os grandes classicos dos grandes pensadores permanecerão incolumes junto aos livros dos seus cientistas nas grandes bibliotecas do mundo.

    eu continuarei trabalhando nos meus manuscritos de um breve tratado sobre o entendimento humano e vc continuará com suas dissertaçoes cientificas..

    vc quer imbuir a ciencia de uma soberania absoluta,sendo que não procede…

    e reitero:admiro sua acuidade intelectual,mas desprezo sua arrogancia…

    ps:“Ciência é muito mais uma maneira de pensar do que um corpo de conhecimentos.”
    – Carl Sagan

    Administrador André respondeu:

    energumeno??não me increvi neste site para ser ofendido,muito menos rebaterei suas imprecaçoes num mesmo tom…

    Mas vai aprender a escrever corretamente, com acentuações e pontuações precisas, certo?

    na boa,soh acho que vc poderia ter respondido de uma maneira menos grossa.

    Você poderia não escrever feito aborrecente orkuteiro.

    eu realmente não consigo entender os motivos de sua implicancia desmedida quanto à filosofia..

    Porque vocês, felózofos, só ficam de mimimi. Basta me dar alguma utilidade pra ela, ué. Por que a dificuldade?

    vc criticou minha ortografia.e olha que eu adverti sobre o texto estar fragmentado,espontaneo e informal

    Falta de acentuação e pontuação vagabunda não é texto informal. É analfabetismo.

    assim como esta replica.esta eh soh uma maneira informal de escrever.eu trabalho o dia todo.por enquanto não tenho muito tempo para elaborar textos e teses formalmente e sistematico…não se preocupe,eu sei escrever.

    Quem sabe escrever, sabe escrever todas as 24h do dia.

    eu “falo dificil”??na verdade eu tenho uma gramatica apurada,isto é,também sou inteligente…

    Não, não tem. Não, não é.

    na verdade eu já previa uma reação hostil da sua parte,afinal sua arrogancia eh de praxe e cômoda ao estilo do blog….

    Tá, mas e a utilidade da filosofia?

    xingamentos e disputas dialeticas em tom tom rispido e exaltado dão um aspecto “punk” ao site;

    Tá, mas e a utilidade da filosofia?

    isso dá ipobe não é?

    ipode?

    por esse lado eu te compreendo…soh não consigo saber se vc eh assim mesmo ou eh porque o “oficio” exige….

    Tá, mas e a utilidade da filosofia?

    por meio deste paragrafo me retrato devido às minhas observações improprias sobre a neurociencia e seus respectivos profissionais.

    Tá, mas e a utilidade da filosofia?

    na verdade houve um equivoco da minha parte.

    Sim, quando você começou a escrever. Daí pra baixo, foi um equívoco só.

    levo a serio a virtude do conhecimento,quando a busca da Verdade deve sobrepor-se a vaidades pessoais;;;

    Muito blábláblá. Cadê a utilidade da filosofia?

    vc gosta de citar a curiosidade historica de wittgenstein,provavelmente por que vcs compartilham a mesma arrogancia intelectual.

    Eu nunca ameacei ninguém com um atiçador de lareira.

    receio que seu objetivo não seja combater a ignorancia propriamente,mas sim “os ignorantes”

    Estás cmeçando a entender. Mas e a utilidade da filosofia?

    e todos que não concordam contigo;;;

    Basta me dar a utilidade da filosofia, ué.

    sua atitude neste site beira ao “fundamentalismo cientifico”(dogmatismo)

    Tá, mas e a utilidade da filosofia?

    os filosofos são “pragas”?olha que isso eh grave.

    “Mimimi, num fala mal dos felózofos que eu amo ou vou chorar;;;”

    na verdade o que ocorre entre nós eh algo fútil;parecemos duas crianças discutindo “o meu pai eh melhor do que o seu”.

    Eu só quero a utilidade da filosofia. Uma só, vai.

    isso porque se trata de predileçoes pessoais.temos afinidade por coisas diferentes.

    Tá, mas e a utilidade da filosofia?

    eu não posso empurrar a filosofia pra vc e nem vc pode empurrar a ciencia para mim….

    Não preciso empurrar a ciência, seu pobrezinho. Você a usa todos os dias. :mrgreen:

    mas eu pelo menos pareço mais compreensivo com a ciencia ao passo que seu desdém a filosofia eh descabido…

    Aham. Dizendo que neurociência era o lado empírico da felozofia e sendo ridicularizado devidamente por isso. E não, não tenho compre3esão para com gente obtusa.

    mas o mundo eh assim mesmo.o legal é que as pessoas tem personalidades diferentes,e é reconhecido que suas tensoes e conflitos de interesse entre si e o universo eh que produzem uma vasta e diversificada bagagem cultural e o tornam o mundo um lugar mais excitante.

    “Falei pra caralho e tirei onda. Vou até sentar na minha mão até ela ficar dormente e me masturbar pensando no Olavo de Carvalho”

    querer que todos sejam cientistas e ateus é pirraça irracional.lamento eu não possuir predisposiçao para a ciencia pratica e entrar para seu “clubinho”.

    Jogue fora seu cmputador, vá morar no mato e não use roupas ou sequer um canivete. Não faça fogo nem use ferramentas de pedra. Abstenha-se de usar qualquer utensílio. Porque, né?, você não tem predisposição para usar nada da ciência na prática.

    Como felózofo de facurdadi é burro!

    ora essa,parece que o mundo não da maneira como queremos!

    E diz que sabe escrever!

    vivemos no mundo tosco de hades,não eh??droga de pessoas fúteis e estúpidas!!

    Muitas delas vão em blogs de Ciência para comentar.

    acham mais interessante ir lá no youtube ver o que acontece com a coca-cola colocando-se “mentos” para ver a reação de explosão e dar um “laique” do que estudar seriamente as propriedades quimicas do refrigerante!!!(risos)…

    Ou se masturbar pela invasão yankee e refletir sobre os viezes dos pobres trabalhadores massacrados, enquanto está-se sentado num apartamento chique, tomando whisky escocês.

    ora,o mundo é frustrante,não acha?!

    A parte mais frustrante é saber que meu dinheiro de impostos financiam universidades públicas para anêmonas como você se graduarem em felozofia!

    na boa,muito patetico da sua parte!!!não adianta dizer que é so no brasil por que não eh,

    Eu sei que nos outros países existe graduação em felozofia. Sei bem disso. :(

    eu sei que não eh;isso procede em todo o genero humano…não adianta,o conhecimento e é para poucos privilegiados, e ou interessados,mesmo.

    Sim. Pessoas como eu. Não anêmonas que cursam felozofia.

    quer vc queira ou não a filosofia continuará existindo.

    Assim como astrologia, reike, macumbas, tráfico de drogas, latrocínios, corrupção etc.

    os grandes classicos dos grandes pensadores permanecerão incolumes junto aos livros dos seus cientistas nas grandes bibliotecas do mundo.

    Assim como o Crepúsculo, 50 Tons de Cinza e outras tranqueiras.

    eu continuarei trabalhando nos meus manuscritos de um breve tratado sobre o entendimento humano e vc continuará com suas dissertaçoes cientificas..

    Para depois, você ir na farmácia comprar remédios, usar TV por assinatura, acessar internet etc. Eu e larga maioria da população continuaremos não lendo nada dos retardados que você venera, e viveremos muito bem. Imagino seu “tratado”, cheio de erros de ortografia e gramática. Só filosofia mesmo para aceitar este lixo.

    vc quer imbuir a ciencia de uma soberania absoluta,sendo que não procede…

    Diga isso quando estiver com dor de cabeça. Fique no mundo das ideias. Eu prefiro uma aspirina.

    e reitero:admiro sua acuidade intelectual,mas desprezo sua arrogancia…

    Quer um amigo? Compre um cachorro. Ninguém chamou você aqui, molequinho.

    ps:“Ciência é muito mais uma maneira de pensar do que um corpo de conhecimentos.”
    – Carl Sagan

    Tá, mas e a utilidade da filosofia?

    christian respondeu:

    @André,

    realmente não há como dialogar com pessoas estúpidas iguais a você…

    seus xingamentos tolos em nada me afligem…

    como eu já presumia,você desdenha até os escritores e aparentemente tudo o que não se interligue a ciência…

    oh coitadinho!-ninguém me entende!acho que vou chorar!porque mamãe me colocou nesse mundo tão chato de pessoas chatas??eu queria ter nascido no mundo onde só tivesse cientistas,mamãe!

    a filosofia é masturbação mental??e voce faz o que aqui se não é uma espécie de “masturbação dialético-científica”,isto é,você fica aí masturbando as pesquisas dos outros.se vc eh um cientista “dusbão”,então vá fazer ciência de verdade ao invés de ficar fervendo coca-cola…descubra a cura da aids e câncer,daí sim você estaria fazendo valer seus princípios de cientiista..

    calma andré!!tome seu antidepressivo!não vá se suicidar só porque mais da metade da população planetária não se interessa pela sua Ciência Empírica e acredita em deuses e espiritos.(isso eh uma obra maligna;diga “sangue de jesus tem poder!” e repreenda todo o mal!!venha pra Jesus,ele “tiama”!) :lol:

    não gostou??não nasci pra te agradar!!o site é teu.se quiser,fique à vontade pra me deletar;;; ;-)

    Administrador André respondeu:

    realmente não há como dialogar com pessoas estúpidas iguais a você…

    Mas eu só pedi uma utilidade da Filosofia. Por que vocês se recusam a me dizer, guardando para si o segredo?

    seus xingamentos tolos em nada me afligem…

    Sabemos que não é verdade. ;)

    como eu já presumia,você desdenha até os escritores e aparentemente tudo o que não se interligue a ciência…

    50 Tons de Cinza: explo máximo da cultura mundial!

    oh coitadinho!-ninguém me entende!acho que vou chorar!porque mamãe me colocou nesse mundo tão chato de pessoas chatas??eu queria ter nascido no mundo onde só tivesse cientistas,mamãe!

    Eu queria um mundo onde as pessoas respondessem a perguntas como “Qual a utilidade da filosofia?”.

    a filosofia é masturbação mental??e voce faz o que aqui se não é uma espécie de “masturbação dialético-científica”,isto é,você fica aí masturbando as pesquisas dos outros.

    Que trazem medicamentos, técnicas cirúrgicas, materiais mais resistentes etc. Você sabe, coisas que usamos. Enquanto isso, Heidegger contribuiu…. ops!

    se vc eh um cientista “dusbão”,então vá fazer ciência de verdade ao invés de ficar fervendo coca-cola…descubra a cura da aids e câncer,daí sim você estaria fazendo valer seus princípios de cientiista..

    Um de nós não fica com textículos tentando justificar pseudopensadores mortos há séculos e que nada fizeram de mais a não ser escrever textos vazios.

    Como o seu, por exemplo.

    calma andré!!tome seu antidepressivo!não vá se suicidar só porque mais da metade da população planetária não se interessa pela sua Ciência Empírica e acredita em deuses e espiritos.

    Deprimente, mesmo. Graças aos filósofos, deixamos de ter mais pesquisadores, pesquisando a cura de doenças que matam milhões de pessoas. Por que? Porque elas acreditam em espíritos ao invés de procurarem um médico. Enquanto isso, filósofos… nah, esses nunca fazem nada, mesmo.

    (isso eh uma obra maligna;diga “sangue de jesus tem poder!” e repreenda todo o mal!!venha pra Jesus,ele “tiama”!) :lol:

    E eu que preciso de remédios…

    não gostou??não nasci pra te agradar!!

    Eu não quero ser agradado. Só quero saber a utilidade da filosofia.

    o site é teu.se quiser,fique à vontade pra me deletar;;; ;-)

    E privar meus leitores dos seus dejetos mentais? ‘magina!

    christian respondeu:

    @christian,

    http://ceticismo.net/religiao/doze-provas-da-inexistencia-de-deus/

    (a citação do preâmbulo)

    bakunin era cientista??aparentemente,apenas um teórico politico e filosofo!

    cuspindo no prato em que comeu,andré??quanta hipocrisia!! :mrgreen:

    eu falei que na hora de refutar deuses e espiritos prevalece mais o raciocio puramente cognitivo-abstrato (estou me referindo às disciplinas de cunho teorico como sociologia,antropologia,historia e psicologia,que derivaram de qual disciplina?sim,justamente da filosofia), do que empiricamente que,aliás,vc utilizou-se oportunamente no referido artigo com a máxima do filósofo em destaque…

    não eh brilhante a conclusão do pensador?não há como provar cientificamente a concepção de bakunin,mas a razão reconhece como sendo algo veraz através de uma estranha lógica interna.são meras palavras,tão singelas,mas extremamente reveladoras em sua simplicidade.o filósofo empreendeu uma “investigação sistemática” sobre o tema.assemelha-se a uma “descoberta cientifica” prática,mas os objetos de investigação são os conceitos humanos,o seu cérebro serviu de laboratório e a ferramenta utilizada?a Razão!posso dizer que a Razão funciona como um “microscópio” da psiché humana (quando eu mencionei “espirito humano” foi só uma maneira mais solene de dizer “psiché humana”;eu sei que alma não existe).

    ora,quem formulou o “método cientifico”(os preceitos que um cientista deve ter em mente antes de sair para uma investigação cientifica)?

    a)galileu galilei
    b)lavoisier
    c)rené descartes

    quem foi o precursor da gloriosa teoria atômica?um cientista?não,demócrito de abdera.um cientista,com pressuposto em mente de que todas as coisas são formadas por minimas particulas invisveis,apenas veio e comprovou. :lol:

    sejamos francos:há um “quê filosófico” na ciência.

    a linha divisória entre ciência e filosofia é mais tênue que voce imagina (só não admite!). ;-)

    “o homem deve medir o que é mensurável e tornar mensurável aquilo que ainda não o é” (galileu) quer citação mais filosófica do que esta?

    utilidade da filosofia?sumariamente posso te dizer que pura e simplesmente “serve para orientar o conhecimento humano”.que a filosofia não tem um caráter puramente pratico,como a arqueologia por exemplo,não he novidade pra ninguém.o ramo prático da filosofia é a “ciência empírica”.

    admita que dar a utilidade pratica da filosofia é mais facil por que é evidente,ao passo que a filosofia depende de uma dialectica mais rebuscada e mais ponderada…

    quero te deixar um probleminha pra sua ciência resolver:o que fundamenta a existência de algo se, por exemplo,sei que papai noel não existe,mas nas vésperas do natal enxergo aquele bondoso velhinho caracteristico lá em carne e osso,átomos e materia organica?como que não existe,se ele está lá e eu o vejo?o que realmente explica os fundamentos do que existe e não existe ao passo que a evidencia fisica parece estar subordinada ao solipsismo e subjetivismo particular?

    masturbação mental??não,aposto que as pessoas achariam interessante em saber como isso funciona…

    agradeço se sua ciência “ultra omnisciente e conhecedora” pudesse me responder e com provas analisadas ao microscópio eletrônico.(afinal teria mais valor se eu exlicasse com minha simplória filosofia) ;-)

    Administrador André respondeu:

    a citação do preâmbulo)

    bakunin era cientista??aparentemente,apenas um teórico politico e filosofo!

    Bem, eu sei que vc já provou ser analfabeto, ms podia ter notado que o texto não é meu. É de Faure. E não é um texto científico, pequeno idiota.

    cuspindo no prato em que comeu,andré??quanta hipocrisia!! :mrgreen:

    E o hipócrita encontra o analfabeto…

    eu falei que na hora de refutar deuses e espiritos prevalece mais o raciocio puramente cognitivo-abstrato (estou me referindo às disciplinas de cunho teorico como sociologia,antropologia,historia e psicologia,que derivaram de qual disciplina?sim,justamente da filosofia)

    Sua opinião. Refutar deuses é fácil: PROVE! A hora que provarem, aí se conversa. Deuses é que nem seu cérebro. Alguns dizem que existem. Criem um método cientificamente capaz de determiná-los e aí veremos. porque blábláblá prova qualquer coisa.

    do que empiricamente que,aliás,vc utilizou-se oportunamente no referido artigo com a máxima do filósofo em destaque…

    Nem mesmo fui eu quem colocou este texto. Já começa que, para mim, ateísmo não faz sentido. Ninguém é aFadista, aGnomista, aUnicornista. Ateu pra mim é algo totalmente sem sentido. Se deuses existem, basta provar.

    não eh brilhante a conclusão do pensador?

    Não. É palavrório. Eu so digo uma única palavra para desmoronar qualquer teísmo: PROVE!

    não há como provar cientificamente a concepção de bakunin

    então, é inútil.

    ,mas a razão reconhece como sendo algo veraz através de uma estranha lógica interna.

    Nope. A razão reconhece por meio de evidências. Me dá uma prova verificável e aí podemos analisar os pontos. Opinião, qualquer um tem. Por exemplo: sua opinião é vque vc é intelifgente, ams as evidências provam o contrário.

    são meras palavras,tão singelas,mas extremamente reveladoras em sua simplicidade.

    Não, não são. Mas vc quer que sejam.

    o filósofo empreendeu uma “investigação sistemática” sobre o tema.assemelha-se a uma “descoberta cientifica” prática,mas os objetos de investigação são os conceitos humanos,o seu cérebro serviu de laboratório e a ferramenta utilizada?a Razão!

    Método científico demonstrando ser mais eficaz: PROVE!

    posso dizer que a Razão funciona como um “microscópio” da psiché humana (quando eu mencionei “espirito humano” foi só uma maneira mais solene de dizer “psiché humana”;eu sei que alma não existe).

    Vc pode dizer o que quiser. Não signiofica que valha algo.

    ora,quem formulou o “método cientifico”(os preceitos que um cientista deve ter em mente antes de sair para uma investigação cientifica)?

    a)galileu galilei
    b)lavoisier
    c)rené descartes

    Galileu. COnsiderado Pai do Método Cietífico. Pq se for citar Descartes, como vocês, felózofos adoram, eu cito Voltaire, que disse que Descartes só falou bobagens e devia ter ficado apenas na Matemática.

    quem foi o precursor da gloriosa teoria atômica?um cientista?não,demócrito de abdera.um cientista,com pressuposto em mente de que todas as coisas são formadas por minimas particulas invisveis,apenas veio e comprovou. :lol:

    O que disse Platão a respeito? Er… nada. O que disse Aristóteles? Que o sanue refrigera o cérebro. Aliás, vc sabe que Abdera não era um lugar muito bem visto e quem nascia lá era vítima de preconceito, inclusivew dos éticos filósofos xenófobos, defensores da escravidão.

    sejamos francos:há um “quê filosófico” na ciência.

    Sua opinião.

    a linha divisória entre ciência e filosofia é mais tênue que voce imagina (só não admite!). ;-)

    Foucault! O cara que fez muitas descobertas e é reconhecido mundialmente. Estou falando de Jean Bernard e não do inútil Michel.

    “o homem deve medir o que é mensurável e tornar mensurável aquilo que ainda não o é” (galileu) quer citação mais filosófica do que esta?

    “Devemos usar métodos que possam ser medidos. Se não é, devemos criar”. Taí o que ele quis dizer. Retórica é legal em livros, e faz gentinha metida a entelequitual feliz, pensando que entenderam alguma coisa.

    Como vc, por exemplo. ;)

    utilidade da filosofia?sumariamente posso te dizer que pura e simplesmente “serve para orientar o conhecimento humano”.que a filosofia não tem um caráter puramente pratico,como a arqueologia por exemplo,não he novidade pra ninguém.o ramo prático da filosofia é a “ciência empírica”.

    Vocês adoram tentar convencer as pessoas disso, né? “Água dissolve areia?” Sim, muito filosófico.

    admita que dar a utilidade pratica da filosofia é mais facil por que é evidente,ao passo que a filosofia depende de uma dialectica mais rebuscada e mais ponderada…

    Dar utilidade é fácil, mesmo. Inventa-se subterfúgios e acha-se que resolveu tudo. Mas a realidade mostra-se diferente.

    quero te deixar um probleminha pra sua ciência resolver:o que fundamenta a existência de algo se, por exemplo,sei que papai noel não existe,mas nas vésperas do natal enxergo aquele bondoso velhinho caracteristico lá em carne e osso,átomos e materia organica?como que não existe,se ele está lá e eu o vejo?o que realmente explica os fundamentos do que existe e não existe ao passo que a evidencia fisica parece estar subordinada ao solipsismo e subjetivismo particular?

    Uma fanbtasia não faz nada existir, assim como uma representação pictórica de um cavaçlo com 8 patas não fará Sleipnir ser real. Quando eu vejo alguém de roupa vermelha, bonachão, dando presentes, é apenas alguém de roupa vermelha, bonachão dando presentes. eu poderia citar várias abordagens científicas dizendo o porque disso ser necessário, e até animais não-humanos têm este tipo de comportamento. Ainda assim, Papai Noel não existe e eu posso criar meus filhos serem bons sem acreditar nele ou Jesus, Shiva etc.

    masturbação mental??não,aposto que as pessoas achariam interessante em saber como isso funciona…

    Muito fácil. Autossugestão pode elevar níveis de neurotransmissores. Em algumas pessoas, comer chocolate é tão (ou mais) prazeiroso quanto orgasmo, assim como drogas psicoativas (From Chocolate to Morphine: Everything You Need to Know About Mind-Altering). Outros casos a pessoa pessoa simplesmente rezando, fazendo exercícios físicos etc podem ter níveis de serotonina elevados (http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18043762). Ficar pensando, se sentindo o máximo, eleva também, assim como rezar ou participar de rituais religiosos, e curiosamente faz com que entre-se em “transe” e tenha mais experiências religiosas (http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/14594742)

    agradeço se sua ciência “ultra omnisciente e conhecedora” pudesse me responder e com provas analisadas ao microscópio eletrônico.(afinal teria mais valor se eu exlicasse com minha simplória filosofia) ;-)

    Mentes simplórias preferem respostas simplórias. Filosofia é o “Deus quis”. Mentes científicas questionam o porque das coisas e tentarão esmiuçar tudo, fazendo experimentos, e estabelecendo métodos para contra-prova. Filosofia? Ah, fulaninho disse que é assim, logo porque seríamos diferentes.

    Cientistas erradicam a varíola. Não foi à toa que o cientista Salviati humilhou o filósofo Simplício.

    GusC respondeu:

    @christian, eu realmente não compreendo qual o proposito da neurociencia;;;

    Temos uma estrutura biológica de grande poder de processamento, efetuar comandos e armazenar de memória, tudo isso a baixo custo de energia, e tu vem dizer que não há propósito em estudar isso? Existem umas 20 vertentes da neurociência (sem mencionar as sub-vertentes), e tu acha que elas existem por causa de gente que não tem o que fazer? Uma dessas vertentes, a Neuroengenharia, estuda formas de pessoas recuperarem movimentos após traumas ou lesões do tecido nervoso. E estou falando só de só UMA vertente, que possui também suas vertentes, e tu não vê propósito nisso? Se tivéssemos 8 bilhões de Christians no mundo…nem teríamos 8 bilhões de Christians no mundo! Viveríamos em pequenos bandos em cavernas.

    Administrador André respondeu:

    Eu só quero saber se quando o desgraçado tiver um tumor no cérebro, se ele vai chamar Heidegger para tratá-lo.

    1k2rp respondeu:

    @André,
    Baixo consumo de energia? O cara não entende de biologia mesmo. Nosso cérebro não fecha a conta, somente ele gasta 20% do total de energia disponível para o corpo. Ao contrário do que os crudívoros dizem, são os alimentos cozidos que proporcionaram o crescimento da massa encefálica.

    GusC respondeu:

    @1k2rp, Fui eu que falei do cérebro ter baixo consumo de energia, e me referia a isso comparado ao seu poder de processamento, e não à proporção de energia que ele usa em relação ao resto do corpo. Aí sim, pode ser considerado um consumo alto.

  8. 8. Denner disse:

    Outro dia estava lendo um artigo na nature onde alguns cientistas colocaram em xeque o conceito de livre-arbítrio. Chega a ser risível a resistência dos filósofos a aceitarem as evidências, sugerindo “experimentos mentais” para mostrar que livre-arbítrio existe ou sugerindo que existe uma separação entre mente e corpo (aquelas besteiras espiritualistas). Filosofia hoje em dia não passa de masturbação mental mesmo.

  9. 9. LeoNColiver disse:

    A ciência, em sentido estrito, é um subconjunto da Filosofia. A busca do conhecimento das verdades universais é objeto comum entre elas. Então não é possível que alguém que diga amar a ciência e detestar a filosofia saiba o que está falando.

    Um sujeito isento de filosofia é um um crente que se limita a saber tão somente o que os outros lhe falaram. Se contentando apenas em acreditar, não produz o conhecimento – embora possa reproduzi-lo. Ainda que seja inteligente, é uma inteligência passiva, que só recebe os dados, mas não produz informação.

    Então, IMHO, a filosofia serve para dar rumo à inteligência e, consequentemente, ao desenvolvimento da humanidade. Não é atoa que campos importantes como a Lógica, a Administração, o Direito, a Política, entre outros, carregam na história do seu desenvolvimento grade influência filosófica.

    “Quem estuda, sabe. Quem não estuda, acredita”. (Jesus Cristo)

    Administrador André respondeu:

    A ciência, em sentido estrito, é um subconjunto da Filosofia.

    Você está me zoando ou é burro, mesmo?

    A busca do conhecimento das verdades universais é objeto comum entre elas.

    Não, não é.

    Então não é possível que alguém que diga amar a ciência e detestar a filosofia saiba o que está falando.

    Só retardadinhos que cursam faculdadecdfa de felozofia gostam desta praga inútil.

    Um sujeito isento de filosofia é um um crente que se limita a saber tão somente o que os outros lhe falaram.

    Que nem Aristóteles, o cara que falou um monte de bizarrices, pq experimentalismo era coisa de escravos. Platão disse um monte de besteioras e não admitia nenhum pensamento contrário. Quais as experiências eles fizeram? Nenhuma. Só argumentavam mediante o peso de suas “autorioades”. Mais nada.

    Se contentando apenas em acreditar, não produz o conhecimento – embora possa reproduzi-lo.

    Quem gera conhecimento era Heidegger que foi… o que ele produziu,mesmo?

    Ainda que seja inteligente, é uma inteligência passiva, que só recebe os dados, mas não produz informação.

    Blábláblá e não me dizem para que serve filosofia.

    Então, IMHO, a filosofia serve para dar rumo à inteligência e, consequentemente, ao desenvolvimento da humanidade.

    Dizendo que o sangue refrigera o cérebro e Evolução biológica não era científica, apesar das trocentas provas já existentes.

    Não é atoa que campos importantes como a Lógica, a Administração, o Direito, a Política, entre outros, carregam na história do seu desenvolvimento grade influência filosófica.

    Por isso a merda que eles se tornaram. Política… sim, que nem em Commentariolum Petitionis.

    “Quem estuda, sabe. Quem não estuda, acredita”. (Jesus Cristo)

    Me diz qual parte da Bíblia é dito isso, IGNORANTE!

    Gangrel respondeu:

    @André,

    ““Quem estuda, sabe. Quem não estuda, acredita”. (Jesus Cristo)”
    - Acho que o rapaz se confundiu na hora de empregar as aspas e parênteses. Provavelmente o que ele tentou escrever foi: “Quem estuda, sabe. Quem não estuda, acredita EM Jesus Cristo”.

    Aí faria sentido no mundo real. Se bem que seria a única coisa com sentido em tudo que ele escreveu… :smile:

  10. 10. LeoNColiver disse:

    A ciência, em sentido estrito, é um subconjunto da Filosofia.

    Você está me zoando ou é burro, mesmo?

    [b]Vamos ver quem é o burro aqui, burriclo…[/b]

    A busca do conhecimento das verdades universais é objeto comum entre elas.

    Não, não é.

    [b]É, é sim.[/b]

    Então não é possível que alguém que diga amar a ciência e detestar a filosofia saiba o que está falando.

    Só retardadinhos que cursam faculdadecdfa de felozofia gostam desta praga inútil.

    [b]Mais uma bostejada nonsense. Sou bacharel e Química pela UnB e gosto de filosofia. Logo, seu argumento é furado. Apesar de já ter percebido que lógica não é o seu forte, try again…[/b]

    Um sujeito isento de filosofia é um um crente que se limita a saber tão somente o que os outros lhe falaram.

    Que nem Aristóteles, o cara que falou um monte de bizarrices, pq experimentalismo era coisa de escravos. Platão disse um monte de besteioras e não admitia nenhum pensamento contrário. Quais as experiências eles fizeram? Nenhuma. Só argumentavam mediante o peso de suas “autorioades”. Mais nada.

    [b]Filosofia se resume a Aristóteles e Platão… Legal sua falta de conhecimento. Já serve para ser porteiro do meu prédio. Aproveite e rejeite a toda ciência também em nome de todos os cientistas que já falaram besteiras ao longo dos tempos.[/b]

    Blábláblá e não me dizem para que serve filosofia.

    Então, IMHO, a filosofia serve para dar rumo à inteligência e, consequentemente, ao desenvolvimento da humanidade.

    Dizendo que o sangue refrigera o cérebro e Evolução biológica não era científica, apesar das trocentas provas já existentes.

    Não é atoa que campos importantes como a Lógica, a Administração, o Direito, a Política, entre outros, carregam na história do seu desenvolvimento grade influência filosófica.

    Por isso a merda que eles se tornaram. Política… sim, que nem em Commentariolum Petitionis.

    [b] Não argumentou nada. Apenas achismo, subjetividade e generalizações estilo 5ª série… “mimimi a filosofia é boba e feia” e se alguém discordar de mim eu choro. Enfim, você é fraquinho que nem “ki suco”. Tem algum debatedor de alto nível que concorde com seu ponto de vista e sabia argumentar ou vou ter que me contentar com isso?[/b]

    “Quem estuda, sabe. Quem não estuda, acredita”. (Jesus Cristo)

    Me diz qual parte da Bíblia é dito isso, IGNORANTE!

    [b]Sabia que você ia cair nessa. Fiz uma ironia com uma frase está neste próprio site, IGNORANTE. Pena que reconhecer uma ironia é arte para poucos…[/b]

    [b]Como sei que você vai perder o controle e vai me banir após este post. Good bye ,man![/b]

    Administrador André respondeu:

    [b]Vamos ver quem é o burro aqui, burriclo…[/b]

    Já vimos, mas se você acha que não é você, filosofe bastante. trouxe seu gato preto?

    [b]É, é sim.[/b]

    Prove.

    [b]Mais uma bostejada nonsense. Sou bacharel e Química pela UnB e gosto de filosofia.

    Químico que água com açúcar, formado numa universidade que tem departamento de paranormalidade.

    Logo, seu argumento é furado. Apesar de já ter percebido que lógica não é o seu forte, try again…[/b]

    E as provas?

    [b]Filosofia se resume a Aristóteles e Platão… Legal sua falta de conhecimento.

    Ué. Estamos falando de Ciência. A filosofia dos dois atrasou o conhecimento científico em 500 anos. Isso é público e notório. Segundo, Nietzsche falou o que mesmo sobre viagens espaciais, dinâmica de fluidos, química analítica, biologia evolutiva etc? Citarei todos os felózofos que vocês amam e nenhum deles produziu nada. Temos Descartes, o cara que Voltaire disse que deveria ter ficado só na Matemática pois assim evitava de escrever bobagens.

    Já serve para ser porteiro do meu prédio. Aproveite e rejeite a toda ciência também em nome de todos os cientistas que já falaram besteiras ao longo dos tempos.[/b]

    Desmentidos por provas encontradas, analisadas e reforçadas por outros cientistas. O que Heidegger nos deu de útil, mesmo?

    [b] Não argumentou nada.

    Não há o que argumentar contra frases profundas quanto um pires. Eu só quero uma prova que filosofia serve para algo útil. Uma só.

    Apenas achismo, subjetividade e generalizações estilo 5ª série… “mimimi a filosofia é boba e feia” e se alguém discordar de mim eu choro. Enfim, você é fraquinho que nem “ki suco”.

    Não me deu nenhuma prova ainda.

    Tem algum debatedor de alto nível que concorde com seu ponto de vista e sabia argumentar ou vou ter que me contentar com isso?[/b]

    Claro que não. Primeiro, me dê o que pedi: utilidade da filosofia.

    [b]Sabia que você ia cair nessa. Fiz uma ironia com uma frase está neste próprio site, IGNORANTE. Pena que reconhecer uma ironia é arte para poucos…[/b]

    O tempo que vc perde com isso, poderia ter me dado a prova que eu pedi. Mas não, o que lhe restou é falácia “olha o avião” (‘hihihi, vou colocar uma frase descabida, assim passo por ignorante e não dou a prova que o dono do site pediu, assim não passo por ignorante’)

    [b]Como sei que você vai perder o controle e vai me banir após este post. Good bye ,man![/b]

    Mas eu não quero te banir. Eu quero que o retardadinho me dê uma prova da utilidade da filosofia. Só uma. Vamos lá, sr. Falacioso quimicuzinho de água com açúcar. Uma prova só. Olha vou dar um exemplo.

    – De acordo com as reflexões de [filósofo qualquer] governantes analisaram a enormidade de mortalidade desnecessária na guerra [cite a guerra], fazendo rever se ela é realmente viável

    Ah, desculpe. Foi Florence Nightingale quem fez isso, usando Matemática e levantamentos estatísticos durante a Guerra da Crimeia.

    LeoNColiver respondeu:

    @André,

    “Uma prova só”, gênio? Para se desconstruir uma tese generalista basta apenas uma prova em contrário…

    De acordo com as reflexões de René Descartes, consolidadas em “O Discurso do Método”, surgiu o método ciêntífico – sobre o qual se apoia ciência moderna.

    Para não ser injusto, também vou citar a contribuição de Bacon (outro filósofo) com a metotologia científica – Novum Organum.

    Engraçado que foi justamente Descartes que foi descartado pelo pseudoceticuzinho tupiniquim de 5ª categoria como se fosse um zé niguém que nunca produziu nada útil. Ironicamente, o pseudoceticuzinho adora falar em método científico como mostra de sua alegada inteligência.

    Outra utilidade que o seu puxa-saco (acima) trouxe ao tópico, e que é bem conhecida… “falácias lógicas”, algo frequentemente usado no blog, pertencem ao campo da lógica e da retórica, que são ramos da Filosofia. Ou seja, na pior das hipóteses, pelo menos para provar quem está com a razão ou a Filosofia serve.

    O tal Diego Moreira, no afã de lamber as bolas do dono do blog acabou mordendo a própria língua. :lol: :lol: :lol:

    Resta agora você provar que a filosofia atrasou o desenvolvimento científico em 500 anos. Peço que continue com os ad hominens e com os espatalhos também, assim terá mais o que escrever

    Administrador André respondeu:

    De acordo com as reflexões de René Descartes, consolidadas em “O Discurso do Método”, surgiu o método ciêntífico – sobre o qual se apoia ciência moderna.

    Vc quis dizer Galileu, né?

    Para não ser injusto, também vou citar a contribuição de Bacon (outro filósofo) com a metotologia científica – Novum Organum.

    Empirista. Mais pra cientista do que Descartes que, CITAREI DE NOVO, foi ridicularizado por Voltaire e vários outros.

    Engraçado que foi justamente Descartes que foi descartado pelo pseudoceticuzinho tupiniquim de 5ª categoria

    Voltaire nasceu no Brasil?

    Very few people in England read Descartes, whose works indeed are now useless.

    http://www.bartleby.com/34/2/14.html

    Se acha sabedor de felozofia, mas parece não ter lido nada, só o que o professorzaeco mandou. Parece coisa de crente que só lê o que o pastor manda. Tão ignorante quanto. :mrgreen:

    Outra utilidade que o seu puxa-saco (acima) trouxe ao tópico, e que é bem conhecida… “falácias lógicas”, algo frequentemente usado no blog, pertencem ao campo da lógica e da retórica, que são ramos da Filosofia

    Desculpe, mas vc não sabe matemática, né?

    Resta agora você provar que a filosofia atrasou o desenvolvimento científico em 500 anos.

    Deixe-me ver: o cérebro resfria o sangue. As mulheres têm menos dentes que homens. Experimentalismo é desnecessário pois pode-se chegar à verdade por puro pensamento. Escravidão é necessária. A Terra é o centro do Universo (os matemáticos Arquitas de Tarento e Aristarco de Samos disseram que não, mas eles não eram cool) . Não, que isso! Eles ajudaram muito. por isso, Galeno disse que os fêmures eram curvos, as costelas não se ligavam ao esterno, entre outras bobagens. Precisou Andreas Vessalius ignorar toda esta ridicula pantomina idiota, jogar fora os livrecos felozóficos e começar uma verdadeira medicina.

    Vai estudar, vermezinho.

    Link bônus (que eu sei que o analfabetinho não vai ler): http://ceticismo.net/ciencia-tecnologia/dos-pitagoricos-as-estrelas/

  11. 11. Breno Bernardes disse:

    André, já que vc quer, vou te dar UM exemplo de que Filosofia é útil, embora eu tenho certeza que vc já sabe:

    Ela dá emprego aos professores de Filosofia, garantindo o seu sustento e o de sua família. :mrgreen:

    Administrador André respondeu:

    É… pois, é.

    Gangrel respondeu:

    @Breno Bernardes,

    A filosofia existe para discutir e estudar… a filosofia. É uma coisa que estuda a si mesma, e nunca chega a lugar nenhum, como um cachorro correndo atrás do próprio rabo.

  12. 12. Fernando Lorenzon disse:

    O cosmólogo Lawrence Krauss é bem mais ácido nas críticas aos filósofos. Acho que é dele a frase “cientistas precisam de filósofos tanto quanto pássaros precisam de ornitólogos”.

    Recomendo a todos procurar por palestras dele no YT.

  13. 13. observer disse:

    André. Depois do segundo copo de cerveja, na mesa de um belo barzinho, você fala sobre os motivos das bolhas de gás no copo de cevada ou começa a divagar sobre a existência de vida em Órion? Fala sobre ciência ou joga conversa fora (filozófa)? Filosofia faz parte da vida, na mesa do bar, nas reuniões em família, no banco do ônibus e até naquelas conversas paralelas durante um seminário sobre fusão nuclear.

    Administrador André respondeu:

    André. Depois do segundo copo de cerveja, na mesa de um belo barzinho, você fala sobre os motivos das bolhas de gás no copo de cevada ou começa a divagar sobre a existência de vida em Órion?

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    Você não conhece meus amigos. A gente fala até de geometria dimensional quando está cortando pizza. Vocês falam sobre Neymar fazendo gol. Eu e meus amigos falamos sobre potência de chute, ângulo do projétil, reações bioquímicas para dar uma explosão de energia nos músculos. Esta semana tem churrasco!

    Fala sobre ciência ou joga conversa fora (filozófa)? Filosofia faz parte da vida, na mesa do bar, nas reuniões em família, no banco do ônibus e até naquelas conversas paralelas durante um seminário sobre fusão nuclear.

    Como eu falei: filosofia trata de inutilidades. Obrigado por concordar comigo. ;)

    observer respondeu:

    @André, “… Eu e meus amigos falamos sobre potência de chute, ângulo do projétil, reações bioquímicas para dar uma explosão de energia nos músculos…”
    Eu tb falava sobre estas coisas lá no botequim do Instituto de Física, quando eu tinha meus 20, século passado” – era bom e fora dali era horrível tentar conversar com a plebe ignara. Sei o que é isso. Hoje estou do lado da plebe quando tenho que desligar-me, filosófo como agora….
    Sim concordo 100% e deixo uma dica de cientistas para seu churrasco:

    http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/guardar-cerveja-do-churrasco-para-marinar-carne-pode-livrar-de-cancer-12019310

    Também não sei de onde essa gente tirou que carne causa cancer.

    Administrador André respondeu:

    Também não sei de onde essa gente tirou que carne causa cancer.

    Coisa de vegan. Liga não.

  14. 14. Diego Moreira disse:

    Inversão do ônus da prova, imagina. rsrsrs
    Especialista aleatório da internet:”Felosofia tem utilidade sim!”
    André:”Então prove.”
    Especialista aleatório da internet:”Você não pode provar que não tem utilidade!”

    OFF: Aprendi sobre a prática da maioria das falácias lógicas lendo os comentários deste site. Obrigado por esta oportunidade André!

    Caros, no momento que se extinguisse os cursos de filosofia e sociologia de uma instituição, os problemas com o tráfico de drogas iriam cair em 80% na instituição.

    Pode ser por causa do Asperger (não vem ao caso), mas acho filosofia algo idiota e irracional. Pensar por pensar, o proposto da mesma, é o mesmo que posicionar a respiração como um esforço consciente. É uma concepção besta pra algo simples.

    Pessoas que justificam que a utilidade da filosofia (observe a semelhança com os argumentos pró-religiosidade, não estou metendo a religião no meio, só frisando o ponto em comum da necessidade da fé) é necessária para a moral, me faz ter receio deste ser, é algo assustadoramente psicopata.

    Mudando o assunto um pouco, eu caio em risos quando o pessoal defende o Olavinho, o cara é um astrólogo que acha que é pensador! Ter um astrólogo como “uma das maiores figuras pensantes da área na atualidade” é mais uma desvantagem a ser escondida, e possui tom anedótico.

    Sobre a neurociência, ela é uma área não só extremamente importante para a medicina e biologia, como gera preceitos multidisciplinares, como as redes neurais artificiais na própria matemática computacional (vulgo, computação). Dizer que é o “empirismo da filosofia” é algo crasso, e deveras analfabeto sobre a real natureza e utilidade desta área.

    Estudar os meios nos quais as ideias/pensamentos são concebidas, de forma biológica e física, nada tem a ver com ficar procurando conspirações de posições ideológicas, ou uma disciplina que só serve pra estudar a si mesma, que é a posição da filosofia.

    PS: Posso estar mais por fora que bunda de índio, mas tu tem um livro publicado André? Se sim, eu teria o interesse em conhecê-lo.

  15. 15. Vinicius disse:

    E os lógicos?E os filósofos da ciência?Popper e Gödel só para citar. (não estou impondo minha opinião, só quero botar lenha na fogueira.)
    O ponto é: por mais que puxem o saco do Neil DeGrasse, do Hawking, do Sagan, etc., eles falam(falavam) demais ( no caso do Hawking é licença poética ), dão opinião a torto e a direito mas não é disso que a ciência vive, não é mesmo?No final das contas, de tanto falarem, acabam por serem “filósofos”.Cansei de ler citação do Einstein que não é dele por pessoas que não sabem explicar nada de suas realizações e por ai vai.
    Sei lá, só acho estranho essa necessidade de apego por “Pensadores Profundos” com uma retórica mais bonitinha e como é deixado o trabalho dos supracitados.

    Administrador André respondeu:

    E os lógicos?E os filósofos da ciência?Popper e Gödel só para citar.

    Popper disse que Evolução biológica não era científica e Godel era matemático.

    O ponto é: por mais que puxem o saco do Neil DeGrasse, do Hawking, do Sagan, etc., eles falam(falavam) demais ( no caso do Hawking é licença poética ), dão opinião a torto e a direito mas não é disso que a ciência vive, não é mesmo?

    E os merdinhas ad filosofia fazem o que, mesmo? Ademais, vc conhece toda a obra científica de Carl Sagan? Procura um livrinho chamado Inverno Nuclear e pesquise o porque deste livro.

    Vinicius respondeu:

    @André,
    “Popper disse que Evolução biológica não era científica e Godel era matemático.”
    Evolução não é religião e teve sim que passar pelo ceticismo de alguns.Ué, da mesma forma que os “memes” do pastor Dawkins sofrem e sofrerão com isso.Pior do que isso, erro mesmo do Popper foi dar uma maior importância a economia, mesmo esta sendo bem difícil de se encaixar no método científico.

    “E os merdinhas ad filosofia fazem o que, mesmo? Ademais, vc conhece toda a obra científica de Carl Sagan? Procura um livrinho chamado Inverno Nuclear e pesquise o porque deste livro.”
    Conheço sim, e é exatamente isso que eu critico.O próprio Sagan escreveu “Bilhões e Bilhões” mostrando um pouco disso(sobre atribuírem esta tal frase para ele, mesmo que o próprio mostra que ela foi alterada.).O Sagan, assim como o Dawkins ou qualquer um que eu citei merece meu respeito pelo seu trabalho.Mas por serem falastrões, acabam sofrendo com a ignorância e deturpação dos outros.
    Hawkings é o “cadeirante pensador” que apareceu no TBBT, não o físico que estudou as propriedades dos buracos negros.Dawkins é o ateu from hell(SIC) que critica a Igreja Católica,mas jamais escreveu livros fenomenais sobre evolução.E por ai vai.Eu prefiro me informar sobre o trabalho de cada um, não me importando com time futebol ou o que pensam sobre a Guerra do Vietnã.

    Administrador André respondeu:

    Evolução não é religião e teve sim que passar pelo ceticismo de alguns.

    Ceticismo não é “não acredito nisso, blé”

    Ué, da mesma forma que os “memes” do pastor Dawkins sofrem e sofrerão com isso.

    Vou fingir que vc disse algo que faz sentido.

    Pior do que isso, erro mesmo do Popper foi dar uma maior importância a economia, mesmo esta sendo bem difícil de se encaixar no método científico.

    Economia faz uso de ciências, assim como a Engenharia. Nenhuma nem outra são, de fato, ciências, per se.

    Conheço sim, e é exatamente isso que eu critico.O próprio Sagan escreveu “Bilhões e Bilhões” mostrando um pouco disso(sobre atribuírem esta tal frase para ele, mesmo que o próprio mostra que ela foi alterada.).

    E?

    O Sagan, assim como o Dawkins ou qualquer um que eu citei merece meu respeito pelo seu trabalho.Mas por serem falastrões, acabam sofrendo com a ignorância e deturpação dos outros.

    Somos responsáveis pelo que escrevemos, não pelos retardados e analfabetos que não nos compreendem.

    Hawkings é o “cadeirante pensador” que apareceu no TBBT, não o físico que estudou as propriedades dos buracos negros.

    Por que eu dou ouvidos a estes comentaristas?

    Dawkins é o ateu from hell(SIC) que critica a Igreja Católica,mas jamais escreveu livros fenomenais sobre evolução.

    Que vc tenha lido, é claro.

    E por ai vai.Eu prefiro me informar sobre o trabalho de cada um, não me importando com time futebol ou o que pensam sobre a Guerra do Vietnã.

    E quem faloou isso, coisa fedida?

    Vinicius respondeu:

    @André,
    Tá, então Vamos por partes
    Não defendo filosofia assim como não defendo OPINIÕES de cientistas.Se tu acha legal fofoca de cientista, FODA-SE! Leia Capricho!

    “Economia faz uso de ciências, assim como a Engenharia. Nenhuma nem outra são, de fato, ciências, per se”

    Exatamente, mesmo assim continua como irrelevante um filósofo da CIÊNCIA dar pitaco em Economia.Para isso, existem economista, não é?

    “Somos responsáveis pelo que escrevemos, não pelos retardados e analfabetos que não nos compreendem.”

    Ai é contigo.Só rio de quem da murro em ponta de faca.

    Enquanto parasi…, digo, cientistas forem crianças birrentas a ponto de se importarem com opiniões de filósofos provavelmente continuaram a serem ignorados ou quando muito sustentados por esmolas governamentais! :razz:

    Administrador André respondeu:

    .Se tu acha legal fofoca de cientista, FODA-SE! Leia Capricho!

    Pera! Péra!| Eu pensei que quem escrevia aqui era eu e vocês eram os leitores.

    Exatamente, mesmo assim continua como irrelevante um filósofo da CIÊNCIA dar pitaco em Economia.Para isso, existem economista, não é?

    Então, eu não posso dar opinião sobre religiões porque não sou religioso? u preciso contrair câncer para estudá-lo? Vocês são adoráveis, mas ainda não me disseram para que a filosofia serve. Pensar? Não preciso dela para pensar.

    Enquanto parasi…, digo, cientistas forem crianças birrentas a ponto de se importarem com opiniões de filósofos provavelmente continuaram a serem ignorados ou quando muito sustentados por esmolas governamentais!

    Eu posso viver sem filósofos. Você pode viver sem a ciência? A savana africana está lá. Lembre-se: não pode levar nem uma faquinha sequer.

    AndreiDecker respondeu:

    @André,

    “Popper disse que Evolução biológica não era científica…”

    Até onde sei a implicância do Popper era com a Seleção Natural, não com a evolução biológica em si.

    Administrador André respondeu:

    Existe outra Evolução biológica atualmente?

  16. 16. Baum disse:

    Olá, André. Geralmente desgosto os posts agressivos deste site, porém este em particular achei bem interessante e me chamou bastante a atenção, pois ele só não ataca a filosofia como ironicamente inclui questionamentos à ela, e o questionamento é a base da filosofia. Não sou filósofo, porém me peguei pensando sobre a pergunta do post (já que tenho apreço pela filosofia); ou, como você diz, « estive masturbando-me mentalmente ». Sinto, todavia, lhe informar que talvez minha resposta não seja de toda (ou talvez seja nada) satisfatória, já que aqui mostrarei a minha concepção da filosofia e a sua utilidade na minha opinião. Portanto, fique à vontade para ignorar o meu comentário, até mesmo exclui-lo caso lhe aprouver.

    Você perguntou a utilidade da filosofia, e eu lhe digo: a felicidade. Porém, se perguntamos a utilidade de algo primeiro temos que entender o que é ser útil e o que é útil à que. Nesse ponto opiniões divergem: se olharmos por determinada ótica, é inútil fugir da mesmice da evolução — isto é, deveríamos viver para a reprodução e lutar apenas pela não extinção da espécie; por outro lado, pode-se interpretar a nossa racionalidade, qualidade que nos distingue de outros animais e seres vivos conhecidos, um motivo para procurarmos o conhecimento verdadeiro e só dar importância à isso, excluindo tudo aquilo que pode ser considerado inútil e não contribuente para a busca pelo conhecimento — ou seja, indo contra a própria natureza humana que preza, e muito, pelo fútil.
    Em resumo, André, eu respeito sua noção de utilidade. Eu vejo utilidade na ciência, sou um defensor ferrenho dela e do método científico, eu defendo a verdade ante quelquer situação!, por mais que você tenda a negar isso graças ao que foi (e será) dito aqui. Todavia, eu vejo utilidade também na filosofia. Eu a veja como algo que completa a ciência, pois se a ciência me traz bem estar físico, como ocorre nos campos da medicina, a filosofia me traz bem estar mental, me permite fugir do vazio, da depressão etc. O dia que eu não precisar me apegar a filosofia e a coisas ditas por ti inúteis, que provavelmente você se agracia também (e devem são muitas!), o dia que eu achar inútil, já não mais aprazível, ler ou escrever um livro de ficção, ler uma obra que me fará refletir sobre a vida, ou mesmo ler um livro de filosofia — e poder deixar isso tudo de lado por conta de algum medicamente ou tratamento que me trará um motivo para a vida e a felicidade que essas « futilidades » me trazem… Bem, não nego que no mínimo eu ficarei um pouco triste, mas aceitarei! Pois sou de natureza semelhante a ti, André!

    Por fim, gostaria de comentar um de seus comentários aqui nesse post em que você diz os filósofos terem sidos defensores de coisas terríveis, e que ao meu entender não satisfazem sua concepção do que é bom e correto. Ora, André! Os cientistas também buscaram coisas ruins que trouxeram desgraça ao mundo, e muitos também mentiram! (E muitos ainda fazem!) Logo, você pode me dizer, argumentar, que estes não são « verdadeiros cientistas », e que a ciência verdadeira preza pela verdade, sem preconceitos e de forma imparcial — e eu posso lhe dizer, defendendo os filósofos, que a filosofia também nega o conhecimento não real, mesmo que muitas vezes ele suceda com a conclusão filosófica de alguns, e que a filosofia « verdadeira » busca a verdade acima de tudo. Ou você pode concluir que seja para o bem ou para o mal, todo conhecimento é válido para a ciência — e eu lhe digo: Sendo assim, toda filosofia é válida, pois como eu disse lá atrás: « A felicidade é o objetivo maior da filosofia ». Aliás, isso até cria outro questionamento: Se a filosofia e a ciência se destinguem tanto em seus objetivos, será mesmo possível (e lógico) compará-las?

    Administrador André respondeu:

    Olá, André. Geralmente desgosto os posts agressivos deste site, porém este em particular achei bem interessante e me chamou bastante a atenção, pois ele só não ataca a filosofia como ironicamente inclui questionamentos à ela, e o questionamento é a base da filosofia.

    Pra vocês, tudo é filosofia. Assim[é fácil atribuir alguma utilidade a ela.

    Não sou filósofo

    Isso, continue assim!

    porém me peguei pensando sobre a pergunta do post (já que tenho apreço pela filosofia); ou, como você diz, « estive masturbando-me mentalmente ».

    Ele que disse!

    Sinto, todavia, lhe informar que talvez minha resposta não seja de toda (ou talvez seja nada) satisfatória

    Como coisa que eu me importe se vocês concordam comigo ou não.

    já que aqui mostrarei a minha concepção da filosofia e a sua utilidade na minha opinião. Portanto, fique à vontade para ignorar o meu comentário, até mesmo exclui-lo caso lhe aprouver.

    Já aprovei coisas piores, vc não será tão ruim assim (espero). Mas será objetivpo e claro, né?

    Você perguntou a utilidade da filosofia, e eu lhe digo: a felicidade.

    "Você perguntou a utilidade da religião, e eu lhe digo: a felicidade."
    "Você perguntou a utilidade da acupuntura, e eu lhe digo: a felicidade."
    "Você perguntou a utilidade de ler o Segredo, e eu lhe digo: a felicidade."
    "Você perguntou a utilidade de ver Quem somos Nós, e eu lhe digo: a felicidade."

    Não é curioso?

    Porém, se perguntamos a utilidade de algo primeiro temos que entender o que é ser útil e o que é útil à que.|

    Útil é o que serve para algum determinado fim. Inútil é algo vazio. Simples, não?

    Nesse ponto opiniões divergem: se olharmos por determinada ótica, é inútil fugir da mesmice da evolução — isto é, deveríamos viver para a reprodução e lutar apenas pela não extinção da espécie

    Isso já fazemos.

    por outro lado, pode-se interpretar a nossa racionalidade, qualidade que nos distingue de outros animais e seres vivos conhecidos, um motivo para procurarmos o conhecimento verdadeiro e só dar importância à isso, excluindo tudo aquilo que pode ser considerado inútil e não contribuente para a busca pelo conhecimento — ou seja, indo contra a própria natureza humana que preza, e muito, pelo fútil.

    Começou o palavrório. Filosofia não é decidir o que é útil.

    Em resumo, André, eu respeito sua noção de utilidade.

    Se respeitasse, teria entendido o que é.

    Eu vejo utilidade na ciência, sou um defensor ferrenho dela e do método científico, eu defendo a verdade ante quelquer situação!, por mais que você tenda a negar isso graças ao que foi (e será) dito aqui. Todavia, eu vejo utilidade também na filosofia.

    Como produzir remédios, construir pontes, criar próteses?

    Eu a veja como algo que completa a ciência, pois se a ciência me traz bem estar físico, como ocorre nos campos da medicina, a filosofia me traz bem estar mental

    Qualquer psicotrópico faz isso.

    me permite fugir do vazio, da depressão etc.

    Prozac.

    O dia que eu não precisar me apegar a filosofia e a coisas ditas por ti inúteis, que provavelmente você se agracia também (e devem são muitas!), o dia que eu achar inútil, já não mais aprazível, ler ou escrever um livro de ficção, ler uma obra que me fará refletir sobre a vida, ou mesmo ler um livro de filosofia

    Se isso não é um discurso relçigioso, não sei oque é.

    e poder deixar isso tudo de lado por conta de algum medicamente ou tratamento que me trará um motivo para a vida e a felicidade que essas « futilidades » me trazem… Bem, não nego que no mínimo eu ficarei um pouco triste, mas aceitarei! Pois sou de natureza semelhante a ti, André!

    Com a diferença que eu não preciso de muletas psicológicas.

    Por fim, gostaria de comentar um de seus comentários aqui nesse post em que você diz os filósofos terem sidos defensores de coisas terríveis, e que ao meu entender não satisfazem sua concepção do que é bom e correto.

    Sinceramente, vc não entendeu o ponto. Tio André explica: Aristóteles escreve um tratado sobre ética e era misógino, escravocrata, totalitarista, defensor de castas, xenófobo e pucava o saco dos poderosos. Não há uma incongruência aí, não?

    Ora, André! Os cientistas também buscaram coisas ruins que trouxeram desgraça ao mundo, e muitos também mentiram! (E muitos ainda fazem!)

    Ninguém disse que a Ciência é o bastião da moral. Filósofos alegam que a ética é decurso da filosofia. Eu provei que não. E sim, cientistas já fizeram merda e são criticados por outros cientistas. Eu escrevo falando mal de Aristotelers (com embasamento) e o que a ralezinha felozófica faz? "É mesmo, André, Aristóteles falou tudo isso e estava errado". Não, me xingam dizendo que ele era lindo, maravilhoso, tesão, gostoso etc.

    Logo, você pode me dizer, argumentar, que estes não são « verdadeiros cientistas »

    Eles são cientistas. Ninguém disse que ser cientista é ser sinônimo de bonzinho. Von Braun era um gênio à frente de seu tempo. Ok, suas V2 mataram um monte de gente. So what? Ele contnua sendo um gênio na sua área. Não é porque Einstein era o que era que deixou de humilhar pessoas, assim como Newton, o neurastênico. Mas vc defende padrões éticos e alega que mulheres são inferiores é um pouco contra-senso, não?

    Não, não espero que vc tenha entendido.

    e que a ciência verdadeira preza pela verdade, sem preconceitos e de forma imparcial

    A ciência não preza nada. Ela não é uma pessoa. Ciência é o conhecimento. Não é culta do conhecimento que vc usa gás cloro para envenenar pessoas, assim como não é culpa da Traontina se vc usou faca de churrasco para mandar seu cunhado pra vala.

    e eu posso lhe dizer, defendendo os filósofos, que a filosofia também nega o conhecimento não real

    Não é o que Plat]ão e seus seguidores disseram.

    mesmo que muitas vezes ele suceda com a conclusão filosófica de alguns, e que a filosofia « verdadeira » busca a verdade acima de tudo.

    Mulheres islâmicas não se importam de andar totalmente cobertas. Ainda hpje, muitas tribos indígenas fazem rituais de sacrifício. para nós, é antiético. Para eles, não há problema algum. Quem está certo? Sim, pois ou está certo ou está errado. Não tem essa de “depende” numa análise objetuva. Mas filosofia é subjetiva e, portanto, inútil. Não me ajudou a resolver o problema

    Ou você pode concluir que seja para o bem ou para o mal, todo conhecimento é válido para a ciência — e eu lhe digo: Sendo assim, toda filosofia é válida, pois como eu disse lá atrás: « A felicidade é o objetivo maior da filosofia ».

    Muitas mulheres entram na porrada diariamente de seus maridos. Elas se acham felizes. Se ela é feliz, não devemos nos interpor a esta felicidade. POr que lei maria da Penha? A polícia jamais deveria atender estes casos, então.

    Aliás, isso até cria outro questionamento: Se a filosofia e a ciência se destinguem tanto em seus objetivos, será mesmo possível (e lógico) compará-las?

    Sim. Uma é útil, ajuda a humanidade. A outra serve apenas para formar professores que dão aula de filosofia que sustentam que ela é importante, cuja importância é apenas formar professores de filosofia.

    Thiago respondeu:

    @Baum,

    Certa vez, chegando na cantina do ICH (instituto de Ciências Humanas), junto com um amigo, ouço dois outros estudantes, estes do curso de filosofia, conversando…. isso já faz alguns anos, por isso não lembro exatamente as palavras, mas era mais ou menos isso:
    Filósofo 01- “Então, o que importa é a felicidade, se algo faz alguém feliz, não podemos ser contra…”
    Filósofo 02 – “Ah, mas e se o sujeito, pra ser feliz o sujeito precisa matar um milhão de pessoas?”

    O resto da conversa eu não sei onde foi parar… ao ouvir isso só consegui balançar a cabeça e seguir meu caminho em busca de um merecido copo de café…

  17. 17. LeoNColiver disse:

    De acordo com as reflexões de René Descartes, consolidadas em “O Discurso do Método”, surgiu o método ciêntífico – sobre o qual se apoia ciência moderna.

    Vc quis dizer Galileu, né?

    R: Não, quis dizer Descartes mesmo. Mas poderia ter citado diversas outras contribuições filosóficas que tiveram grande impacto na humanidade, como a filosofia natural de Newton, a Revolução Francesa , o sistema de freios e contrapesos, entre outros

    Para não ser injusto, também vou citar a contribuição de Bacon (outro filósofo) com a metotologia científica – Novum Organum.

    Empirista. Mais pra cientista do que Descartes que, CITAREI DE NOVO, foi ridicularizado por Voltaire e vários outros.

    R: Vamos ver se foi isso mesmo que ocorreu (abaixo)…

    Engraçado que foi justamente Descartes que foi descartado pelo pseudoceticuzinho tupiniquim de 5ª categoria

    Voltaire nasceu no Brasil?

    R: Não nasceu no Brasil e muito menos era pseudoceticuzinho desonesto de 5ª categoria. Como veremos logo mais…

    “Very few people in England read Descartes, whose works indeed are now useless.”

    http://www.bartleby.com/34/2/14.html

    Se acha sabedor de felozofia, mas parece não ter lido nada, só o que o professorzaeco mandou. Parece coisa de crente que só lê o que o pastor manda. Tão ignorante quanto. 

    Pelo jeito quem não lê nada aqui é justamente você, que só lê trechos aleatórios de obras e acha que sabe muita coisa. Vamos ver a opinião de Voltaire dentro do contexto honesto da coisa, ou melhor, como você gosta de citar Voltaire, vamos citar Voltaire (falando sobre Descartes):

    “(…)Destruiu as quimeras absurdas com as quais se enfatuava a juventude há mais de dois mil anos. Ensinou os homens de sua época a raciocinar e a servir-se de suas armas contra ele próprio. Se não pagou com boa moeda, já é muito que tenha desmascarado a falsa.

    Não creio que se ouse comparar a sua filosofia à de Newton: a primeira é um ensaio, a segunda uma obra-prima, mas aquele que nos pôs na via da verdade talvez valha tanto quanto aquele que nos encontramos depois, no final do caminho(…)”

    O próprio Voltaire, que era contemporâneo de Newton e Galileu considera que e foi Descartes quem deu visão ao mundo, que rompeu de vez com o padrão antigo das ditas ciências.

    Outro detalhe é que as divergências entre Voltaire e Descartes eram no campo metafísico. Voltaire, embora não concordasse com Descartes nunca o menosprezou…

    “Se por um acaso enganou-se em alguma coisa, é porque um homem, ao descobrir uma terra nova, não pode de um só golpe conhecer também todas as suas propriedades. Os que vierem depois dele e fertilizarem essa terra lhe devem pelo menos a obrigação da descoberta”.

    Enfim, mais uma de suas falácias facilmente destroçada.

    Outra utilidade que o seu puxa-saco (acima) trouxe ao tópico, e que é bem conhecida… “falácias lógicas”, algo frequentemente usado no blog, pertencem ao campo da lógica e da retórica, que são ramos da Filosofia

    Desculpe, mas vc não sabe matemática, né?

    Conheço sim. Só não acredito que você seja incompetente o suficiente para confundir Lógica matemática com Lógica filosófica. Prefiro acreditar que isso foi uma tentativa de argumento, ou tiro no escuro, para ver se cola… É uma pena (para você) que não colou.

    Resta agora você provar que a filosofia atrasou o desenvolvimento científico em 500 anos.

    Deixe-me ver: o cérebro resfria o sangue. As mulheres têm menos dentes que homens. Experimentalismo é desnecessário pois pode-se chegar à verdade por puro pensamento. Escravidão é necessária. A Terra é o centro do Universo (os matemáticos Arquitas de Tarento e Aristarco de Samos disseram que não, mas eles não eram cool) . Não, que isso! Eles ajudaram muito. por isso, Galeno disse que os fêmures eram curvos, as costelas não se ligavam ao esterno, entre outras bobagens. Precisou Andreas Vessalius ignorar toda esta ridicula pantomina idiota, jogar fora os livrecos felozóficos e começar uma verdadeira medicina.

    Hora de usar o feitiço contra o feiticeiro…

    “Eles podem ter falado besteiras, mas seus erros foram posteriormente desmentidos por outros” filósofos. Legal, não é?

    Mas vamos lá, eu pedi para você PROVAR a sua tese de que a Filosofia atrasou a ciência em 500 anos…

    Basta demonstrar que os filósofos utilizaram, de forma sistemática, de meios coercitivos para impedir que outros discordassem de seus pressupostos, por um período de aproximadamente 500 anos. Que os praticantes de filosofia perseguiram, mataram, chantagearam cientistas para impedir a divulgação de suas descobertas ou coisa do tipo.

    Claro que isso tem que ser feito por meio de citações de fontes fidedignas e com afirmações do tipo “diz-se que fulano teria feito isso ou aquilo”.

    Você fez isso? Até agora, não! Então o faça sob pena de não marcar sequer um mísero ponto – um gol de honra – em toda essa discussão.


    Então, vamos à suma dessa discussão:

    Foi provado, com lógica matemática, que a filosofia não só teve impacto durante a história da humanidade (método científico, revolução francesa) como também tem utilidade prática hoje em dia, apontando, inclusive que nas discussões ocorridas neste site o autor utiliza de lógica filosófica e retórica como meio de validar seus argumentos.

    Resumindo, sua tese foi completamente destruída. Para provar que a afirmativa “Todos os negros tem olhos escuros” é falsa, basta encontrar-se apenas um negro com olhos azuis ou verdes (isso sim é lógica matemática). Tendo provado que a filosofia tem pelo menos uma utilidade, todo seu artigo cai por terra.

    Vai estudar, vermezinho.

    Estudar é algo que sempre faço, e recomendo que você o faça também a partir de agora.

    Link bônus (que eu sei que o analfabetinho não vai ler):http://ceticismo.net/ciencia-tecnologia/dos-pitagoricos-as-estrelas/

    “Diz-se…” “Diz-se…” “Diz-se” . Vi muitas opiniões aí… Opiniões.

    Mas já que você gosta de opiniões, vou te dar um fatality:

    “”Up until early 20th century philosophers had material contributions to make to the physical sciences(…)Isaac Newton was a natural philosopher, the word physicist didn’t even exist in any important way back then(…)

    Neil Degrasse Tyson

    :lol:

    Administrador André respondeu:

    Mais religiosos da seita da Filosofia…

    Não, quis dizer Descartes mesmo.

    Deve ser por isso que Descartes, o “cientista” que não saía da cama, é conhecido como pai do Método Científico. Ops, é Galileu, mesmo. Experimentos que Descartes fez? Aunnnn, nenhum!

    Mas poderia ter citado diversas outras contribuições filosóficas que tiveram grande impacto na humanidade, como a filosofia natural de Newton

    Deixe-me ver… Filosofia natural de Newton… Hunmmmm, bem igual a Hegel, por exemplo. Num mundo que não havia ainda a palavra “Física” com o significado hoje. Por isso, gentinha ainda acha que Pedro Álvares Cabral “descobriu” o Brasil,. no mesmo sentido de “descobrir” de hoje. Pena que na época todo mundo conhecia o Brasil. Na época de Newton, alquimia e química eram misturadas. Logo, a alquimia de hoje presta para muita coisa, não é mesmo?

    Lembrando que nessa época, “Físico” significava “médico”. Mas, continuemos…

    a Revolução Francesa

    SÉRIO que vc acredita que meia dpuzia de filósofos eclodiram a Revolução Francesa? Eclodiram tanto que iniciou-se o Reinado de Terror. Com o detalhe que grandes filósofos, como Rousseau, o filósofo que chutou os próprios filhos prum orfanato para poder ficar com a amante, estava bem longe de ser amigo da pobretada. Montesquieu, o autor do Espírito das Leis, vendeu o cargo de Magistrado. Sim, muito bons eram esses filósofos.

    o sistema de freios e contrapesos, entre outros

    Heron de ALexandria e Arquimedes nunca foram tidos como “filósofos”, preclaro amiguinho desinformado, nem mesmo os arquitetpos romanos e egípcios. Compre um livro de história.

    Não nasceu no Brasil e muito menos era pseudoceticuzinho desonesto de 5ª categoria

    A ética filosófica de atacar o argumentador. Como vemos, nem isso a filosofia ensina aos seis fiéis religiosos.

    [citação de Voltaire] Não creio que se ouse comparar a sua filosofia à de Newton: a primeira é um ensaio, a segunda uma obra-prima,

    Sorry. Newton escreveu sobre metafísica, ética etc? Pelo que sei, o Principia é um loivro de… CIÊNCIA. Então, Voltaire está comparando obras científicas. Você sabe, né?

    Não, não sabe.

    O próprio Voltaire, que era contemporâneo de Newton e Galileu

    TAQUIUPARIU!!!

    Galileu: 15 de fevereiro de 1564 — 8 de janeiro de 1642
    Newton: 25 de dezembro de 1642 — 31 de março de 1727
    Voltaire: 21 de novembro de 1694 — 30 de maio de 1778

    Você é ignorante PRA CACETE!

    considera que e foi Descartes quem deu visão ao mundo, que rompeu de vez com o padrão antigo das ditas ciências.

    Com certeza nunca leu nada de Galileu, então, cujas obras tinham sido espalhadas por toda a Europa.

    De qualquer forma, citar Descartes é tiro no pé, pois ele criticou a dialética de então. O problema é que ele não colocou nada no lugar. E quado ele reslveu criticar a Matemática, só falou besteira (coisa que Voltão apontou).

    Outro detalhe é que as divergências entre Voltaire e Descartes eram no campo metafísico.

    Mas, espere! Vocês, rewligiosos da Filosofia, não dizem que ela é responsável pelos campos metafísico, morale ética? E VOltaire criticou exatamente isso em Descartes? Ok, reforçou meu ponto. Thanks.

    Conheço sim. Só não acredito que você seja incompetente o suficiente para confundir Lógica matemática com Lógica filosófica.

    É a diferença entre Evolução e Criacionismo.

    Prefiro acreditar que isso foi uma tentativa de argumento, ou tiro no escuro, para ver se cola… É uma pena (para você) que não colou.

    Mas não respondeu.

    Mas vamos lá, eu pedi para você PROVAR a sua tese de que a Filosofia atrasou a ciência em 500 anos…

    Mais uma vez, inversão do ônus da prova.

    Basta demonstrar que os filósofos utilizaram, de forma sistemática, de meios coercitivos para impedir que outros discordassem de seus pressupostos

    Há muitas maneiras de impedir algo sem usar força. Há o fator influência. Platão disse categoricamente que havia um continente chamado Atlântida, e ainda tem maluco cacreditando nisso. Aristóteles disse que o coração é a morada da alma, e demorou muito para se provar o contrário. Aliás, o próprio Aristóteles disse que corpos de massas diferentes caíam em tempos diferentes, mas ele não teve a decência de deixar duas pedras caírem ao mesmo tempo. Newton disse que líquidos quentes esfriam mais devagar que líguidos quentes, e quando Erasto Mpemba disse que não, foi atacado, pois se Newton falou, tá falado. Aristarco falou que o Sol estava no centro do Sistema Solar (sim, ele não acreditava em centro do Universo), mas ninguém deu ouvidos a ele, pois Ptolomeu tinha mais prestígio, e este usava o prestígio que tinha.

    A Grécia nunca foi experimentalista, nunca fizeram testes simples. Erastótenes experimentou e provou a esfericidade da Terra, calculou seu raio, eclipses etc. Pena que poucos lhe deram ouvidos, assim como poucos ouviram Hipátia. A felozofia de Platão-Aristóteles-Ptolomneu atrasou, sim, a ciência, tanto que quem correu por fora foram os árabes e todo o Renascimento é graças a eles, que guiardaram livros e trabgalhos científicos. Copérnico chupou na cara de pau os trabalhos de Al Tusi. Mas isso, só quem estuda história da ciência, e não felózofos enroladores, sabe.

    Que os praticantes de filosofia perseguiram, mataram, chantagearam cientistas para impedir a divulgação de suas descobertas ou coisa do tipo.

    Claro que isso tem que ser feito por meio de citações de fontes fidedignas e com afirmações do tipo “diz-se que fulano teria feito isso ou aquilo”.

    Que fofinho, bem usando as técnicas filosóficas de sofistas.

    Você fez isso? Até agora, não! Então o faça sob pena de não marcar sequer um mísero ponto – um gol de honra – em toda essa discussão.

    Eu ainda espero pela utilidade da Filosofia, mas só o que vc fez foi forçar a barra tentando fazer com que filosofia e ciência sejam a mesma coisa. Se antes não havia um nome para diferenciar4, também não havia a palavra “médico”.

    Foi provado, com lógica matemática, que a filosofia não só teve impacto durante a história da humanidade (método científico, revolução francesa)

    1) Método Científico usa experimentação e comprovação. Provei que seus amados filósofos não faziam isso.

    2) Não foi nenhum filósofo que comeou a revolução francesa, já que uns 90% da população era analfabeta, e os ricaços leitores não estavam interessados no populacho. Curiosamente, nenhum filósofo socorreu Lavoisier, cientista. Ah, sim, ele era burguês safado que vivia de explorar o povo.

    como também tem utilidade prática hoje em dia, apontando, inclusive que nas discussões ocorridas neste site o autor utiliza de lógica filosófica e retórica como meio de validar seus argumentos.

    Retórica é uma ferrmenta de linguística. Vocês nunca leem o que escrevo, mesmo. De mais a mais, eu responder um comentário (idiota como o seu) em bog é tão filosofia quanto eu escrever sobre Jesus me faz cristão.

    Resumindo, sua tese foi completamente destruída.

    E eu estou jogando xadrez com um pombo.

    “”Up until early 20th century philosophers had material contributions to make to the physical sciences(…)Isaac Newton was a natural philosopher, the word physicist didn’t even exist in any important way back then(…)

    Neil Degrasse Tyson

    Até o início do século 20, filósofos tiveram contribuições materiais (quem? Hege? Heidegger? Hume?) para montar a filosofia (reticências espertamente colocadas) Newton foi um filósofo natural, A PALAVRA “FÍSICO NÃO EXISTIA”(…)

    Não preciso continuar. Alquimia é algo muito importante nos dias de hoje. Vou pegar um pedaço de chuimbo e transformar em ouro.

    Evolução Tecnológica é a mesma coisa que Evolução Biológica
    Teoria (senso comum) é a mesma coisa que Teoria CIentífica. Se têm o mesmo nome, são a mesma coisa.

    Belo sofisma, pena que essa ferramenta filosófica só funciona com a ralézinha das faculdades de filosofia, que produzem muita coisa útil, como eleger Valesca Popozuda como ícone, afinal, como disse o bom professor, filósofos franceses podem, sim, reconhecer que Valescão é uma pensadora. Então, segundo a filosofia, temos como pensadores a Valesca Popozuda, o Olavo de Carvalho e até você.

    Idiotinha. :mrgreen:

  18. 18. Zappa disse:

    A filosofia teve seu papel. Em tese, os filósofos da antiguidade foram os primeiros “céticos”, os primeiros a questionar a natureza das coisas, a duvidar das “verdades” religiosas e a observar o mundo natural usando o senso crítico.

    Obviamente, suas conclusões não poderiam ir muito longe, dado à falta de recursos disponíveis na época… suas limitações eram flagrantes.

    Com o desenvolvimento da metodologia científica e a consequente separação das disciplinas, a filosofia claramente ficou para trás. Enquanto a ciência evoluiu a passos largos, transformando o mundo em que vivemos, a filosofia permaneceu estagnada… sem saber claramente qual caminho tomar.

    Acredito que a filosofia, nos dias de hoje é importante ferramenta para aguçar o raciocínio e exercitar a retórica e o senso crítico. Promove bons e acalorados debates, que de prático, não levam a nada, mas divertem pra burro.

    Não acredito que seja masturbação mental, acho que está mais para uma “malhação” mental… faz bem, se praticada moderadamente, “só há de se ter cuidado com o uso de anabolizantes”.

  19. 19. Smoke One disse:

    Talvez o grande Tyson – e outros cientistas que se apoiem em tal afirmação -tenha se equivocado.
    Primeiramente, é forçoso observar que a sociedade onde vivemos está malograda por diversos preconceitos acerca do que é filosofia e sua aplicação.
    O filósofo é aquele que pensa e elabora teorias a partir do seu pensamento.
    Talvez o preconceito comece analisando o pensamento como algo não prático.
    Como se apenas a prática fosse útil. E pior. Como se a prática pudesse existir sem teoria. Ou como se a teoria estivesse sempre alienada da prática e não fundasse prática alguma. Como se não fôssemos movidos por ideias ou conceitos. Como se houvesse ação que surgisse sem uma ideia inicial. Pois ações que surgem sem uma ideia inicial são ações irracionais.

    Administrador André respondeu:

    Eu não sei você, mas eu já pensava antes de sequer saber que existia faculdade de filosofia, que é muito importante para o mundo, produzindo professores de filosofia que dizem que há muita importância na filosofia, nem que seja apenas para formar professores de filosofia.

    Cerberus respondeu:

    @André,
    Talvez a utilidade da filosofia seja auxiliar o avanço do conhecimento em áreas onde ele ainda está imaturo e confuso. Ex:

    “Na mecânica quântica, um campo na vanguarda da física onde a ciência muitas vezes se funde com a FILOSOFIA, grande parte do nosso conhecimento é baseado em suposições e probabilidades.”

    Suas palavras no artigo: Paradoxo quântico é observado diretamente pela primeira vez

    Obs: Quando li isso nesse artigo não pude deixar de comentar :mrgreen:

    Smoke One respondeu:

    @André,
    A postagem – tampouco eu – não menciona faculdade ou professores de filosofia.
    O ser humano já produzia tecnologias e Arte antes desses conhecimentos serem nomeados.

    Administrador André respondeu:

    Ou seja, o que temos de Ciência hoje é o que a filosofia tinha. A Ciência saiu e a filosofia ficou só com blábláblá inútil. Tipo a Alquimia.

    Será que vocês ainda não entenderam esta parte?

    Borba respondeu:

    @Smoke One,

    O filósofo é aquele que pensa e elabora teorias a partir do seu pensamento.

    Esse é que é o problema.

  20. 20. Fabrício Lipcke disse:

    Acredito que a filosofia, apesar de não equiparar-se com a ciência, venha com uma certa importância como fator de “questionar-se”. Está certo que há pessoas que passam por experiencias de vida que as levam a desenvolver essa conduta de começar a questionar sobre as coisas por si só — e acredito que isso por si só já venha a ser filosofia. Mas nem sempre é assim.. Tive um excelente professor de filosofia na minha época de ensino médio. E posso dizer que foi de grande valia, pois nunca tinha parado pra pensar tanto sobre as coisas do dia-a-dia da forma como ele explanava em seus exemplos. Por que questionamos as coisas só quando elas dão errado e não quando elas dão certas? Por que muitas pessoas insiste em dizer que a hora pela manhã passa mais rápido que a tarde se na verdade a medida hora não tem velocidade, não acelera nem desacelera?

    Não li todos os comentários mas creio que alguém tenha dito que a filosofia possa ser o estágio inicial para criar um cientista, um psicologo, psiquiátrica onde questione sobre as coisas e passe a entender algum dilema em seu sentido mais profundo. Mas algo que vá mais para a conduta psicossocial

    E sobre sua importância, está no simples fato de nos mostrar simples passos de atitude como, pare, não julgue, pense, reflita, é ou não é, o que eu penso é o é certo ou é simplesmente certo por que eu penso?

    Administrador André respondeu:

    E eu preciso de faculdade pra isso?

    Fabrício Lipcke respondeu:

    @André, Bom… só tenho curiosidade em saber o por quê de 4 anos de formação.

    Administrador André respondeu:

    Sustentar professor de filosofia dizendo que filosofia é muito importante, apesar de só produzir professor de filosofia tentando lhe convencer que filosofia é importante e encher o saco em blogs científicos.

  21. 21. Borba disse:

    Bom, pelo teor de alguns dos comentários acima, fica bem claro que filósofos e seus defensores estão no mesmo barco que os psicanalistas, vegans, defensores de bichinhos fofinhos, fanáticos religiosos et alii. :razz:

  22. 22. El Residente disse:

    Eu gosto de filosofia. Eu acompanho e estudo. E sei lá, acho que embora a filosofia tenha perdido sua credibilidade científica, o estudo dela ainda é interessante, num contexto histórico e tal. Eu acho que essa desclassificação da filosofia como ciência deveria ser de uma forma menos… violenta, como se fosse um embate para negar toda a contribuição que ela já fez para a ciência moderna ou não. Não se pode negar que ainda há o que se falar nela e muito o que se estudar, o que se pode questionar é se vale a pena.

  23. 23. Willian disse:

    Você disse ai em algum comentário que conhecimento só é valido se tiver experimentos empíricos comprovando os resultados? Ou entendi errado?
    Se é isso mesmo, e a Matemática? Não serve pra nada por não ter experimentos?

    Administrador André respondeu:

    Como é viver num mundo com péssima capacidade de interpretação de textos?

    Willian respondeu:

    @André,
    Como é aquela história que você contou no seu texto “Cartinha aos futuros cientistas”? O professor da menina é um merda por não tirar dúvidas no intervalo? Era pra ele ter respondido com a mesma ignorância que você aqui? Huummmm! Saquei.
    Ou vai dizer que aquí você não está como professor ? Você tem hora pra ser professor é? Legal cara. Bastante coerente isso aí. Gostei, gostei mesmo.

    Administrador André respondeu:

    Como é aquela história que você contou no seu texto “Cartinha aos futuros cientistas”? O professor da menina é um merda por não tirar dúvidas no intervalo?

    Nope. Eu critiquei por ele não demonstrar interesse por alguém que queria saber mais, não por não ter saco de lidar com analfabeto funcional. Mais uma vez, vc provou que não sabe interpretar textos.

    Era pra ele ter respondido com a mesma ignorância que você aqui? Huummmm! Saquei.

    Realmente, nunca tive paciência com aluno que não sabe interpretar textos.

    Ou vai dizer que aquí você não está como professor ? Você tem hora pra ser professor é? Legal cara. Bastante coerente isso aí. Gostei, gostei mesmo.

    Porta da rua é serventia da casa. Não te chamei aqui. Não me importo se nunca mais voltar aqui. Não dou a mínima se sairá para me xingar e nem se vc ficar dando piti.

  24. 24. Pluto disse:

    Pensei muito tentando descobrir e, realmente, a resposta é: a filosofia não tem nenhuma utilidade prática, ou seja, não serve para nada.
    Quando eu estava no 2° grau, perguntei isso ao professor de filosofia (para quê eu vou usar isso?), o cara ficou brabo, achou que eu tava sacaneando…
    Acho que é tipo um entretenimento, é como perguntar por exemplo: “para quê serve o futebol?”

    Administrador André respondeu:

    Filosofia serve apenas para formar professores de Filosofia que tentam lhe convencer que ela serve para muitas coisas.

  25. 25. Denner disse:

    http://www.preposterousuniverse.com/blog/2014/06/23/physicists-should-stop-saying-silly-things-about-philosophy/
    Apesar de ainda não ter mudado de ideia sobre o assunto, Sean Carroll escreveu um bom texto sobre filosofia/ciência.

    Administrador André respondeu:

    Meh

Deixe um comentário

Mas, antes, leia a nossa Política de Comentários. Obrigado por sua participação.

Você precisa estar logado para deixar um comentário.