fev 05

Encontrado túmulo do profeta Zacarias

7 Comentários
Escrito por .
Arqueologia, Bibliografias, Ciência, Comportamento, Cristianismo, Cultura, Engenharia, Geologia, História, Judaismo, Literatura, Mitos Desmascarados, Religião
Tags: , ,

altZacarias nunca teve um nome histriônico como Ezequiel; mesmo porque, é fácil ser lembrado quando se é amarrado e deitado por mais de um ano num lado só, além de comer merda. Também nunca foi famosão como Elias, pois ter carruagem de fogo e sair voando pelo céu, embora que eu ache que Vingilot, o barco de Eärendil, ser mais estilosa. Uma questão de opinião. Elias era um profeta mais hardcore e fazia chover fogo e, por isso, Elias é o padroeiro dos churrasqueiros. O primeiro livro de Reis, capítulo 18, não me deixa mentir.  Zacarias é considerado um dos profetas menores, dados os poucos escritos dele junto com outros 11. Zacarias era tão irrelevante que Mateus nem sabia direito quem era ele, posto que o autor do referido evangelho disse que o distinto profeta era filho de Baraquias (Mateus 23:35), sendo que Zazá era filho de Joiada (II Crônicas 24:20-22). Não, não é contradição, você que não foi iluminado pelo Espírito Santo, preferindo ficar lá pra Bahia, nego. Se bem que a própria New Advent questiona se era o mesmo Zacarias.

Agora, um achado arqueológico lançará mais luz sobre o obscurecido Zacarias, já que autoridades israelenses encontraram uma igreja em Hirbet Madras, na região central de Israel, onde acredita-se estar o túmulo do profeta.

Segundo o jornal Haaertz, um grupo de ladrões de antiguidades estava sendo perseguido pela polícia de Israel. Ao caçar os fujões, os meganhas de Davi chegaram numa colina e encontraram uma igreja muito velha, que teria sido destruída por um terremoto há cerca 1.300 anos. Arqueólogos foram comunicados sobre a descoberta e desde então começaram a escavar o local. Os ladrões foram presos meses depois e devem estar nas habilidosas mãos da polícia israelense, coisa que eu não desejaria ao meu pior inimigo (mentira, desejo sim).

Os túneis foram descobertos sob a igreja, a qual contém moedas que datam do tempo da Grande Revolta Judaica, ferramentas de pedra, luminárias e vasos de barro que datam do primeiro e segundo séculos  da Era Comum; também foram encontradas colunas de mármore maciço com  capitéis magníficos, que foram especialmente importados da Turquia, e dois corredores largos, decorados com mosaicos requintados. Com base nos achados, a Autoridade de Antiguidades de Israel acredita que os túneis eram usados pelos moradores da grande comunidade judaica que existia no local durante a revolta de Simão Bar Kochba (132-135 EC).

Péra aí, André! Igreja? Desde quando judeus da época de de Zacarias, que estima-se estar entre a época do exílio babilônico, no século VI A.E.C., usavam igrejas e com aqueles ornamentos todos? Mármore era um pouco caro, pois não?

Sim, era e ainda é. A igreja não era uma sinagoga e sim uma igreja bizantina. Osa túneis já existiam ANTES e foram aproveitados durante a construção da igreja.

Tá, ok. O que Zacarias tem a ver com isso?

Simples, ó farizeu! A igreja, de acordo com a pesquisa arqueológica, foi construída em cima do túmulo do profeta Zazá. Fontes cristãs antigas identificaram o local como sendo o lugar de descanso eterno do profeta, na aldeia de Zacarias, e notou que o seu local de enterro foi descoberto em 415 E.C.. Os pesquisadores acreditam que, à luz de uma análise das fontes cristãs, incluindo o Mapa de Madaba, a igreja em Hirbet Madras é uma igreja memorial projetada para marcar o túmulo do profeta Zacarias. Isso ainda está em estudo e discussão, mas é o que apontam as descobertas.

Então a Bíblia é verdadeira e a palavra de Deus?

Ai, meu Jesus de Lantejoulas… Não, animal! É fato que os judeus estiveram sob domínio dos babilônios, já que os primeiros não passavam de uma turba tosca e o pessoal de Nabucodonozor abalou geral e arrastou os baby sitters  de cabra. Os persas é que liberaram a galera em 539 A.E.C., graças ao Messias a Ciro II, Rei da Pérsia. Temos um relato histórico sim, mas isso não confirma a exatidão da Bíblia como um todo. Por sinal, Nabucodonozor que foi relatado em Isaías 14:12 como sendo a Estrela da Manhã, e você vai procurar por Lúcifer na Bíblia toda que eu duvido que encontre.

Isso tudo é propaganda religiosa, um lixo e deveria ser destruído para um mundo melhor, sem religião.

NÃO, SEU ACÉFALO! Isso é História, seu babuíno ignorante. A Igreja tem uma história a nos contar e ela não é culpada se o seu vizinho pastor é um corno safado. Toda a beleza da igreja, com seus mosaicos e suas decorações com padrões geométricos. A igreja deve ser preservada por seu valor histórico e artístico, independente da religião à qual ela se relacione, ou então nos tornaremos tão bárbaros quanto os idiotas que explodiram as milenares estátuas de Buda.


Fonte: AOL News

Artigos relacionados:

  1. “Pesquisadores” ainda enchem o saco com túmulo que dizem provar que Jesus ressuscitou
  2. Documentarista picareta alega ter encontrado prego da cruz de Jesus
  3. Fóssil encontrado nos traz mais informações sobre os antepassados dos seres humanos
  4. Encontrado o maior fóssil de réptil marinho
  5. Fóssil encontrado em São Paulo tem características de crocodilo e de tatu


7 respostas para "Encontrado túmulo do profeta Zacarias"

  1. 1. SandroCeara disse:

    Exato!
    Sou um admirador da história e da arquitetura das igrejas.
    Costumo dizer que, quando visitei a Europa, sentí que estava “mergulhando em um livro de história”,
    Para você conhecer e entender a história de uma localidade, você precisa conhecer a influência que uma determinada religião exerceu.
    Divaguei…
    Queria apenas concordar com o último parágrafo…
    Parabéns pelo texto!

  2. 2. Erik disse:

    Como dizia meu professor de história:

    “A história está aqui para nos ajudar a compreender o que somos hoje”.

    Texto maravilhoso.

  3. 3. cesarcesc disse:

    È verdade, a contribuição arquitetônica destes locais tem que ser admirado e preservado, mas mesmo assim eu prefiro o profeta Mussum.. Cacildes…!

  4. 4. Mari. disse:

    ‘-’ caramba, pela primeira vez vejo o mosaico da Jordânia. Perfeito! Essa descoberta é bastante rica, já consigo visualizar os malditos documentários discovery (mas quem sabe a amada History não faz algo primeiro? Pois bem). Essa história de que a descoberta será estudada em breve :/ tenho medo das intenções das Autoridades de Antiguidades de Israel.

    Administrador André respondeu:

    History prefere coisas mais acuradas, como OVNIs e Jesus.

    Mari. respondeu:

    @André, releve, por favor. Pense que isso só acontece às terças e quintas. E Jesus e trupe são as estrelas nos meses de Abril e Dezembro. Consegui melhorar a imagem do canal? ‘-’

    Pendragon respondeu:

    @André,
    òtimo texto.
    Você falou em History e eu lembrei de uma reportagem que passou no Domingo (13/11/2011 – 20h30) no Discovery Civilizations. Chocante. Eu não tinha visto antes e adorei. Era sobre Civilizações perdidas. Desta vez sobre Babilônia, Assíria e Mesopotâmia. Não é que a reportagem fala justamente da origem dos pergaminhos do Velho Testamento, com direito a Jardim do Éden e tudo. estou tentando baixar via torrent. Não sei se você ja viu… Não é tão recente.
    A História sempre surpreende pelo seu poder de mudar nossa visão de mundo.
    Agora.. O History realmente está, como diria o Mori, como a revista UFO: Em outra dimensão.
    Sim, um bom texto faz a gente divagar e isso é legal. Parabéns!

Deixe um comentário

Mas, antes, leia a nossa Política de Comentários. Obrigado por sua participação.

Você precisa estar logado para deixar um comentário.