10 perguntas embaraçosas sobre a Bíblia

Segundo Papa, a ICAR deve refletir sobre abuso infantil
Isaac Asimov: O homem que previu o Ceticismo.net

A Bíblia não suscita nenhuma dúvida ou questionamento… Ao menos, para dois tipos de pessoas: a) Os que se aferram à fé e não questionam nada, pois temem estar pecando e irem pro Inferno (coisa que eu já demonstrei não existir pelo próprio texto bíblico); b) Os que nunca a leram. Não raro, as primeiras pessoas se confundem com as segundas.

Dessa forma, quero deixar aqui 10 perguntinhas simples (e que minha bola de cristal prevê que será a origem de muitas pérolas religiosas). Cada pergunta vem com um argumento sobre o porquê do questionamento. E então? Posso perguntar?

1 – Dizem que Jesus veio para redimir nossos pecados. Que pecados, se eu não era nascido?

Argumento: A Bíblia não faz nenhuma menção direta sobre reencarnação. O que se tem são extrapolações. Então, que pecados são esses? O Pecado Original? Então, ninguém mais precisa se preocupar, pois já nascem sem pecados e podem viver a vida tranquilos, sem precisar de religião, certo?

2 – Como um deus ordena matar mulheres e crianças num dia ordena que amamos nossos inimigos no outro dia?

Argumento: Afinal, se o que vale é o tempo da Graça, temos um problema, pois a Bíblia não fala nada de prazo de validade. Mas os mandamentos ainda valem, mas parece que são só alguns. Então, por que ainda mantém o Velho Testamento?

3 – Afinal, Jesus nasceu no tempo de Quirino ou no de Herodes?

Argumento: O Censo de Quirino ocorreu no ano 6 E.C., enquanto Herodes,o Grande morreu no ano 1 E.C. Logo, os dois eventos não são contemporâneos. É o mesmo que dizer que eu nasci no ano que Newton publicou o Principia e Einstein nasceu.

4 – Se Noé e sua família sobreviveram ao Dilúvio, pois eram as únicas pessoas puras de coração, isso significa que Matusalém não prestava e por isso morreu afogado?

Argumento: Matusalém, teve seu primeiro filho, Lamec, com a idade de 187 anos (Gênesis 5:25). Lamec, ao completar 182 anos, gerou a Noé (Gênesis 5:28) e Noé tinha 600 anos quando irromperam as águas do dilúvio (segundo o mito contido em Gênesis 7:6). Obviamente, não estou levando em consideração o absurdo dos anos vividos e já já ou dizer o porque.

Com uma simples adição, obtemos o número 969 (187+182+600), que é exatamente o número de anos vividos por Matusalém (Gênesis 5:27)! A conclusão é que Matusalém morreu afogado no Dilúvio, junto com Lamec. E se os anos vividos não são anos verdadeiros, então a Bíblia está mentindo. Se a Bíblia não está mentindo e isso é apenas algum obscuro estilo literário, temos outro problema, pois ela mesma disse que não é para ser interpretada, pois é a Palavra de Deus. E se a Bíblia não está mentindo, então Matusalém era sim uma pessoa pérfida. Mas qual crime ele cometeu perante os olhos de Deus?

5 – Com quem Jesus estava falando quando disse “Deus meu, Deus meu, por que me abandonaste?”

Argumento: Sendo Jesus Deus, e o verbo que se fez carne (João 1:14), então não deveria haver outro deus, posto que deus é um só. Se havia o pai de Jesus, o verdadeiro deus Javé, então Jesus e Deus são duas entidades diferentes, o que acarreta em uma espécie de “biteísmo”. Afinal, Jesus se sentiu desamparado e isso é sinal que Deus abandonou seu próprio filho, por quem se comprazia, à própria sorte, mesmo levando a palavra divina.

6 – Por que Deus tem preferência pelos profetas do Velho Testamento?

Argumento: Segundo as tradições cristãs, todos os mensageiros da palavra divina (segundo o Novo Testamento), acabaram morrendo de forma ignominiosa. Seu filho foi pregado e posto pra secar ao sol; Pedro foi pregado, mas de cabeça pra baixo. Saulo de Tarso (o que mais propagandeou a palavra de Deus) foi decapitado, assim como João Batista (este, por causa de um rabo de saia); Estêvão foi apedrejado; Justino, foi decapitado também (rezar pra Jesus faz as pessoas perderem a cabeça) entre muitos outros que foram mortos de forma bárbara, também. Mas em compensação, no Velho Testamento, Daniel é alimentado por um anjo e salvo da Cova dos Leões, Isaías era telefonista de Deus e sempre transmitia as ordens de Deus; Davi, apesar de assassino, mulherengo, proxeneta, adúltero e ter um caso com Jônatas, não pagou por nada nem sofreu um quinto. Jonas, ok, foi pra dentro de uma baleia (ou peixe ou monstro marinho, dependendo da tradução), mas não morreu. Jó viu sua família e seu gado morrerem, mas sua mulher ficou intacta e Deus deu a ele outros filhos (quem morreu, portanto, foi os filhos, e por causa de uma aposta!). Ser mensageiro de Deus antes da (suposta) vinda de Jesus era mais vantagem!

7 – Como se melhora o que é perfeito?

Argumento: Jesus disse que nem um til nem um jota da lei passariam, e também disse que não só não veio abolir essas mesmas leis, como veio para levá-las à perfeição. Então, as leis não eram perfeitas? Deus faz coisas imperfeitas? Assim, seria válido matar alguém que viesse à sua casa para te levar a adorar outros deuses. Mas também diz “não matarás”. Então, posso presumir que esse “não matarás” foi uma frase cuja continuação se perdeu (o que não é incomum). Sendo assim, caso qualquer Testemunha de Jeová que vier aqui em casa, eu poderei matá-los, posto que outros cristãos afirmam que Jesus NÃO É Jeová.

8 – Havia doenças quando Adão foi expulso do Éden?

Argumento: Adão e Eva foram expulsos do Paraíso. Assim, começaram a vagar pelo mundo e Adão teve que, até mesmo, inventar ferramentas. Teve até que inventar a metalurgia. Isso exposto ao tempo, com trabalho árduo e uma terra amaldiçoada. Assim, não havia frutos e ele teve meses de fome até que aparecessem as primeiras colheitas. Nesse tempo, deveria haver bactérias, fungos e vírus. Não havia saneamento básico e Eva deve ter tido complicações no parto, pois tanto ela quanto Adão eram inexperientes. Fora os acidentes, cortes, queimaduras (a Bíblia não fala como Adão inventou o fogo, se é que foi ele e não os filhos) ou as bundinhas dos seus filhos assadas, pois o hipoglós ainda não fora inventado.

9 – Como Noé pode ser um patriarca?

Argumento: Uma das defesas em prol da veracidade do Dilúvio é que várias culturas possuem mitos semelhantes. Mas a Bíblia disse que foram cobertas todas as montanhas com água. Mesmo deixando isso de lado, temos um problema. Em cada mito, que não bate em termos de cronologia, situando diversos dilúvios em épocas diferentes, em cada narrativa algumas pessoas se salvam e começam a povoar o mundo. Assim, temos dois raciocínios: 1) Estes relatos não são verdadeiros, o que leva a pensar que o de Noé pode ser o falso, e um dos outros seja o verdadeiro, fazendo com que a Bíblia minta; 2) Todos se salvaram, oque faz da Bíblia um poço de mentiras, pois ela é clara ao dizer que só a família de Noé sobreviveu e seus descendentes repovoaram o mundo. Isso lembrando que o épico do Gilgamesh vem ANTES do relato de Noé. Será que foi Gilgamesh o verdadeiro comandante da Arca e Noé era seu oficial imediato?

10 – Deus se sente solitário?

Argumento: Não há motivo para um ser supremo precisar fazer um Universo inteirinho. Isso supondo que ele não tenha feito outros universos. Ele possui tantas características humanas (dor, raiva, compaixão, ódio, vingança, desprezo etc). Será a solidão mais uma peculiaridade divina?


As perguntas não acabam aqui. Estas foram só as que pensei primeiro, sem consultar nada. Muito provavelmente, teremos outras perguntas semelhantes a estas, mas sem data de serem publicadas. Acessem nosso RSS e fiquem de olho nas nossas atualizações.

Segundo Papa, a ICAR deve refletir sobre abuso infantil
Isaac Asimov: O homem que previu o Ceticismo.net

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!

  • Eu não odeio religiosos. Nunca invadi site religioso para encher saco de ninguém.

    Você, por outro lado…

  • NestorBendo

    Pode ser, mas ele gosta de quem tem senso crítico. E isso eu tenho.

    Ademais, nenhum de nós é pago para gostar do outro, então, foda-se.

    Dr. André não é meu amigo. Não o tenho em proximidade, apesar de tê-lo em conta, como uma opinião sábia e centrada em um bazilhão de assuntos. Pode pesquisar todos os meus comentários aqui: o tratamento que dou a ele é Doutor, porque ele fez por merecer.

    Não acho que eu mesmo mereça mais respeito da parte dele do que um empregado do McDonald’s, mas, me disperso. Achei que o assunto fosse o tratamento que damos às religiões. Eu tive uma boa fase de relacionamentos com a religião e seus seguidores (leia-se perseguição sem limites). Rebatia suas crenças com fatos e lógica, e fazia exatamente o que você chamou de “neo-ateísmo”. Caçava-os até mesmo no espaço deles. Era um sofativista inútil. Não faço mais isso. No entanto, nem mesmo me enxergo como alguém melhor por isso e apenas isso.

    Sabe a conclusão? Tanto faz. Então, enquanto a bosta da religião fizer barulho na minha vida, eu vou fazer ela sangrar perante as minhas armas. Se eu não faço mais isso no terreno deles, no meu é que você não vai me impedir. Deixe que chorem. Pode chorar com eles, se estiver com pena. Eu sei que eles não têm pena de mim. Foda-se.

    Dih Borba respondeu:

    Genial…! Bem isso mesmo, e também, enquanto ainda existir gente querendo ditar o que é e o que não é uma família, por exemplo, e gente mais imbecil ainda aceitando, e pior: concordando (!!), não é isso de “mimimi crítica feia mimimi discurso de ódio mimimi por um mundo onde religiosos não me chamem de ‘revoltado’ mimimi” que vai mudar alguma coisa, isso tá mais parecido é com aquele papo do “comentário saudável” do Humaniza Redes…

    Ele deve estar estocando vento na cabeça!

  • NestorBendo

    Dih, posso acompanhar você no coro?

    Mimimimimimi…

  • Dih Borba

    Aaaahhn tá…! Agora entendi: “mimimi…mimimi,mimimi…mimimi!
    Brigada, viu?
    Bju!

  • Paulo Avila

    Acho mais fácil inventar remédio pra morto, do que esses religiosos enjoados e burros irem para o céu!! Q a propósito não existe ” céu “… Kkkkkk.

    Pryderi respondeu:

    So brave

  • Jeciane

    Já viu o filme Deus não está morto?
    Até a ciência não prova o contrario.
    Aconselho você assistir.
    E mais uma coisa …
    Já ouviu dizer que religião e time não se discute?
    Pois bem é mais ou menos isso.
    Como você quer argumentar sobre “crentes” se você mesmo já está desrespeitando ?
    Se cada um cuidasse da própria vida ou até mesmo com os problemas do mundo , iria ter muito mais dignidade pra viver.
    E aos ignorantes que acham que ser crente é um tipo de religião estão bem enganados.
    Procurem um dicionário,
    Ser crente é quando você crê em algo … Não especificamente Deus, portanto todo ser humano é crente.
    Pois até os ateus tem crença. Cujo a crença é não acreditar que Deus existe.
    Estudem melhor e na questão de religião…saibam respeitar todas as religiões . Isso maturo.

    Pryderi respondeu:

    No meu blog eu discuto o que eu quiser. Se vc não gostou, vá ler Capricho.

    Driver_eight respondeu:

    Deus não está morto? Não assisti, mas li em um site CRISTÃO uma crítica que destruía este filme. Pelo enredo e cenas relatadas, é um filme simplista, maniqueísta e infantil.

    Terráqueo respondeu:

    Eu já tinha me preparado psicologicamente para assistir isso, quando o protagonista lá fala sobre o Big Bang e diz “segundo essa teoria, tudo começou com uma explosão” eu já pensei: lá vem uma cascata de fezes mentais.

  • Se eu nasci por causa de Deus, então eu sou…

    JESUS!!!!!!!!!!

    Ajoelha, mortal. Aqui não tem essa porra de dar a outra face!

  • Ana Lúcia

    Não respondeu nada. Só enrolação.

  • joao icaro

    Bom doque adianta alguem passar a vida enteira pedindo a Deus que cura dos os duentes do mundo ou que ele acabe com a fome da população se aqueles que realmente precisao do milagre nao acreditam que ele pode acontecer para mudar a vida deles Entao vc nao pode pedir algo para Deus por outras pessoas sem ela terem a fé necessária

    Pryderi respondeu:

    Muito interessante. Seu deus VAGABUNDO só funciona quando acreditam nele. Deus de merda esse. Eu tenho maior força de vontade e ele não pode fazer PICAS contra mim.

    NestorBendo respondeu:

    Achei que fosse da natureza dele ser bom. Para quem é realmente bom, ajudar independe da atitude daquele que vai ser beneficiado. Se você é realmente bom, você ajuda até quem não quer ser ajudado.

    Só posso concluir que seu deusinho é um egocêntrico. Para ele, ser bom depende do quanto você puxa o saco dele, e não de altruísmo genuíno.

  • Alex P. Santos

    Crianças acreditam no Papai noel para ganhar presentes. Segundo a Igreja Católica 25 de dezembro foi o nascimento de Jesus. Se não fosse a religião não existiria o natal. Se não fosse o natal não existiria presentes para as crianças. Se não fosse os presentes não existiria lucro para os comércios, lojas e industrias… o mesmo acontece na pascoa. Jesus sinônimo de lucro para os que enchem sua cabeça de bosta!!

    Julio Cesar Ferranti respondeu:

    Dia das crianças, dia dos pais, dia das mães.
    Religião nunca foi o único motivo para se motivar as pessoas a gastarem.

    João Vitor Estarlino respondeu:

    É claro devo admitir que é bem provável que o natal tenha este intuito e que talvez a igreja católica e outros tenham usado deste dia para obter lucros, além do mais, muitos usam a religião como pretexto para conseguir dinheiro e isso é obvio, mas não são todos os que possuem essa intenções. Na própria bíblia diz que vários profetas falsos irão aparecer e dizer coisas erradas sobre a bíblia e nós podemos ver claramente que isso já acontece, porém as vítimas disso não são só aqueles que compram seu lugar no céu pagando horrores a igrejas mentirosas e seguindo um evangélio errado, mas também aqueles que veem isso acontecer e generalizam pensando que todas as igrejas são erradas e que Deus é apenas um simbolo para a obtenção de dinheiro. Talvez isto seja uma estratégia do maligno e digo que está funcionando.
    Deus não é um símbolo para o lucro. Os homens malignos são os responsáveis por tentarem lucrar utilizando a fé.

  • Salomao de Sousa Pereira

    Nossa quanta argumentação vazia esse ateu utiliza…. quantas perguntas afrontosas estão sem qualquer embalsamento ou apoio lógico. ..extremamente desconexo….. se Deus serviu de assunto pra você escrever tudo isso, como pode falar de algo que não existe?

    Seja mais inteligente … kkkk

    Pryderi respondeu:

    Existem grupos de discussão sobre o Senhor dos Anéis. Você viu dois hobbits passeando por aí?

    Mas não se reprima. Responda a cada uma dessas perguntas. Humilhe-me com toda a sua vasta sabedoria

    Leandro Almeida respondeu:

    Nossa quanta argumentação vazia esse ateu utiliza…. quantas perguntas afrontosas estão sem qualquer embalsamento ou apoio lógico. ..extremamente desconexo..

    Isso significa que vc vai refutá-lo, respondendo a cada pergunta?
    Não que vc seja capaz disso, claro!

    se Deus serviu de assunto pra você escrever tudo isso, como pode falar de algo que não existe?

    O CONCEITO de Deus existe. Só que infelizmente tais conceitos não tem existência própria

    Seja mais inteligente … kkkk

    Prove sua inteligência respondendo as perguntas do artigo, sim?