jan 23

Igreja Católica chama Lula de “novo Herodes”

6 Comentários
Escrito por .
Bibliografias, Ceticismo, Comportamento, Cristianismo, Cultura, Decifrando a Bí­blia, Filosofia, História, Idiocracia, Igreja Católica, Mídia, Mitos Desmascarados, Neurologia, Pérolas Religiosas, Polí­tica, Psicologia, Religião
Tags: , ,

Diz o ditado que quem se junta com porcos, farelos come. Lula, na sua grandiosa megalomania de “estadista”, firmou pactos com satã com a ICAR, afim de firmar o malfadado acordo Brasil-Vaticano. Só que nunca antes na história desse país um presidente levou tanto na cabeça, pois, parafraseando Fernando Pessoa Augusto dos Anjos, a mão que afaga é a mesma que apedreja. E foi uma pedrada no quengo que o Primeiro Molusco tomou ao ser comparado com Herodes, e no mau sentido! Eu estou rindo muito aqui, pensando em Lula com aquelas roupinhas estilosas ordenando matar criancinhas, e Dilma Roussef se vestindo de caçadora e… ops! Esta é outra fábula. Desculpem.

Herodes foi um grande governante, que mandou construir o Herodium. Como os redatores bíblicos não conheciam nada de história (com Lucas falando um monte de besteiras, chamando Betsaída de Pólis, quando não passava de um vilarejozinho mequetrefe), inventaram uma façanha monstruosa pro pobre rei: A que ele ordenou um massacre de crianças, o dito “massacre dos inocentes”.

Só temos um problema que Herodes Magno morrem no ano 4 A.E.C. Além disso, sei lá, acho que se isso tivesse existido, Flávio Josefo teria mencionado. Só que Josefo não conta nada a respeito. Matar criancinhas de até 2 anos deveria ser algo bem comum. Se bem que a própria Catholic Encyclopedia disse que houve exagero…

Tudo muito bem, tudo muito legal,. Mas o que o Lula tem a ver com isso? Simples, os Lords Sith Vaticanianos (sim, do mesmo Vaticano que mantém a Enciclopédia Católica) chamou o o Lula de Herodes, num panfleto distribuído pela Comissão Regional em Defesa da Vida do Regional Sul 1 da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), por causa do 3º Programa Nacional de Direitos Humanos, lançado em dezembro pelo governo.

Segundo o panfletinho “Presente de Natal do presidente Lula”, os Siths Vaticanianos dizem:

Segundo Darth José Benedito Simão, presidente dos pedófilos de Cristo da comissão e bispo auxiliar da arquidiocese de São Paulo, a igreja não é contra o plano em sua totalidade, mas considera que quatro deles “agridem” os direitos humanos. Além da questão do aborto, são eles: união civil entre pessoas do mesmo sexo, direito de adoção por casais homoafetivos e a proibição da ostentação de símbolos religiosos em estabelecimentos públicos da União.

Vamos por parte, como diria Jack.

  • Premissa: Casamento de homossexuais agride os direitos humanos.
  • Análise: Homossexuais não possuem estes direitos.
  • Conclusão: Homossexuais não são humanos.
  • Premissa: Homossexuais não podem adotar filhos.
  • Análise: É um direito humano adotar uma criança.
  • Conclusão: Homossexuais não são gente.
  • Premissa: Ter símbolos religiosos é um direito humano.
  • Análise: Os símbolos em questão são crucifixos.
  • Conclusão: Só se pode ser católico neste país, se quiser ser considerado humano.

Lindo, não?

É nisso que dar se aliar a estes tipos. É como morar com um porco: o resultado, você já sabe o que é, e por mais que você faça, sempre estará sujo e o porco ficará feliz da vida em te empurrar pra lama.

Segundo Macaco Dom Simão, “ele [o plano] não está a favor do Brasil. Agora vem o presidente dizer que não sabia, que assinou sem ler? Como vai assinar se não leu?”

Está a favor de quem, filhote? Dos porcos comunistas? Maldito Stalin! Karl Marx está vindo aí e Damien ergue-se! Das Omen!

O comando geral da Waffen-SS CNBB também criticou os mesmos pontos no programa, por meio de nota oficial. Mas sua assessoria de imprensa disse desconhecer a distribuição do panfleto, alegando que o regional tem autonomia para determinadas ações, que não precisam passar pelo seu crivo. A assessoria informou ainda que a CNBB nacional não irá se manifestar sobre o panfleto, mostrando que ela está bem de acordo e, bem, chamar o Presidente da república de assassino infanticida é algo que um cidadão responsável, em pleno gozo de um Estado Democrático de Direito tem o direito de dizer (e ser processado por isso). Vamos lá no Vaticano gritar que o Papa é pedófilo e ver o que acontece?

Religião e democracia são coisas mutuamente excludentes.

A assessoria de imprensa da Presidência da República, mostrando o quanto esta bosta de país é frouxo, informou que o governo não irá se pronunciar.

Mateus 5:21-22 – Ouvistes o que foi dito aos antigos: Não matarás, mas quem matar será castigado pelo juízo do tribunal. Mas eu vos digo: todo aquele que se irar contra seu irmão será castigado pelos juízes. Aquele que disser a seu irmão: Raca, será castigado pelo Grande Conselho. Aquele que lhe disser: Louco, será condenado ao fogo da geena.

Sinto cheiro de Ovelhinha assada…


Fonte: UOL Notícias

Artigos relacionados:

  1. Casos de pedofilia provocam abalos nos bastidores da Igreja Católica
  2. A Igreja Católica em profunda crise moral na Áustria
  3. Igreja Católica exige que seus padres sejam empreendedores
  4. Igreja quer indenização por uso do Cristo Redentor no filme ’2012′
  5. Os santos gays na Igreja Católica


6 respostas para "Igreja Católica chama Lula de “novo Herodes”"

  1. 1. Acimadomar disse:

    Esse tal de PNDH3 tá dando o que falar, tem gente por aí chamando nosso “querido presidente” de bobo, feio e chato. O autor do site saindo da matrix entre outros devaneios publicou:
    Tudo começou com uma crise interna no governo Lula. O ministro da Defesa, Nelson Jobim, e os três comandantes das Forças Armadas (Exército, Aeronáutica e Marinha) botaram os cargos à disposição do presidente Lula, por conta do Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3), que propõe a criação de uma comissão especial para revogar a Lei de Anistia de 1979. Foi aí que boa parte do povo brasileiro passou a saber do conteúdo desse Programa, que traz em seu bojo MUITO mais coisas preocupantes do que a revisão da Lei de Anistia.

    O que está sendo chamado de “direitos humanos” nada mais é que um chavão para desqualificar a democracia representativa e o corpo legal em vigor no país. É um instrumento de propaganda revolucionária e de ação política, nos moldes do fascismo, por minorias organizadas, que tentam impor à Nação sua ideologia. Abaixo veremos alguns pontos comentados do Programa de “Direitos Humanos”:

    1 – Regulamentar e dar “efetividade” aos “instrumentos de participação social e consulta popular” – Ameaça: referendos e plebiscitos podem e têm sido usados para atropelar o estado de direito e consolidar regimes autoritários, por meio de manobras populistas.

    2 – Criar o “selo nacional ’”, o “código de conduta em DH” e o “sistema nacional de indicadores em DH” – Ameaça: Instrumentos que podem servir como instrumento de patrulhamento ideológico e discriminação de quem não atenda ao figurino oficial.

    3 – Colocar em questão os investimentos em infraestrutura e o agronegócio – Ameaça: Proscreve a agricultura de alta produtividade, acusada de “potencial violação dos direitos de pequenos e médios agricultores e das populações tradicionais”.

    4 – Expandir políticas públicas de geração e transferência de renda – Ameaça: não há nenhuma referência às condicionantes que fazem a distinção ente políticas de promoção das pessoas e o assistencialismo que mantém a dependência e o cabresto eleitoral.

    5 – Assegurar participação efetiva da população na gestão territorial e no licenciamento urbanístico e ambiental; consolidar a incorporação dos sindicatos de trabalhadores e centrais sindicais nos processos de licenciamento ambiental de empresas – Ameaça: Não é difícil imaginar os tentáculos da CUT e do MST em negociações que não têm NADA a ver com elas. Novamente lembra os tentáculos do partido nacional-socialista, aquele, dos anos 30, que estava integrado em todos os setores da sociedade.

    6 – Elaborar o Zoneamento Ecológico Econômico, incorporando o sócio e etnozoneamento; garantir demarcação, regularização e “desintrusão das terras indígenas, em harmonia com os projetos de futuro de cada povo indígena, assegurando seu etnodesenvolvimento e sua autonomia produtiva” – Ameaça: Reafirma-se a política de isolamento étnico e de tentativa de congelamento de culturas pré-históricas, em reservas territoriais imensas que esgarçam o território nacional e abrem espaço para infiltrações estrangeiras, menos interessadas nos indígenas do que nas suas riquezas inexploradas.

    7 – Alterar a Constituição para que as polícias militares deixem de ser consideradas como forças auxiliares do Exército, mantendo-as apenas como força reserva – Ameaça: a intenção é proteger DH ou enfraquecer o Exército Brasileiro?

    8 – Institucionalizar a mediação como ato inicial das demandas de conflitos agrários e urbanos, priorizando a realização de audiência coletiva com os envolvidos, como medida preliminar à concessão de medidas liminares – Tradução: Qualquer um pode invadir sua casa, apartamento ou sítio, e as questões devem ser analisadas por “tribunais populares”, cujas decisões são prioritárias (de forma semelhante a como o presidente Evo Morales acaba de propor na Bolívia e analogamente a como o chavismo equaciona os problemas de posse da terra e das empresas particulares). Ameaça: Claras investidas contra o direito de propriedade, o qual – é bom lembrar – está também consagrado na Declaração Universal de DH (Artigo XVII).

    9 – Estabelecer critérios e indicadores para o “monitoramento” de livros didáticos no sistema de ensino; regulamentar o art. 221 da Constituição, estabelecendo o respeito aos DH nos serviços de radiodifusão (rádio e televisão), como condição para a outorga e renovação das concessões prevendo penalidades administrativas que chegam até a cassação; suspender patrocínio e publicidade oficial em meios que veiculam programações atentatórias aos DH; criar ranking nacional de veículos de comunicação comprometidos com os princípios de DH, assim como os que cometem violações. Incentivar a produção de filmes, vídeos, áudios e similares, voltada para a educação em Direitos Humanos e que reconstrua a história recente do autoritarismo no Brasil, bem como as iniciativas populares de organização e de resistência. Tudo, supõe-se, a partir do arbítrio governamental. Ameaça: Liberdade de imprensa e a liberdade de expressão; reescrever a história do país, sob o prisma dos patrocinadores; doutrinação ideológica.

    Esta é uma carta de princípios e um plano de ação para as esquerdas organizadas em torno da legenda do PT. Pode-se dizer que é o plano de governo da candidata Dilma, já que ela subscreveu o texto. Está nas mãos do Congresso barrar esta aberração jurídica. Mas está em NOSSAS mãos, do povo brasileiro, não eleger mais ninguém do PT, MUITO MENOS a Dilma Rousseff (ou você acha que, caso ela se eleja, não vai ter respaldo político pra aprovar isso?). Não adianta nada abrir os olhos e dizer “você tinha razão” DEPOIS de votar na Dilma, quando ela já tiver aprovando coisas ainda piores com a ajuda do aparelhamento do Congresso Nacional com seus capangas, eleitos por nós! Uma vez eleito o presidente, o partido vencedor manda. E os partidos de “oposição” obedecem, à custa de mensalões. Precisamos usar esse esquema contra eles, já que não dá pra abolir a corrupção instaurada durante décadas. Precisamos eleger pra presidente qualquer pessoa que não seja do PT ou do PSTU, e enfraquecer a base do PT tanto no Congresso como principalmente nos estados. Só assim teremos alguma chance de conter essa onda ditatorial que está assolando a América Latina (Isso não é uma ilusão paranóica; abram os olhos e vejam nossos vizinhos, caramba!). Nosso presidente tem uma CLARA simpatia por ditadores, tão evidente que por isso mesmo foi merecedor do prêmio internacional, oferecido pelo jornal espanhol El País, de estar entre os 5 maiores hipócrita do ano de 2009 (Brasil-il-il!)

    Rulphus respondeu:

    @Acimadomar,

    Como cético, baseio minhas posições em fatos e não em “teorias conspiratórias”, portanto eu analiso números e estatísticas. Baseado em análise crítica fica constatado que o atual governo possui o melhor custo-benefício da história nacional recente. Ainda acho muito cedo para decidir meu voto, mas admito que com ataques como este, semeando terror e apostanto na “credulidade” dos eleitores, a oposição está em desvantagem. Tentar formar opniões e influênciar com tais argumentos, ainda mais no meio cético, é no mínimo desrespeitoso.

    Administrador André respondeu:

    O que vc me diz do PNAD e do corte de 18% na verba do MCT?

    Acimadomar respondeu:

    @Rulphus, Agora quem diz ai meu çaco sou eu. Leia novamente o que escrevi, os argumentos não são meus, apenas comentei o que outra pessoa postou e se faltei com o respeito, perdão Buana :mad:

  2. 2. Fabricio_R.S disse:

    As melhores piadas se fazem sozinhas

  3. 3. Lia disse:

    A crentalhada está ouriçada por conta da questão do aborto.O resto a CNBB aceita e estimula,como invasões de terras pelo ilegal MST,limitação da propriedade[vide plebiscito feito pela Cáritas & cia],índio matar crianças pode,aborto em caso de risco de vida da gestante e estupro não pode.
    Lendo o que vai pelo Youtube,nos vídeos dos tais pastores e padres antiabortistas,uma verdadeira invação com alguns fechados a comentários,claro…],as ovelhinhas estão se sentindo as rainhas da cocada preta com o repentino ibope turbinado do tal deus,de jesus et caterva.Os comentários são um show à parte,dariam uma Barsa inteira de Sexta Insana.
    Não estou gostando dessa manobra religiosa-política.Pagos meus impostos e não aceito me submeter a leis feitas por influências religiosas,menos ainda a bíblia.E eles são virulentos nos ataques.
    Essa gente está abalando meus parâmetros de tolerância.começo a dar razão ao povo do site ateu feliz.
    E a fim de pegar votos da crentalhada,blogues abertamente ateus estão se calando ante as provocações e até postando vídeos dos insanos como o Silas Malafaia ,e o tal pastor Batista de Curitiba que já tem mais de 2 milhões de vistas e por aí vai.Sinto um certo nojo de tais comportamentos dos se dizentes ateus.Não precisa ser militante,mas um pouco de vergonha não deve fazer mal.
    Fico especialmente surpresa com a baixa faixa etária dos mais virulentos opositores ao aborto em qualquer caso.Tudo entre 18 e 25 anos,maioria.Que não aceitem até entendo,então não façam mesmo que a lei permita,uai.Mas me sinto transportada no tempo,em plena Inquisição,tamanha a virulência que usam contra quem não é religioso,contra quem é cristão a coisa fica pior ainda.
    ¬¬

Deixe um comentário

Mas, antes, leia a nossa Política de Comentários. Obrigado por sua participação.

Você precisa estar logado para deixar um comentário.