nov 04

Corte Europeia proíbe crucifixos em escolas italianas

26 Comentários
Escrito por .
Bibliografias, Ceticismo, Comportamento, Cristianismo, Cultura, Filosofia, História, Idiocracia, Igreja Católica, Mídia, Pérolas Religiosas, Polí­tica, Psicologia, Religião
Tags: , , , ,

A Itália sempre foi um país meio doido, onde prefeitos completamente malucos criam leis insanas. Lá, até pouquíssimo tempo, era considerado quintal do Vaticano, o qual mandava e desmandava. A Itália só conseguiu sua independência política no início do século XX, relegando o Império do mal a um cubículo territorial, mas de grande dinheiro e poder, não só temporal, mas político também.

Os stormtroopers católicos nunca engoliram o fato de terem perdido a última lembrança do Império Romano, parando às suas janelas que descortinam para Roma, e não perdem as oportunidades de mandar e desmandar num lugar que não está mais sob o seu julgo. Nem Roma e muito menos o resto do mundo. Assim, eles quase tiveram uma apoplexia nervosa quando a Corte Europeia de Direitos Humanos decretou que lugar de instrumentos de tortura não ficam bem como adorno e ordenaram a retirada de todos os crucifixos das escolas.

Zero-dois, passa a 12!

A sentença da corte, da qual a Itália informou que vai apelar, determina que crucifixos nas paredes das escolas, poderiam perturbar crianças que não sejam cristãs. Eu, de minha parte pergunto: Para que aquilo lá? Para nos lembrarmos que se não formos bonzinhos iremos pro inferno e as crianças boazinhas sentarão no colo dos padres de Deus? O motivo da retirada dos crucifixos é, no entanto, um tanto tosco, já que ele baseia-se no fato que há um crescimento de imigrantes muçulmanos. Assim, desagrada-se um bando de religiosos a fim de agradar outros religiosos? Não que eu seja a favor de ter coisas horrendas assim como decoração, mas por causa de não ferir os sentimentos islâmicos, que já se provaram para lá de intolerantes com quem não reza pro deus deles?

O porta-voz do Vaticano disse que era triste que o crucifixo possa ser considerado um símbolo de divisão e disse que a religião ofereceu uma contribuição vital à formação moral das pessoas, e nisso eu concordo. Mostrou o que é Ética e Moral, quando vemos pessoas matando, chacinando, roubando, dilapidando, estuprando entre outras coisinhas mais, tendo um estandarte com o senhor Cristo jesus, cujo mito diz que ele falava sem nenhum pudor para odiar os pais para poder segui-lo.

O ministro de Relações Exteriores, Franco Frattini, disse que a corte deu um “golpe mortal em uma Europa de valores e direitos”, acrescentando que isso foi um mau precedente para outros países. Segundo a opinião dele, laicidade é um mal a ser combatido, uma heresia, algo que devemos combater a ferro e a fogo, conduzindo tribunais para apurar quem são os responsáveis e quem segue esta heresia hedionda, a fim de purificá-los em honra ao deus do vulcão judaico-cristão. Depois, o que restará? Talvez, mandar judeus para guetos e instituir tribunais para preservar a fé das pessoas.

Aquele que não conhece história corre o risco de repeti-la.

A ministra da Educação, Mariastella Gelmini, disse que os crucifixos nas paredes de dezenas de milhares de salas de aula “não significam adesão ao catolicismo”, mas são um símbolo da herança da Itália, como o Coliseu (onde pessoas eram condenadas à morte de forma bárbara) e a Via Ápia (onde criminosos e inimigos do Estado eram crucificados e expostos para servirem de exemplo). As duas leis italianas datadas da década de 1920 que determinam que as escolas devam ter crucifixos foi instituída pelos fascistas. Como a ministra disse, faz parte da cultura italiana que deve ser preservada, claro. Por que não ostentar as fotos do Mussolini também?

Segundo o porta-voz do Vaticano, “é errado e míope querer excluir [a religião] da realidade educativa”, afirmando ainda que a Igreja Católica recebeu com “estupor e amargura” a decisão. De minha parte?

FUCK OFF!

É absolutamente estranho pra mim como a ICAR possa estipular que um instrumento de tortura e morte possa servir de união com Deus. Os religiosos estão pulando que nem pipoca por afirmar que o legado religioso é importante na formação educativa, mas o que vimos durantes os últimos séculos? Dor, morte, guerra, opressão, assassinatos, lascívia… em suma, uma brutal violência generalizada!

Valores éticos e morais perto dos chamados “valores religiosos” soa como uma piada de péssimo gosto, a não aos tolos iletrados, que nãop sabem de História, não sabem da sua religião e nem veem nada de mal discriminar homossexuais, por eles exporem abertamente o que seus padres e freiras fazem no secreto ambiente dos mosteiros. Com a diferença que homossexuais não violentam garotinhos.

A Itália é um país retrógrado, onde quem manda são indivíduos absolutamente religiosos e considerados “homens de respeito”.

Dom Corleone foi um exemplo cinematográfico destes tipos de homens…

Artigos relacionados:

  1. Juíza veta a liminar do MPF, solicitando a remoção de crucifixos dos tribunais
  2. Escolas municipais do Rio terão aula de religião, mas vivemos num Estado Laico
  3. Vítimas de abuso em escolas católicas protestam na Irlanda
  4. Justiça proíbe cultos religiosos nos trens urbanos do Rio
  5. Berlim diz “não” às aulas obrigatórias de religião nas escolas


26 respostas para "Corte Europeia proíbe crucifixos em escolas italianas"

  1. 1. slineu disse:

    Não é preciso ir para outro continente. Aqui mesmo o Ministério da Educação vai ter que mudar as datas do ENEM pra nao “prejudicar” quem tem religiao que nao deixa fazer nada no sábado . (quem precisa trabalhar na semana que se ferre, mas imagine forçar alguém a nao ir na igreja)

    Renato respondeu:

    @slineu,
    Se fosse na França isso não estaria acontecendo. Na França tão até proibindo o véu, hauhuuhauhauha, os muçulmanos pegam ar.

  2. 2. Gima disse:

    Porque eles não consultam Deus para saber tomar a melhor decisão. Pois falam tanto em Deus, amor, respeito, ética, moral mas fazem td ao contrário. Pq as pessoas se deixam serem enganadas??? Se os religiosos de todos os tempos realmente tivessem conhecido um Deus de amor e td mais o que dizem sobre Deus e seguir Jesus com certeza o mundo seria diferente.

    Rodrigo respondeu:

    @Gima,

    …Deus de amor… :shock:

    …seguir Jesus… :sad:

    Tu está de sacanagem né Gima?

    Deus de amor? Mais amorosa que AFRODITE não existe :lol:

    J-zuis? O mesmo que mandou odiar pai/mãe para seguí-lo? O jóquei de jegue?

    Gima respondeu:

    @Rodrigo, Foi um comentário irônico, e pra desacreditar no deus biblico e em jesus basta ir nas igrejas tanto católicas como evangélicas.

    Joseph K respondeu:

    @Gima,
    Irônico? Você poderia, por favor, apontar onde está a ironia, em seu comentário? Estou procurando, e ainda não encontrei. :roll:

    Gima respondeu:

    @Joseph K, A ironia está nas pessoas em fingir que acreditam nos religiosos e os religiosos em fingir que acreditam que seus seguidores acreditam neles, mais ou menos isso, ou faça o que eu digo e não faça o que eu faço (escondido) e por ai vai.

    Joseph K respondeu:

    @Gima,
    Pode ser, pode ser, mas ainda acho que não é, exatamente, uma ironia (a menos que seja do tipo “piada que vem com manual”), mas apenas uma contradição básica.

    Icarus respondeu:

    @Gima,

    Gima, vai estudar sobre a Inquisição, Noites de São Bartolomeu, Cruzadas, Reforma Protestante e depois tente repetir o seu comentário com a mesma convicção.

    Gima respondeu:

    @Icarus, eles falam em Deus de amor, Jesus filho de Deus, vem com td aquela conversa e o que a gente ve é td ao contrario do que eles falam, como eu falei pro Rodrigo, basta ir na igreja pra pra ver a verdade.

    Icarus respondeu:

    @Gima,

    Está difícil de acreditar que você foi ironica apenas Gima.
    Fala a verdade… Você é uma ovelhinha do Senhor, mas esta com muitas dúvidas né?
    Não se envergonhe disso… Eu já passei por isso. No meu caso, eu resolvi os meus problemas no dia que eu mandei o Jesus da minha cabeça ir catar coquinhos…

    Só não fica falando uma coisa e voltando atrás… Assume e pronto.

    Gima respondeu:

    @Icarus,Tranquilo Icarus legal seu conselho, mas foi irônia mesmo, pq não dá pra levar muito a sério isso a menos que seja parte do seu trabalho que não é o meu caso. Eu até q tentei acreditar não nego, mas quem me fez desacreditar não foi um ateu ou gnóstico ou outra pessoa, foi a própria igreja e seus líderes e fiéis.

    Icarus respondeu:

    @Gima,

    Gima, vou fingir que eu acreditei tá? hahaha

    O primeiro comentário seu e o outro sobre contradições bíblicas ativou na hora o detector de ovelhinhas do senhor. :mrgreen:

    Joseph K respondeu:

    @Gima,
    Interessante. Então os católicos e os evangélicos estão errados, tudo bem; mas você poderia explicar a) qual a sua definição de “deus”, e em que ela difere dos conceitos católicos ou protestantes? b) em que você se diferencia de católicos ou protestantes, uma vez que você, é o detentor do “verdadeiro” conceito de deus (e eles afirmam o mesmo) e c) qual a fonte de informações (aka “autoridade”) que você usa para desacreditar os outros cristãos.

    Administrador André respondeu:

    Todos nós sabemos que o verdadeiro deus é:

    Gima respondeu:

    @Joseph K,a) não tenho definição de deus (ainda) a menos q eu fosse um. b) me diferencio dos católicos e protestantes por em não ser um. c) a fonte que uso é o vejo no dia-a-dia e tb na experinência que tive nas igrejas católicas e evangélicas. Vc sabe que não tenho autoridade nehuma só libertade de expressão, por enquanto.

    Joseph K respondeu:

    @Gima,
    Hummm… então você é uma ex-ovelhinha, é isso?

    Joseph K respondeu:

    @Gima,
    Concordo com você; deveriam consultar Buda, e seguir os preceitos éticos de Confúcio, assim, certamente, o mundo seria um lugar bem melhor.

  3. 3. wilianbc disse:

    Deveriam consultar Thor que em sua imensa sabedoria e amor guiaria os povos para que de uma vez por toda, coloquem o seu martelo nas paredes… chega de cruzes….

  4. 4. Affirma disse:

    Tadinha da Gima :twisted:
    Eu não vi só ironia no comentário dela, mas um pouco de revolta que eu mesmo já senti muitas vezes. Mas eu desencanei, afinal, assim como a bíblia, as ovelhinas do senhor são a contradição em pessoa: O meu deus é puro amor, ele te ama, mas se voce nao acreditar ele vai te mandar pro inferno.
    Se é pra ficar com algum deus que é pregado por ai pelas pessoas, eu prefiro ficar com Thor, porque na Rússia, Thor prega você! :mrgreen:

    Gima respondeu:

    @Affirma, Revolta não, decepção mesmo!!! As “ovelhinhas do senhor são a contradição em pessoa”, essa frase é a mais pura verdade.

    Joseph K respondeu:

    @Gima,
    Concordo, ovelhinhas do sinhô são uma praga, mas como você explica, à luz dessa frase, sua defezinha da bíblia e dos “pilares do cristianismo”, no tópico Centenas de Deus?
    Será Gima uma ovelhinha em pele de lobo? :lol:

  5. 5. Wipqozn disse:

    Nada faz uma criança estudar mais, do que ver um judeu pregado em dois pedaços de pau…
    Eu gostaria que junto dele pregassem na parede uma figura da grande deusa URI e do Spaghetti Voador Gigante, e sendo spaghetti seria bem nacionalista já que estamos falando de Itália …

    Administrador André respondeu:

    Apesar de que, o macarrão é originário da China…

    Wipqozn respondeu:

    @André,

    e dizem que a pizza é indiana… e que o rissotto é egípcio … :roll:

    Affirma respondeu:

    @André,
    Perfeito! A base das religiões não é copiar coisas das outras e falar que é autentica? Salve o todo poderoso Spaghetti, deus da Itália! :twisted:

Deixe um comentário

Mas, antes, leia a nossa Política de Comentários. Obrigado por sua participação.

Você precisa estar logado para deixar um comentário.