Sudanesa é condenada a um mês de prisão por usar calças

Austríaco azarado escapa de acidente, mas morre na igreja
Fanático religioso sequestra avião no México

A jornalista sudanesa Lubna Ahmed al-Hussein foi condenada a um mês de prisão após se recusar a pagar uma multa por “se vestir de forma indecente” porque estava usando calças, segundo informações divulgadas pelos advogados nesta segunda-feira (07/09). Ela recusou-se a pagar a multa de US$ 200 “para não dar nenhuma legitimidade ao veredicto”, informou o advogado Nabil Adib.

Tudo começou em julho, quando Lubna fora detida junto com outras 12 mulheres que usavam calças e blusas num restaurante da cidade, conforme noticiamos na época. Algumas das acusadas preferiram acabar logo com isso e admitiram a culpa, levaram suas 10 chicotadas e foram embora.

Mas Lubna não é o tipo de mulher que engole chibatadas por causa de uma lei ridícula, proposta por uma religião ridícula, dentro de um país mais ridículo ainda. Ela podia ser condenada a 40 chicotadas, mas havia dito antes do julgamento que desejava que seu caso se tornasse um marco para a luta pelos direitos das mulheres e, para mostrar que ela tem mais coragem que muito valentão por aí, ela pediu demissão de seu cargo na ONU, que lhe daria imunidade! Você faria isso? Duvido!

Em notícia trazida pela BBC Brasil, o advogado Adib afirmou que Lubna “se considera injustamente julgada e condenada e que não recebeu uma chance justa de se defender”. Como coisa que isso fosse nos surpreender numa teocracia imposta num paisinho mequetrefe lá nos cafundó do Judas.

Ainda segundo o advogado, a jornalista vai recorrer da decisão em instâncias superiores. Fora do tribunal, pelo menos 40 manifestantes foram detidos, entre eles mulheres usando calças. Todos os detidos foram liberados após pagar fiança.

O que mais revoltou a bela Lubna foi que não só muçulmanas foram presas por este delito “odiooooooso”, mas algumas mulheres cristãs animistas, vindas do sul do país, e que não teriam obrigação de seguir a Sharia, a malfadada lei islâmica.

O processo ainda prossegue e mesmo que Lubna seja definitivamente condenada a levar suas chibatadas, ela ganhou! Ganhou espaço na mídia, mostrando o quanto aquele país não pode ser tido como sendo civilizado, e que a barbárie reinante lá é algo só comparável às tribos mais selvagens.

Austríaco azarado escapa de acidente, mas morre na igreja
Fanático religioso sequestra avião no México

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!

  • Isso sim é um sacrifício, infelizmente necessário, para algo acontecer. Um martírio realmente cabível. Sem valer virgens, vida após morte, paraíso ou melhorias encarnatórias. O prêmio é dignidade para as mulheres do oriente médio.Todo o resto da mitlogia das crenças do deserto é exibicionismo sádico frente a isso.

  • Paula

    Nota máxima para ela, adoro ver mulher guerreira por uma justa causa.
    Eu colocaria um shortinho básico (decente), mas é melhor irem com calma mesmo, depois libera geral mulherada. 😆

    Administrador André respondeu:

    Pronto, agora vou querer saber como vc fica de shortinho. 🙁

    Raizer respondeu:

    @André,
    Pronto, agora vou querer saber como vc fica de shortinho. [2] 😎

    Administrador André respondeu:

    Fico péssimo, vc não gostaria de ver mninhas pernas cabeludas.

    Raizer respondeu:

    @André, AHUAHUAHUAhauHAuHUUAHUA Hey acho que o malvado do Adsense bloqueia o Avatar de vocês só vejo um monte de “xizinhos” na tela. 😕

    Administrador André respondeu:

    Não, o adsense não bloqueia. Sua conexão é que tá ruim, mesmo. Dá Ctrl+F5.

    Raizer respondeu:

    @André, Um Link de Satélite 8Mb full Ruim, acredito que não 😎

    Administrador André respondeu:

    Então é seu navegador, mesmo.

    Paula respondeu:

    @André,

    Suas pernas são cabeludas, André? O peitoral também? 😆

    Lembrei de você: 😉

    http://www.humornaciencia.com.br/noticias/peludo.htm

    Administrador André respondeu:

    Digamos que são na medida certa. 😉

    Paula respondeu:

    @André,

    Reze para Vénus, quem sabe verás apenas as minhas pernas. 😉

    Rafael \m/Ò.Ó\m/ respondeu:

    @Paula, estou rezando para afrodite …uauauauuauauu

  • Icarus

    Estas coisas também acontecem no Brasil, de certa forma. Algumas igrejas evangélicas exigem que as mulheres usem saia e exercem pressão sobre seus fiéis.

    Eu já vi uma menina de 12 anos levar uma baita “escovada” porque estava dentro da sua casa de shortinho. E a mãe da menina ainda concordou com a VACA, mal-amada, puxa-saco do pastor, (vou para por aqui!)

    Eventualmente, a menina vem em casa brincar com o meu filho. Ela se tornou uma menina totalmente tapada, não expressa a sua opinião sobre nada. Ela não tem coragem nem de escolher o sabor da pizza.

    E muitos ainda reclamam do discurso ácido dos ateus.

  • Raizer

    Por Isso agradeço por ser Brasileiro/Paulista, por um lado se fossem proibidas de se vestir do jeito que quisesse não haveria funk, mas entre prós e contras os prós perdem feio.
    Fico imaginando se a mulher estivesse com uma mini-saia 🙄

    ZzXx respondeu:

    Se a religião fosse banida do Brasil não existiriam mais vetação exagerada, e ninguém precisaria comparecer a esses rituais de acasalamento.

  • Icarus

    @André,

    Depila ué. hahahaha

    Administrador André respondeu:

    Não dá. Resolvi ser heterossexual.

    ZzXx respondeu:

    Você poderia ser nadador 😉

    Administrador André respondeu:

    Não sou hermafrodita.

  • Icarus

    @André,

    Metrossexual tá na moda. 😉

  • Rodrigo

    Se lembro bem, lí ontem no G1 que “pagaram” a fiança dela… 😉

  • Pingback: Jornalista saudita defende que mulheres devem ter o direito a ter quantos maridos quiserem » Ceticismo.net()